<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=633097343493783&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
canal-comstor-logo
O blog dos negócios de TI.
Comstor Americas
  • Transformação Digital e oportunidades para revendas de TI na educação
  • 7 benefícios da videoconferência: colaboração e comunicação a favor de bons negócios
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI
  • Transformação Digital e oportunidades para revendas de TI na educação
  • 7 benefícios da videoconferência: colaboração e comunicação a favor de bons negócios
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI

7 ferramentas para garantir a segurança de dispositivos móveis Android

Publicado em 29/mar/2016 5:00:00

Descubra algumas novas formas de proteger seu aparelho de invasores e outras ameaças.

7 ferramentas para garantir a segurança de dispositivos móveis Android

A maior parte dos artigos sobre ferramentas de segurança para a plataforma Android tem como foco apps de rastreamento de malwares como Norton ou AVG. Mas com as camadas de proteção já construídas na plataforma, esses tipos de aplicativos são indiscutivelmente desnecessários e muitas vezes atrapalham a produtividade e geram custos desnecessários para a empresa.

Para a maior parte dos usuários Android, as 7 ferramentas que apresentaremos neste post devem suprir todas as necessidades de segurança de dados de um dispositivo móvel. Alguns são apps de terceiros, enquanto outros são apps nativos do sistema operacional Android. No entanto, todos eles vão proteger suas informações pessoais de várias formas e sem comprometer a performance do seu smartphone ou tablet. Além disso, 5 dessas ferramentas são completamente gratuitas.

Se você é apenas um usuário corporativo, obviamente sua empresa vai exigir algumas camadas extras de segurança digital para garantir a proteção de dados compartilhados e para separar informações pessoais das corporativas. Essa tarefa é essencial por parte do CIO para que seu dispositivo esteja de acordo com as políticas de segurança da empresa.

Porém, essa lista que preparamos tem como objetivo facilitar o uso de ferramentas de segurança digital no seu dispositivo Android e mostrar que o assunto segurança nem sempre é tão assustador assim.

 

1- Recurso Android Smart Lock

Nós todos sabemos que ativar o recurso de segurança PIN ou uma senha no dispositivo é importante. Mas ter que inserir esse código toda vez que você deseja utilizá-lo pode ser bastante irritante, e por isso, muitas pessoas optam por não utilizar.

No entanto, a ferramenta Android Smart Lock fornece a melhor saída: ela reduz o fator de irritação, enquanto ainda permite que você mantenha o seu telefone protegido quando realmente importa. Você pode optar por manter o seu telefone desbloqueado sempre que você estiver em um local confiável, como a sua casa, ou quando você estiver conectado a um dispositivo Bluetooth confiável, como o rádio do seu carro.

 

2- Recurso Fixação de Tela do Android

Uma das principais ferramentas de segurança do Android é também uma das menos conhecidas pelo público comum. A fixação de tela apareceu pela primeira vez no Android 5.0 Lollipop, lançado em 2014, mas boa parte dos usuários de Android talvez nunca sequer perceberam essa funcionalidade.

Esse recurso foi criado para aqueles momentos em que você quer mostrar uma foto ou uma página da web para alguém, mas não quer que elas fiquem mexendo em seus aplicativos ou seus arquivos.

Verifique agora se o recurso está ativado no seu dispositivo para que quando for necessário você possa utilizá-lo: vá nas configurações de segurança e procure pela opção “Fixação de Tela”. Ative a função e a função de padrão de senha para quando alguém tentar bisbilhotar suas coisas em seu dispositivo.

 

3- Um app de gerenciamento de senhas

Talvez o maior risco para a sua segurança pessoal é o uso de senhas fracas ou frequentemente repetidas. Nos dias de hoje, todos nós temos zilhões de senhas para os diversos serviços online, e é virtualmente impossível fazer com que cada uma seja forte o suficiente e única sem um pouco de ajuda.

Uma ferramenta interessante para resolver esse problema é o LastPass. O app simplifica a geração e o armazenamento de senhas mais fortes para cada site que você se cadastra. Inclusive ele preenche automaticamente as senhas em cada aplicativo ou site que você acessa, e faz o mesmo no seu tablet, desktop ou notebook. O programa usa criptografia avançada para manter suas informações seguras. Tudo o que você precisa é lembrar uma única senha segura para desbloquear uma sessão inicial do app.

