<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=633097343493783&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
canal-comstor-logo
O blog dos negócios de TI.
comstor-logo.png
  • 11 dicas de Big Data para Pequenas e Médias empresas
  • VoIP: hospedada, On-Premise ou híbrida?
  • A Cisco e a Internet de todas as Coisas
  • 11 dicas de Big Data para Pequenas e Médias empresas
  • VoIP: hospedada, On-Premise ou híbrida?
  • A Cisco e a Internet de todas as Coisas

8 problemas mais comuns de Outsourcing de TI para revendas

Publicado em 2/jun/2017 5:00:00

A terceirização torna-se um elemento importante na redução de custos e competitividade.

8 problemas mais comuns de Outsourcing de TI para revendas

O serviço de Outsourcing de TI significa terceirizar a gestão e o controle dos sistemas relacionados à tecnologia da informação. Essa tendência em direção à terceirização pode ser explicada pelas ocorrências que estão visíveis no mercado hoje em dia.

 

Com a retração do mercado e a economia completamente instável é comum que gestores partam em busca de soluções que diminuam seus custos operacionais e otimizem os processos de produção da empresa.

 

Esse serviço de Outsourcing de TI possui muitos pontos positivos, mas também não se pode deixar de questionar seus pontos negativos. Abaixo, alguns dos problemas mais comuns de Outsourcing de TI, que merecem e devem ser destacados:

 

 

1- Padronização

Quando a empresa decide contratar um serviço de Outsourcing de TI, é preciso que sistemas, práticas e métodos utilizados pelas partes sejam alinhados inicialmente. Pode ocorrer do próprio cliente precisar converter seus sistemas a um padrão de mercado. Ou até mesmo, o provedor da solução fazer algumas modificações para atender às necessidades do consumidor. Qualquer que seja a situação, desafios e complexidades para integrar os sistemas serão enfrentados.

 

Cloud Computing, Computação em Nuvem, Cloud, Cloud Computing em detalhes

 

2- Segurança

A segurança de dados e informações pode ficar vulnerável, pois muitos poderão ter acesso a eles, assim sendo, tornará as informações da empresa sensível. Para que não haja problemas, é preciso ter uma equipe bem treinada quanto ao uso dessas informações, desenvolver um bom relacionamento com o provedor do serviço e que as cláusulas de confidencialidade estejam bem explicadas em contratos. A questão da segurança é uma das maiores desvantagens do Outsourcing, pois permite que terceiros tenham o controle de dados e informações.

 

3- Qualidade do fornecedor x Corte de custo

As empresas são motivadas pelo lucro, e muitas vezes, para se conseguir um bom lucro, é preciso reduzir as despesas e essa pode ser uma armadilha, pois com isso pode-se ter a contratação de profissionais não qualificados ou até mesmo que haja uma sobrecarga de funções. A curto prazo, essa estratégia mostrará as deficiências que essas atitudes podem trazer ao serviço. Assim sendo, é importante selecionar provedores que fazem uso das boas práticas de mercado em suas operações.

 

4- Alinhamento

É fundamental um total entendimento sobre o negócio por parte do fornecedor, entendendo suas demandas e expectativas, pois se a comunicação entre fornecedor e cliente não for clara, o resultado final dificilmente será o esperado. Antigamente acreditava-se que terceirizar a área de tecnologia significava livrar-se da responsabilidade com pessoal e custos diretos. Porém, na prática, não é difícil encontrar situações nas quais a contratante intervém na operação, para resolver questões de cunho administrativo e pessoal para manter a operação saudável.

 

5- Conhecer as imitações do fornecedor

Muitas empresas contratam fornecedores de Outsourcing em suporte de TI acreditando que todos os seus problemas serão resolvidos e que tudo será solucionado automaticamente. Porém, mesmo contratando um fornecedor com uma boa referência e boa reputação os desafios continuam. Como todas as máquinas, computadores falham, e isso é comum. É por isso que as grandes empresas têm departamentos de TI inteiros para tentar prever e ser ágil em solucionar essas limitações que ocorrem.

 

6- Comunicação

É importante que os fornecedores tenham a capacidade de se comunicar além da forma técnica, sendo didáticos ao explicar problemas e suas soluções. Um grande problema é quando os fornecedores não possuem uma visão estratégica de longo prazo e desconhecem os objetivos de negócios. Com isso, há um aumento no custo e um gasto muito maior de tempo para concluir os objetivos e isso pode desestimular a equipe. É preciso poder contar com provedores que consigam se expressar em termos claros e que façam todos entender o que está sendo dito.

 

7- Sigilo das informações

Confiar todos os dados e documentações aos servidores terceirizados pode ser um grande problema. Caso seja necessário trocar esse servidor por um novo, a empresa precisa se certificar de que existe um contrato de sigilo das informações para que não haja vazamento de dados.

 

8- Alinhamento de estratégia

Para que os problemas sejam minimizados, é preciso que haja uma boa comunicação entre o fornecedor e o cliente, para que as expectativas sejam comunicadas claramente e minimize as falhas. Além disso, sem uma comunicação adequada os planos estratégicos não podem ser incluídos no planejamento futuro para investimentos em tecnologia, e, com isso, a parte comercial da empresa irá sofrer.

 

Não há dúvidas que o Outsourcing de suporte de TI é bom e traz muitos benefícios, porém é necessário que a área de negócios observe bem as limitações acima citadas, com muita paciência e análise criteriosa, colocando na balança os prós e os contras. Isso porque a escolha do fornecedor adequado com experiência de mercado e um contrato bem elaborado tende a minimizar possíveis riscos operacionais.

 

No decorrer dos anos, é preciso fazer comparações com outros provedores e até mesmo uma auditoria dentro da empresa, para saber se tudo está dentro do esperado, e que o dinheiro que está sendo investido está dando o retorno prometido. Uma vez implementada, a avaliação do desempenho dos serviços oferecidos pelo fornecedor deve ser acompanhada. A qualidade do Outsourcing de suporte de TI deve ser constantemente validada e, sempre que for preciso, questionada.

 

Fontes:

http://forums.techsoup.org/cs/community/b/tsblog/archive/2017/04/25/common-pitfalls-of-using-managed-it-services.aspx

https://gaea.com.br/entenda-o-que-e-outsourcing-de-ti-e-conheca-os-beneficios-dessa-pratica/

https://www.profissionaisti.com.br/2016/10/terceirizacao-de-ti-solucao-ou-problema/

https://www.teclogica.com.br/outsourcing-vantagens-e-desvantagens/

http://www.linceservicos.com.br/4-erros-contratar-outsourcing-ti/

 

Categorias: Mercado de TI, Outsourcing de TI, Serviços de TI