<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=633097343493783&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
canal-comstor-logo
O blog dos negócios de TI.
comstor-logo.png
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI
  • 11 dicas de Big Data para Pequenas e Médias empresas
  • A Cisco e a Internet de todas as Coisas
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI
  • 11 dicas de Big Data para Pequenas e Médias empresas
  • A Cisco e a Internet de todas as Coisas

Como os MSPs podem ajudar na geração de leads?

Publicado em 10/ago/2017 5:00:00

Recurso é usado para estimular o interesse do comprador por determinados produtos ou serviços de TI.

170810_MAN_91080258_Blog.png 

Os processos de compras se modificaram e estão se modernizando com as tecnologias que são utilizadas pelas empresas varejistas. Com isso, a forma de chegar até o cliente também está passando por mudanças.

A internet aproximou empresas de consumidores que, com um simples clique, conseguem comprar produtos em qualquer lugar do mundo. E mesmo sendo virtualmente é preciso planejamento para a fidelização desses clientes e conquista de novos consumidores para sua carteira de atendimento.

 

Nessa hora, entra em cena a geração de leads, um recurso para estimular o interesse do comprador por determinados produtos ou serviços, incentivando para que deixe de ser apenas um leitor em um portal e deixe suas informações pessoais, especialmente nome e e-mail para que possa constantemente receber ofertas segmentadas.

 

O termo utilizado descreve um contato em potencial com o cliente e serve como um sistema de busca virtual. Sua geração se dá quando o consumidor faz algum tipo de busca na Internet, a empresa capta esse acesso, por meio de algumas perguntas, e começa a oferecer ao usuário produtos e serviços relacionados ao sistema.

 

Em seguida, após o lead ser gerado ele precisa ser qualificado, ou seja, é preciso identificar se o contato tem condições ou interesse real de comprar o que pesquisou. Finalizada essa etapa, é feita uma apresentação detalhada para a negociação partindo da empresa e encerrada com a venda do produto.

 

A geração de lead pode ser feita de inúmeras maneiras, no entanto, o básico é seguir um funil de vendas, com as etapas:

  1. Qualificação
  2. Apresentação
  3. Negociação
  4. Venda

14 dicas de marketing para revendas de TI


Provedores de serviços gerenciados e geração de leads

Com a falta de tempo, recursos e experiência na questão de relacionamento com o cliente de forma virtual, micro e pequenas empresas contratam um MSP, que pode ser conhecido também, entre outros nomes, como Monitoramento Remoto.

 

São empresas que não têm um funcionário específico de TI, mas que precisam profissionalizar a gestão de tecnologia da empresa. A MSP cria os softwares e sistemas que serão utilizados pelo negócio a partir de suas necessidades e fica disponível para ajuste de erros, contenção de invasões e outros problemas que possam surgir.

 

As MSPs muito focadas em questões técnicas, precisam ter um time de marketing alinhado para que possam ajudar seus clientes no desenvolvimento de ferramentas que ajudem no engajamento com seus consumidores.

 

Na geração de leads, as MSPs devem criar primeiramente um plano de ação, a partir do cálculo da quantidade de visitantes nos portais dos clientes que precisam ser convertidos em consumidores para que sejam atendidas as metas de receitas recorrentes.

 

Se a cada 10 leads qualificados, 1 deles contrata um serviço de tíquete médio no valor de mil reais, para se alcançar 5 mil reais por mês, serão necessários esforços para a geração de no mínimo 50 leads por mês.

A partir desse número, entram os planos de ações passando pelo funil de vendas.

Criar um blog, por exemplo, na página do cliente, explicando sobre a necessidade de alimentação deste canal de forma constante, assim como divulgação dos materiais em redes sociais para que se alcance mais pessoas que possam ser alvo para o negócio.

 

Outras possibilidades são:

  •         Lead Generation (ações): logo após captar os dados do potencial clientes é essencial que haja um contato, mesmo que seja bem discreto;
  •         Lead Nurturing (estímulo): ações que a empresa adota para lidar com potenciais clientes. Nesse caso vale informar, estimular ou até mesmo oferecer treinamentos;
  •         Lead Scoring (classificação): procedimento automatizado que visa a classificação das ligações ou e-mails gerados a partir dos leads.

Vale lembrar que os principais canais para a geração de leads podem ser considerados: websites, blogs, SEO e Marketing de Conteúdo, Mídias Sociais, Anúncios de Pay-per-click e E-mail Marketing. São todas ferramentas que especialistas em TI e marketing digital dominam e que podem ser grandes auxiliares a fidelização de clientes e na busca por novas oportunidades de negócio.

 

Fontes:

https://www.datto.com/blog/msp-4-lead-generation-tips-for-2017-video

http://www.knowledgewave.com/blog/6-tips-for-finding-good-msp-leads

http://marketingdeconteudo.com/geracao-de-leads/

 

Categorias: Revendas de TI, MSP, geração de leads