O LastPass tem uma anuidade de mais ou menos 12 dólares para a versão premium completa. Outros apps populares na mesma linha são o 1Password e o Dashlane. No entanto, possuem plataformas menos amigáveis e a versão completa do último é mais cara do que os outros dois.

 

4- Uma ferramenta de autenticação de dois fatores

Mesmo utilizando uma ferramenta como o LastPass, é preciso ter em mente que não importa quão protegidas sejam suas senhas, elas sempre podem ser descobertas. Adicionar uma segunda camada de proteção é a melhor maneira de evitar intrusos, e é algo muito fácil de se fazer.

O processo de proteção de camada dupla é mais conhecido como autenticação de dois fatores e basicamente significa que para acessar suas principais contas como Google ou Dropbox, uma série de serviços financeiros e até mesmo apps de gerenciamento de senhas como o que citamos acima, você precisará tanto de um password regular quanto um password secundário gerado por um código de um dispositivo que apenas você tem acesso. Com a combinação dessas duas “chaves”, as chances de alguém indesejado invadir seu e-mail ou sua conta bancária são bem pequenas.

Um app gratuito chamado Authy é uma boa ferramenta para começar e foi criado para ser bastante intuitivo e capaz de rodar em basicamente qualquer dispositivo. O Google também tem seu app de autenticação para Android, no entanto, é menos versátil do que o Authy.

 

5- Gerenciador de dispositivos Android

Outra importante ferramenta de segurança que o Android fornece é uma que pode encontrar, ligar e até mesmo bloquear remotamente ou apagar os arquivos do seu smartphone ou tablet de um computador ou qualquer outro dispositivo.

A ferramenta chama-se Gerenciador de Dispositivos Android (Android Device Manager) e já é integrada ao seu smartphone. Confirme que você a ativou indo para na seção Google de suas configurações do sistema e selecione a opção “Segurança”. Dentro dessa opção, acesse a parte “Administradores do dispositivo” e ative o Gerenciador de Dispositivos Android.

A partir de agora, se você por um acaso perder o dispositivo, é só abrir o app ou site do Gerenciador de Dispositivos Android para rastrear o aparelho e garantir a segurança dele.

 

6- Um cliente VPN Android

Essa ferramenta não é realmente necessária para qualquer usuário, mas se você costuma acessar a Internet em redes Wi-Fi públicas - aeroportos, hotéis ou outros espaços público, por exemplo - é bom considerá-la. Uma VPN ou rede virtual privada, criptografa todos os seus dados e mantém estranhos longe de suas informações pessoais.

Ela permite que você mascare o endereço IP e a localização e, com isso, você pode acessar sites e serviço que normalmente estão bloqueados na sua área, algo que pode ser bom e relevante para alguns usuários. Um exemplo recente disso, foi a proibição do Whatsapp no Brasil, que fez com que uma série de usuários instalassem apps de VPN em seus smartphones. No entanto, essa correria para conseguir acessar uma VPN provocou alguns problemas de segurança, já que muitos usuários baixaram VPNs gratuitas e relativamente perigosas.

O Android possui alguns clientes VPN disponíveis, mas o mais recomendável é um aplicativo pago chamado SurfEasy. A confiabilidade é a principal razão para indicar esse app, já que a empresa que mantém o app é a mesma que mantém o navegador Opera, em outras palavras, uma empresa com boa reputação. Além disso, o app é bastante simples de usar e com planos mensais acessíveis.

 

7- Recurso de digitalização avançada de app Android

Obviamente nenhum app de uma empresa especializada em segurança digital vai te falar isso, mas na verdade, seu Android possui um sistema nativo de escaneamento de malwares desde 2012. Além de verificar aplicativos com códigos potencialmente prejudiciais quando eles estão instalados, o sistema operacional pode continuamente verificar o seu aparelho ao longo do tempo para garantir que nenhum problema apareça.

Tudo o que você precisa fazer é optar por utilizar essa ferramenta nas configurações do sistema ou no app chamado “Configurações Google” em dispositivos mais antigos. Selecione a opção “Segurança” e depois ative a opção “Verificar ameaças à segurança no dispositivo”, se já não estiver ativada. Com isso seu sistema e software vão proteger o dispositivo.

 

10 insights da Cisco sobre a Consumerização de TI

 

Fonte:

http://www.infoworld.com/article/3032685/android/7-android-tools-that-can-help-your-personal-security.html

Categorias: Segurança, Mobilidade, BYOD, Dispositivos Móveis