<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=633097343493783&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
canal-comstor-logo
O blog dos negócios de TI.
Comstor Americas
  • Transformação Digital e oportunidades para revendas de TI na educação
  • 7 benefícios da videoconferência: colaboração e comunicação a favor de bons negócios
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI
  • Transformação Digital e oportunidades para revendas de TI na educação
  • 7 benefícios da videoconferência: colaboração e comunicação a favor de bons negócios
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI

Uso de dispositivos pessoais em empresas pode ser benéfico

Publicado em 9/mai/2014 7:00:00

Pesquisas revelam que o BYOD pode ser vantajoso para a empresa e para o funcionário.

140509 BYOD blog

A consolidação do Bring Your Own Device está sendo comprovada com inúmeras pesquisas. As estatísticas revelam o quanto esta tecnologia tem sido utilizada e também que o BYOD é muito mais do que apenas reduzir custos. Entre seus principais benefícios para as empresas estão a maior produtividade, satisfação do funcionário e menores custos.

O benefício transformador do BYOD é a inovação impulsionada pelos funcionários - ao permitir que eles decidam como, quando e com quais ferramentas o trabalho é realizado - abrindo caminho para a próxima onda de valor:

• O BYOD, no entanto, implica em novos desafios de segurança e suporte de TI.
• As empresas devem responder de forma proativa ao BYOD com melhores políticas móveis e estratégias de redução de custos; a virtualização da área de trabalho pode ajudar.

Principais descobertas regionais e de empresas:

• Maior grau de consistência entre grandes empresas e empresas de porte médio em atitudes relativas ao BYOD.
• O BYOD tem preferência por regiões: as empresas da Ásia e da América Latina incentivam o uso extensivo do BYOD, enquanto que a Europa é mais cautelosa e restritiva.
• Os EUA lideram no geral a adoção do BYOD e a criação de políticas.
• Os EUA e a Índia estão muito à frente na virtualização da área de trabalho: outros líderes de TI estão cientes disso, mas a implantação está atrasada.

Milhões de consumidores — muitos dos quais também são funcionários — estão adquirindo dispositivos móveis avançados, como smartphones e tablets, para uso pessoal e instalando aplicativos neles, para ajudar a melhor gerenciar suas vidas.

Esses dispositivos avançados têm interfaces do usuário intuitivas, são equipados com câmeras bidirecionais para videoconferência e podem acessar centenas de milhares de aplicativos não somente para uso pessoal e entretenimento, mas também para negócios. Cada vez mais as pessoas estão levando esses dispositivos para a empresa e integrando-os ao fluxo de trabalho diário.

O BYOD poderia ter implicações profundas na forma como as empresas gerenciam suas redes, dispositivos móveis e até mesmo seus funcionários, que estão redefinindo o significado de “estar no escritório”. Assim, a Cisco IBSG queria saber a prevalência do BYOD nas empresas e como os departamentos de TI estão lidando com esses novos dispositivos em relação a suporte, acesso de rede e segurança. Outra questão a ser respondida é se a TI corporativa oferece suporte, é indiferente ou hostil ao BYOD.

No segundo trimestre de 2012, foram pesquisados 600 tomadores de decisão em TI em empresas dos EUA para responder essas e outras perguntas, como parte do programa contínuo de pesquisa e análise da referida empresa, o “Horizons”. Os resultados forneceram evidência de uma mudança fundamental no modo como as corporações suportam e provisionam dispositivos: 95% dos tomadores de decisão em TI disseram que suas empresas apoiam o BYOD de alguma forma. Igualmente importante foi a atitude em relação ao BYOD. Sem minimizar os desafios impostos por ele, 76% o consideraram “bastante” ou “extremamente” positivo para os departamentos de TI.

7 Dicas para obter sucesso em BYOD

Para determinar se o BYOD é apenas um fenômeno nos EUA — ou até mesmo apenas um “fenômeno empresarial nos EUA” — o estudo original foi expandido, de forma a incluir tomadores de decisão em TI de grandes empresas (1.000 ou mais funcionários) e empresas de porte médio (500-999 funcionários) em oito países de três regiões. Também foram adicionados mais de 300 tomadores de decisão em TI de empresas de porte médio nos EUA ao conjunto inicial de 600 grandes empresas. Assim, foram entrevistados aproximadamente 4.900 tomadores de decisão em TI em 18 setores, todos os quais influenciam ou dirigem as políticas móveis em suas empresas.

Com a utilização do BYOD funcionários estão ganhando uma média de 37 minutos de tempo produtivo por semana. Além disso, sua gera US$ 350 de valor por funcionário móvel anualmente, de acordo com recente relatório da Cisco (NASDAQ: CSCO).

Para o levantamento, a Cisco IBSG entrevistou 2.415 trabalhadores móveis em 18 indústrias e seis países - Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha, China, Índia e Brasil.

Se as empresas implementarem uma estratégia global de BYOD, podem aumentar o valor de seus trabalhadores móveis, para US $ 1.650 por indivíduo ao ano, de acordo com a pesquisa.
No entanto, quase 3/4 das empresas que permitem BYOD não têm uma estratégia abrangente.

"Uma das nossas principais conclusões é que BYOD está grande, e a tendência é tornar-se cada vez maior, até se globalizar", disse Jeff Loucks, gerente sênior de Internet Business Solutions Group da Cisco.

Com base na pesquisa, a Cisco previu que em 2016 haverá 405 milhões de dispositivos BYOD nas empresas dos países pesquisados, um aumento de 198 milhões de aparelhos este ano.

O trabalhador médio BYOD gasta US$ 965 em seu dispositivo móvel pessoal usado para o trabalho e US$ 734 em planos de dados anuais que são utilizados parcialmente para o trabalho, de acordo com a pesquisa.

As três principais razões dos funcionários usarem seus dispositivos móveis no trabalho são: podem fazer mais com o seu dispositivo pessoal, querem combinar trabalho e as atividades pessoais ou acessar aplicativos pessoais e, em alguns casos, as empresas não fornecem dispositivos móveis, sendo tentador levar o seu próprio.

Além dos ganhos de produtividade, uma estratégia abrangente BYOD pode economizar dinheiro em termos de hardware, suporte de informática e os custos dos serviços de telecomunicações. A Cisco estima que as empresas podem obter redução de custos de US$ 111 por empregado, ou uma poupança líquida de US$ 8 por empregado, após os custos de BYOD analisados.

describe the image

Empresas aprovam BYOD para satisfazer os colaboradores 

Fontes utilizadas: 

http://www.fiercemobileit.com/story/cisco-byod-improves-employee-productivity-lowers-enterprise-costs/2013-05-24
http://www.cisco.com/web/about/ac79/docs/re/byod/BYOD_Horizons_Global_PTBR.pdf

Categorias: Mobilidade, BYOD