<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=633097343493783&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
canal-comstor-logo
O blog dos negócios de TI.
Comstor Americas
  • Transformação Digital e oportunidades para revendas de TI na educação
  • 7 benefícios da videoconferência: colaboração e comunicação a favor de bons negócios
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI
  • Transformação Digital e oportunidades para revendas de TI na educação
  • 7 benefícios da videoconferência: colaboração e comunicação a favor de bons negócios
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI

A importância do monitoramento de rede e Analytics avançado

Publicado em 7/jul/2016 5:00:00

A possibilidade de tomada de decisão em tempo real e a otimização de processos de negócios são os grandes benefícios do monitoramento.

A importância do monitoramento de rede e Analytics avançado

As redes de hoje estão mais dinâmicas do que nunca. Os administradores de redes todos os dias encontram novos desafios e complexidades, especialmente pela velocidade com que chegam novas tecnologias, ferramentas, aplicativos e possibilidades.

O monitoramento de rede é parte fundamental deste processo, recolhendo os dados que são gerados, analisando e apresentando informações ao gestor, geralmente em formato de relatórios e sistemas de gestão de alarmes que ajudam a manter o processo em funcionamento.

Esse monitoramento permite obter as informações necessárias sobre os equipamentos de modo rápido, sintético, preciso e confiável, facilitando as tomadas de decisão do gestor no momento do planejamento, adequação e expansibilidade da rede. A verificação do desempenho de serviços e a resolução de problemas diversos, como conectividade e integração de plataformas, também ocorrem mais facilmente.

Fornecedores de monitoramento de rede criam metadados, produzindo informações de forma rápida e em grande escala. Alguns deles processam pacotes, outros analisam os fluxos de rede ou logs. Muitos fazem várias delas ao mesmo tempo.

Na pesquisa Megatendências para a Gestão de Rede 2016 feito pela Enterprise Management Associates (EMA), foram entrevistados 150 profissionais de gestão de rede. 49% deles disseram que estão aplicando análises avançadas para a rede de dados para ganhar mais infraestrutura e insights de negócios. Outros 40% planejam começar o monitoramento dentro de 12 meses.

Entre os tipos de dados mais buscados em suas análises avançadas estão os de fluxo e segurança de rede (49%) não muito atrás da interpretação dos fluxos de pacotes (39%) e de dados (38%). Os objetivos para esses monitoramentos avançados de análise são amplos e têm impactos profundos nas operações de TI e dos negócios como um todo. O monitoramento de rede de segurança (38%) é um dos principais objetivos, seguidos pela otimização de rede (32%) e otimização de processos de negócios (27%).

 

Otimização de processos de negócios

Otimização de processos de negócios é um fator à parte e imprescindível. Quando uma equipe consegue esse ganho, ela está entregando resultados tangíveis para a empresa. Neste caso, a EMA indica que os gestores abram seus metadados para especialistas terceirizados aplicarem suas ferramentas de análise.

Essa partilha, porém, não é fácil: 25% dos gerentes entrevistados afirmam que suas redes são muito complexas e com backup muito tenso para compartilharem. Outros 30% disseram que os desafios são a segurança das informações e questões burocráticas de convencimento de todas as camadas hierárquicas, especialmente os superiores.

Outro empecilho que diminui o compartilhamento com terceiros, é o fato que muitos fornecedores não entregam um relatório contundente para o cliente. Algumas empresas precisam dos dados brutos para que outros especialistas possam fazer a análise, no entanto, 24% dos gerentes entrevistados pela EMA afirmam que seus fornecedores de monitoramento não lhes permitem exportar as informações e outros 35% disseram que seus fornecedores de monitoramento não cooperam nesse sentido.

A EMA acredita que os todos os fornecedores de monitoramento de rede devem liberar seus dados para não sufocarem a inovação do cliente. Neste caso, o contrato deve ser revisto para que o serviço seja entregue nos moldes de interesse de quem contratou.

 

New Call-to-action

 

Fontes:

http://www.networkcomputing.com/networking/network-monitoring-and-advanced-analytics/406165890

http://itforum365.com.br/noticias/detalhe/120018/a-rede-esta-evoluindo-e-voce

 

Categorias: Virtualização, Análise de Dados, Monitoramento de Rede