<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=633097343493783&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
canal-comstor-logo
O blog dos negócios de TI.
Comstor Americas
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI
  • 11 dicas de Big Data para Pequenas e Médias empresas
  • A Cisco e a Internet de todas as Coisas
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI
  • 11 dicas de Big Data para Pequenas e Médias empresas
  • A Cisco e a Internet de todas as Coisas

As vantagens em revender SDN

Publicado em 16/out/2017 5:00:00

Conheça as áreas onde essa abordagem tem ganhado mais destaque e como as revendas de TI se beneficiam de sua venda.

As vantagens em revender SDN

A SDN (Rede Definida por Software) é uma abordagem para arquiteturas de rede focada em oferecer maior controle e personalização na estruturação das redes, definindo processos centralizados e inteligentes por meio de softwares.

 

Em termos mais simples, essa abordagem permite que o usuário gerencie as redes de maneira mais efetiva, independentemente da tecnologia utilizada para a rede subjetiva.

 

Quando consideramos o constante crescimento do volume de dados, da Computação em Nuvem e do uso dos dispositivos móveis, além das necessidades de reduzir custos, vemos a necessidade de buscar maior controle, principalmente para empresas que passam por todas essas transformações de mercado com renda fixa.

 

O ritmo e os modelos de negócio se alteram cada vez mais e as tecnologias de SDN, como um reflexo de todas as mudanças, passam a ser adotadas por cada vez mais empresas, como já comentamos aqui no blog no infográfico sobre o tamanho do mercado SDN de forma que não buscar por essas soluções acaba sendo uma perda na competitividade e na oportunidade de evoluir redes.

 

Para as revendas, o crescimento da adoção dessa abordagem se coloca como uma oportunidade de negócio. Elas podem não apenas vender soluções e ferramentas para oferecer esse suporte à rede, mas prestar consultoria e gerenciar a abordagem após sua implantação.

 

As vendas de tecnologias de SDN podem aumentar ainda mais se a revenda de TI conhecer as áreas onde elas fazem mais diferença. Existem 4 principais, que são:

 

1. Programabilidade de rede

 

Por meio de SDN é possível utilizar um software localizado além dos dispositivos de rede para oferecer maior controle do comportamento da rede por meio de uma conectividade física. Dessa forma, as operadoras consegue adaptar esse comportamento, garantindo maior suporte para novos serviços.

 

Uma vez que o software e o hardware se tornam partes dissociadas, passa a ser possível para revendas de TI apresentarem serviços baseados em maior inovação e rapidez, sem serem submetidos às mesmas restrições que uma plataforma fechada e proprietária.

 

2. Centralização lógica de inteligência e controle

 

A partir do momento em que as topologias da rede estão centralizadas logicamente, é possível conquistar maior controle e maior inteligência para o gerenciamento de seus recursos. Assim, os controles, antes centralizados tradicionalmente, passam a se apresentar mais distribuídos, com dispositivos operando com maior autonomia e identificando, ainda que de maneira limitada, o estado da rede.

 

O controle e inteligência de redes baseadas em SDN otimizam diversos processos, incluindo o gerenciamento, a restauração, a segurança e as políticas da largura de banda, permitindo uma visão mais completa da rede.

14 dicas de marketing para revendas de TI

3. Abstração da rede

 

A interação entre aplicativos e rede em tecnologias de SDN acontece por meio de APIs. Os serviços são abstraídos da conectividade local que as tecnologias subjacentes e hardware criam, de forma que não há mais a necessidade de interfaces de gerenciamento altamente associadas a um hardware.

 

4. Abertura

 

Em decorrência da abstração de rede, as arquiteturas SDN permitem maior interoperabilidade entre diferentes fornecedores, garantindo a neutralidade do ambiente. Mas, mais do que a abstração de rede, essa abertura é um reflexo da própria abordagem SDN, que recorre a APIs abertas para suportar as aplicações orquestradas na nuvem, OSS/BSS e SaaS, entre outras.

 

Outro ponto a ser considerado é que, por ser estruturada por meio de um software inteligente, essa abordagem oferece maior controle de hardwares com interface programática aberta, independente de quem seja o fornecedor, executando os serviços e aplicativos de rede em um ambiente de software comum.

 

 

Desta maneira, vemos que as vantagens para o cliente que redes SDN oferecem são diversas, mas que são benefícios que dependem de uma implementação precisa, bem estruturada e utilizando soluções de qualidade.

 

Assim, a própria adoção deste novo conceito de virtualização acaba exigindo que os clientes recorram às revendas para a implantação, uma vez que poucas empresas possuem especialistas de TI em seu quadro de colaboradores.

 

Oferecer serviços com tecnologia SDN, assim, é oferecer todo um pacote de serviços, pensados especificamente para as necessidades do negócio, garantindo a orientação necessária para que a implantação seja um sucesso e o cliente alcance os resultados buscados. Isso significa que a revenda passa a poder vender serviços de consultoria para seus clientes, avaliando o pré e o pós da implantação das tecnologias SDN para garantir os melhores resultados.

 

 

Fontes:

http://blogbrasil.westcon.com/10-coisas-que-voce-deve-saber-sobre-a-implantacao-de-uma-rede-definida-por-software

http://www.ciena.com.br/insights/what-is/What-is-SDN_pt_BR.html

 

 

Categorias: Revendas de TI, SDN, Soluções de Rede, Soluções de TI