<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=633097343493783&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
canal-comstor-logo
O blog dos negócios de TI.
Comstor Americas
  • Transformação Digital e oportunidades para revendas de TI na educação
  • 7 benefícios da videoconferência: colaboração e comunicação a favor de bons negócios
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI
  • Transformação Digital e oportunidades para revendas de TI na educação
  • 7 benefícios da videoconferência: colaboração e comunicação a favor de bons negócios
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI

12 tendências em mobilidade para 2016 (parte 2)

Publicado em 14/jan/2016 5:00:00

Confira as principais novidades deste ano para a área de mobilidade.

12 tendências em mobilidade para 2016 (parte 2)

Confira a 2ª parte do post especial sobre as tendências em Mobilidade para 2016.

7- Wearables e Edugadgets (Gadgets para educação)

Atualmente, dispositivos móveis são como canivetes suíços. Você pode transformar seu dispositivo móvel em uma série de ferramentas, tais como um dispositivo médico ou fitness, uma bússola, um scanner, uma câmera, uma ferramenta de construção / carpintaria, uma ferramenta de moda, um instrumento musical, um auxiliar de cozinha - bem como acessar todos os livros, jornais, jogos, tradução em tempo real, entre tantas outras ferramentas.

No campo da saúde, por exemplo, dispositivos como relógios inteligentes ou roupas inteligentes - até mesmo um par de brincos - podem determinar, em tempo real, o batimento cardíaco, pressão arterial, amplitude de movimento e até mesmo o estado de espírito de uma pessoa. Com os dados em tempo real, sapatos inteligentes com sensores incorporados podem auxiliar fisioterapeutas para determinar quando, onde e como uma pessoa está em movimento, bem como fazer ajustes imediatos para a terapia de uma pessoa. Estes aparelhos e ferramentas inteligentes - os edugadgets - podem otimizar o ensino, a aprendizagem e a vida.

Essa tendência ainda está em seu início e deve trazer muitos avanços ainda. À medida que mais destes instrumentos se tornam disponíveis, o preço vai caindo. Além disso, mais usos educacionais serão compartilhados e integrados com atribuições de classe, e o dispositivo móvel irá funcionar como um centro de descoberta científica. Nós já vimos o começo disso com o HealthKit da Apple.
.


8- Aplicativos Sensoriais

Com a sua capacidade de funcionar como tantas ferramentas diferentes, não é de se admirar que o dispositivo móvel está se tornando cada vez mais um companheiro pessoal, que está conosco 24/7. Nós agora comemos, trabalhamos, nos socializamos, dormimos e nos comunicamos com os nossos dispositivos móveis. Existe uma tendência crescente em direção a apps mobile mais dinâmicos, interativos e voltados para dados, incorporando estímulos sensoriais que permitem aos usuários experimentar objetos táteis, sentir os odores e até mesmo gosto.

Nós somos a tecnologia agora. Chegamos a um ponto de inflexão em que a tecnologia e os seres humanos serão fisicamente mesclados (biotecnologia) para interagir, manipular e criar novos processos e ambientes.


9- Sensor de Localização de Alta Precisão

Saber a localização de um indivíduo dentro de poucos metros é um elemento essencial na entrega de informações e serviços contextuais altamente relevantes. Apps explorando a localização exata em espaços fechados atualmente utilizam tecnologias como Wi-Fi, imagem latente, sinais luminosos ultrasônicos e tecnologias geomagnéticas. Em 2014, a Gartner esperava um crescimento no uso de sinais wireless, através de um novo padrão inteligente de Bluetooth.


No longo prazo, tecnologias como iluminação inteligente também vão se tornar importantes.  Sensores de localização interna de alta precisão, combinados com aplicativos móveis, permitirão uma nova geração de serviços e informações extremamente personalizados.


10- Novos padrões Wi-Fi

Padrões Wi-Fi, como 802.11ac (ondas 1 e 2), 11ad, 11aq e 11ah aumentam o desempenho do Wi-Fi: a ideia é fazer o Wi-Fi ser mais relevante para aplicações como telemetria e permitir que o Wi-Fi forneça novos serviços. Ao longo dos próximos três anos, as demandas de infraestrutura Wi-Fi vão aumentar à medida que mais dispositivos Wi-Fi habilitados aparecem nas organizações e aplicações como sensores de localização demandam como o mais denso localização exigem a colocação de pontos de acesso mais densos. As oportunidades ativadas pelos novos padrões e o desempenho exigidos pelos novos aplicativos exigirá que muitas organizações revejam ou substituam sua infraestrutura de Wi-Fi.


11- Gestão de Mobilidade Corporativa

"A gestão móvel da empresa ou" EMM "é um termo que descreve a evolução futura e convergência de várias tecnologias de gerenciamento móvel, segurança e suporte. Estes incluem gestão de dispositivo móvel, gestão de aplicações móveis, envolvimento de aplicação e utilização de contentores, e alguns elementos de sincronização de arquivos e compartilhamento de empresa. Essas ferramentas vão amadurecer, crescer em escopo e, eventualmente, abordar um vasto leque de gestão móvel precisa em todos os sistemas operacionais populares em smartphones, tablets e PCs.


12- LTE e LTE-A

“Long Term Evolution (LTE) e LTE Advanced (LTE-A) ou em português, Evolução de longo termo são tecnologias celulares que otimizam a eficiência espectral e vão empurrar redes celulares para velocidades pico de downlink teóricas de até 1 Gbps, enquanto reduzem a latência. Todos os usuários móveis se beneficiarão de uma largura de banda otimizada e desempenho superior combinado com novos recursos, como Transmissão LTE que permitirá que os operadores de rede possam oferecer novos serviços.

 

[Guia] Os 10 empregos de TI mais valorizados em 2016  

 

Fontes:
http://www.information-management.com/gallery/Gartner-Top-10-Mobile-Technologies-2016-2015-10027395-1.html
https://campustechnology.com/Articles/2015/11/10/Top-Mobile-Trends-to-Watch-in-2016.aspx?Page=1

 

Categorias: Mercado de TI, Mobilidade, Inovação, Profissionais de TI