<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=633097343493783&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
canal-comstor-logo
O blog dos negócios de TI.
Comstor Americas
  • Transformação Digital e oportunidades para revendas de TI na educação
  • 7 benefícios da videoconferência: colaboração e comunicação a favor de bons negócios
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI
  • Transformação Digital e oportunidades para revendas de TI na educação
  • 7 benefícios da videoconferência: colaboração e comunicação a favor de bons negócios
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI

Como reaproveitar PCs e dispositivos móveis de forma segura?

Publicado em 21/mar/2016 5:00:00

Existem muitas possibilidades no mercado para reaproveitar equipamentos obsoletos, o importante é garantir sua segurança.

Como reaproveitar PCs e dispositivos móveis de forma segura?

Antes de pensar em descartar seus computadores, celulares e dispositivos para se tornarem sucatas eletrônicas, saiba que é possível utilizar um pouco mais seus equipamentos – até mesmo para outras funções – ampliando a vida útil das máquinas, e consequentemente colaborando com o meio ambiente.

Um computador, por exemplo, pode ser convertido em um servidor doméstico, centralizando arquivos que podem ser compartilhados por vários membros de uma mesma família. Ele pode ser usado também como cobaia para rodar programas que você sempre teve vontade, mas nunca coragem por inúmeras razões.

O PC velho pode ser transformado também em um servidor para jogos multiplayer ou para jogar jogos antigos. Também pode ser aquele computador que todo mundo dá uma olhadinha no e-mail e que fique disponível em um lugar de movimento da casa.

Se nenhuma dessas soluções te apetece, pode fazer uma doação para uma instituição educativa, que com certeza vai utilizar o equipamento em uma sala de aula de informática, se estiver em boas condições. Outra opção ainda é fazer um desmanche e utilizar as peças boas para montar um novo equipamento ou dar um upgrade em outro.  

Já entre os dispositivos móveis, com um pouco de criatividade, é possível ter um aparelho com novas funções. Eles podem se tornar, por exemplo, uma plataforma de jogo para os filhos, recebendo todos aqueles aplicativos que antes tomavam toda a sua memória. Também podem ser transformados em um GPS para o carro ou para treinos de corridas a pé, de bicicleta e outros esportes. Outra possibilidade é transformar o celular em câmera de segurança. Para todas essas opções existem aplicativos que podem ser baixados e que auxiliam na tarefa que precisar.

 

Muito cuidado ao doar ou vender um aparelho

Dependendo do estado da máquina ou smartphone, é possível vendê-los a outro usuário. Neste momento, cabem algumas dicas de segurança para fazer um backup seguro das suas informações e apagar rastros e informações de suas utilizações. As dicas valem também para quem pretende fazer o inverso, comprando uma máquina de segunda mão, que devem inspecionar se além de informações pessoais do antigo dono, não ficaram também vírus, spywares e malwares.

Para os computadores, é preciso formatar completamente o disco rígido e reinstalar um sistema operacional desde o começo. Engana-se quem pensa que apenas apagando pastas e limpando a lixeira, significa que não existe mais rastro. Pessoas conhecedoras de tecnologia e mais experientes são capazes de restaurar dados apagados. Se a máquina em questão é um modelo que foi comprado pronto em uma loja, é preciso restaurar as configurações de fábrica usando o disco.

Tanto para PC quanto para dispositivos móveis, é necessário primeiro fazer um backup completo, garantindo que todos os dados que não podem ser perdidos estejam armazenados em outro lugar. Seja em Nuvem, HDs externos ou mesmo outro disco rígido, que poderão transportar as informações para um novo computador.

Na sequência, é importante desconectar o IP de todos serviços que costumava utilizar e que abriam automaticamente, como por exemplo, Skype, Dropbox, iTunes. Neste caso, especialmente os softwares de segurança.

Pesquise, com o fabricante do seu equipamento, quais os recursos que ele oferece e indica para fazer uma limpeza completa na máquina ou smartphone. As empresas costumam disponibilizar tutoriais na internet que apontam passo a passo como excluir suas informações de uma vez por todas. Os dispositivos Apple iOS, por exemplo, têm recursos internos para apagar dados. Já a maioria dos dispositivos Android possui uma função de apagamento com redefinição de fábrica.

Para quem vai adquirir uma máquina de segunda mão, interessante seria remover o disco rígido e instalar um novo. É a única forma de garantir que não existem malwares. Porém, como essa é possivelmente a última opção, uma recomendação é reinstalar tudo novamente, tendo que adquirir uma cópia de instalação do sistema operacional que escolher e dos softwares que for utilizar.

Se não for uma das suas especialidades, não custa fazer um orçamento com um técnico que tenha conhecimento e possa fazer o serviço de forma mais rápida e segura.

 

Sustentabilidade em TI

 

Fontes:

http://cio.com.br/tecnologia/2016/02/11/como-revitalizar-computadores-smartphones-e-tablets-antigos-com-seguranca/

http://www.techtudo.com.br/artigos/noticia/2013/03/saiba-quais-sao-os-cuidados-para-comprar-um-pc-ou-mac-usado.html

https://appleweare.wordpress.com/2015/02/01/o-que-fazer-com-o-seu-velho-iphone/

http://pcworld.com.br/dicas/2010/11/09/11-formas-de-reaproveitar-um-pc-velho-1/

http://www.terra.com.br/noticias/tecnologia/infograficos/sucata-eletronica/

 

Categorias: Empresas de TI, Mobilidade, BYOD, Sustentabilidade em TI