<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=633097343493783&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
canal-comstor-logo
O blog dos negócios de TI.
Comstor Americas
  • Transformação Digital e oportunidades para revendas de TI na educação
  • 7 benefícios da videoconferência: colaboração e comunicação a favor de bons negócios
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI
  • Transformação Digital e oportunidades para revendas de TI na educação
  • 7 benefícios da videoconferência: colaboração e comunicação a favor de bons negócios
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI

9 benefícios oferecidos pelas tecnologias ao ambiente escolar

Publicado em 8/jan/2018 5:00:00

Conheça razões para incentivar a transformação digital em instituições de ensino.

9 benefícios oferecidos pelas tecnologias ao ambiente escolar 

Existem diferentes recursos e plataformas que podem otimizar o processo de ensino-aprendizagem. A partir deles e do incentivo em utilizar as tecnologias de transformação digital é possível conquistar diversos benefícios, aumentando a qualidade do ensino.

 

Conheça as 9 vantagens que justificam o uso de tecnologias no ambiente escolar:

 

1. Aprimorar a qualidade da educação

 

A tecnologia permite tornar todos os processos internos mais rápidos, o que melhora a qualidade da educação por possibilitar ao professor ter mais foco nas aulas e menos em controles de presença e em tentativas de atrair a atenção de alunos desinteressados. Além disso, ela oferece um melhor acompanhamento do desempenho dos estudantes e uma melhor visualização de suas dificuldades.

 

O uso da tecnologia motiva a busca por novos caminhos para o ensino-aprendizagem, com base em novas metodologias, formando educadores e desenvolvendo estratégias para as atividades da instituição.

 

2. Ajudar a elevar os índices de desenvolvimento da educação básica

 

A meta proposta pelo Ministério da Educação (MEC) é de que, com o auxílio das tecnologias, seja possível ampliar a média do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) para 6,0 até 2022. Na última avaliação, em 2015, essa média era de apenas 4,5.

 

O Ideb é calculado com base na taxa de aprendizado e no fluxo escolar, medidos por meio do controle de frequência e de provas de nível aplicadas pelo governo. Com a tecnologia, os resultados observados se tornam mais concretos e a possibilidade de melhorar a qualidade do ensino.

 

3. Tornar as aulas mais atraentes e inovadoras

 

Trazer para a realidade cotidiana dos jovens de hoje, que contam com a tecnologia e com a internet para tudo, é uma das principais formas de despertar o interesse e conquistar a atenção dos estudantes. Assim, eles são motivados a se engajar com as atividades desenvolvidas durante as aulas.

 

4. Contribuir para a diminuição das reprovações e da evasão escolar

 

As possibilidades de personalizar o aprendizado, melhor trabalhar as dificuldades do aluno e utilizar recursos digitais que despertam seu interesse tornam a escola um local onde ele deseja estar e as informações recebidas são melhor absorvidas. Como consequência, o número de estudantes que deixam de frequentar as aulas, que não conseguem aprender e são reprovados é reduzido.

Transformação digital e oportunidades para revendas de TI na educação 

5. Aumentar a integração e o diálogo entre alunos e professores

 

O uso de ferramentas virtuais cria maior proximidade e amplia as relações para fora da sala de aula, aumentando o contato entre estudantes e professor e incentivando o desenvolvimento da autoconfiança, afetividade, autonomia e socialização ao longo do processo de ensino-aprendizado.

 

6. Auxiliar na melhoria do desempenho dos alunos

 

Oferecer novas formas de pesquisar, observar conceitos dentro de contextos e de entrar em contato com conteúdos interessantes mesmo fora do ambiente escolar são elementos essenciais para o aprendizado. Por meio deles e das novas tecnologias, é possível melhorar a produtividade e o desempenho dos estudantes, não apenas em aula, mas também nas avaliações e lições de casa.

 

7. Despertar a curiosidade e as novas descobertas

 

A cultura digital coloca o aluno em contato com novas experiências, permitindo que ele construa competências e promova seu desenvolvimento. Além disso, a curiosidade acaba por estimular a vontade de aprender mais e em ensinar, aumentando o diálogo com os colegas de sala e com a família, fazendo com que o estudante leve os conhecimentos adquiridos a outras pessoas.

 
8. Estimular hábitos de leitura

 

A possibilidade e a facilidade em acessar obras literárias em tablets, smartphones, e-readers e audiolivros vai de encontro ao grande desinteresse pela leitura visto nas últimas gerações. São opções práticas e que motivam o aluno por não exigir que ele saia da frente das telas digitais, além de, no caso do audiolivro, promover a inclusão de estudantes com necessidades especiais.

 
9. Usar a tecnologia também para a avaliação do aluno

 

Como implícito ao longo dos itens, as novas tecnologias acabam por otimizar o tempo do professor, potencializando o diagnóstico de dificuldades e melhorando o desempenho e motivação dos alunos. Isso decorre, principalmente, das novas formas de avaliá-los, não substituindo métodos tradicionais, mas complementando-os.

 

Existem, atualmente, as provas digitais, nos mesmos moldes das feitas com lápis e papel, mas com a vantagem de serem corrigidas por computador e fornecerem dados sobre o desempenho dos estudantes para análise e comparação pelos gestores. É possível citar, também, a possibilidade de desenvolver atividades de produção de vídeos, apresentações de slides, animações, entre outros, tornando a apresentação de conteúdos e de resultados para pais e coordenadores, muito mais atrativa.

 

 

Vemos, então, que as tecnologias podem oferecer diversos benefícios para o ambiente escolar e os processos de ensino-aprendizagem. No entanto, aproveitar cada um deles depende da correta implantação dos recursos, garantindo um alinhamento estratégico e com as práticas em sala de aula.

 

 

Fontes:

https://www.positivoteceduc.com.br/blog-inovacao-e-tendencias/motivos-para-usar-a-tecnologia-na-educacao/

http://appprova.com.br/tecnologia-na-educacao-e-motivacao-em-sala/

http://ideb.inep.gov.br/resultado/resultado/resultadoBrasil.seam?cid=12727947

 

Categorias: Soluções de TI, Transformação Digital, Serviços de TI, Tecnologia na Educação, Ambiente Escolar