<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=633097343493783&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
canal-comstor-logo
O blog dos negócios de TI.
Comstor Americas
  • Transformação Digital e oportunidades para revendas de TI na educação
  • 7 benefícios da videoconferência: colaboração e comunicação a favor de bons negócios
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI
  • Transformação Digital e oportunidades para revendas de TI na educação
  • 7 benefícios da videoconferência: colaboração e comunicação a favor de bons negócios
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI

Como reduzir a interferência no canal de Wi-Fi

Publicado em 6/out/2016 5:00:00

Com cada vez mais roteadores e pontos de acesso wireless, as empresas começam a enfrentar problemas de interferência na rede.

COMO REDUZIR A INTERFERÊNCIA NO CANAL DE WI-FI 

 

Se a sua conexão wi-fi parece lenta e apresenta um desempenho fraco é possível que esteja acontecendo uma interferência de canal. Atualmente, devido a grande quantidade de roteadores e pontos de acesso wireless cada vez mais presentes em diversos ambientes – desde residências até os escritórios - que interligam os mais variados equipamentos, a interferência de canal é um problema real que reduz o desempenho e o raio de alcance da sua rede.

Um estudo realizado pela empresa inglesa Epitiro, especializada na análise de redes de banda larga, evidenciou que os consumidores perdem cerca de 30% da largura de banda oferecida por seus aparelhos quando usam uma conexão sem fios.

Problemas no desempenho em conexões sem fio são comuns e podem ser ocasionadas por aparelhos eletrônicos domésticos, como babas eletrônicas, telefones sem fio e até mesmo fornos micro-ondas que interferem no funcionamento dos equipamentos, uma vez que estão trabalhando basicamente em uma mesma frequência.

 

New Call-to-action

Podemos elencar duas razões principais para o fraco desempenho WiFi : a interferência co-canal (CCI) e interferência de canal adjacente (ACI).
A interferência co-canal (CCI) acontece quando há reuso, por parte das células, de um mesmo conjunto de frequências em uma determinada cobertura. Já a interferência de canal adjacente é ocasionada por sinais presentes em uma faixa de frequência adjacente a faixa do sinal desejado e provoca imperfeições no filtro do receptor.

Para reduzir essas interferências, é preciso um projeto de WLAN bem escalonado, de forma a minimizar a quantidade de CCI / ACI implantados, além da implementação de ferramentas de visualização, como um software de pesquisa, que ajude na validação e assegure que a rede está funcionando conforme o projetado.

Muitas vezes as interferências acontecem devido ao uso de canais convencionais, um problema comum de implantação que pode ser solucionado alterando as configurações para que dispositivos de uma mesma área operem em frequências diferentes.

Isso porque a a maior parte dos equipamentos Wi-Fi operam em uma faixa de frequência de 2.4 GHz , que contém apenas três canais não sobrepostos. Por isso, o planejamento do uso deve ser criterioso e realizado observando a quantidade de rádios habilitados para a frequência de 2,4 GHz em um determinado ambiente. É aqui que um software de planejamento preditivo colabora na visualização i identificação da quantidade de equipamentos operando nesse espectro.

Uma vez que a falta de canais não sobrepostos disponíveis no espectro de 2,4 GHz é real, uma alternativa é otimizar WiFi usando 5 GHz em larguras de canal de 20 MHz. Dessa forma, com essa configuração, estamos falando de 25 canais não sobrepostos no espectro de 5GHz, suficientes para um bom plano de reuso de canais. Com o software de planejamento preditivo, é possível determinar quais os canais são sobrepostos e quais delas pode causar interferência de canais adjacentes.

Uma boa dica é adquirir um roteador que suporte as duas frequências simultaneamente, uma vez que alguns equipamentos mais antigos só permitem uma frequência de cada vez, e, para usá-los, será preciso deixar o roteador em 2.4 GHz, o que não trará os benefício desejados do modo de 5 GHz.

Os projetos que consideram o uso de uma rede sem fio otimizada para 5 GHz colabora consideravelmente para que os efeitos negativos do CCI e ACI sejam minimizados. No entsnto, mais uma vez é preciso reforçar a importância de se criar um plano de canais para não ocorrer problemas de desempenho auto induzido e utilizar larguras de canal 20 MHz até 40 MHz, no máximo.

Infelizmente a interferência não é a única causa de redução do alcance e desempenho das redes sem fio. Condições ambientais, como a presença de paredes, presença de espelhos, aquários, paredes revestidas e outros elementos podem complicar bastante o caminho de ida e volta entre a antena do seu roteador wireless e o seu notebook.

Fontes:

http://www.networkcomputing.com/wireless-infrastructure/reducing-wifi-channel-interference/404994487
http://efetividade.net/2010/05/melhore-o-sinal-da-sua-rede-sem-fio-selecionando-um-canal-sem-interferencia-dos-vizinhos.html
http://www.pontobit.com.br/index.php/component/content/article/35-pontobit-categoria/57-problemas-dicas-rede-sem-fio-wifi
http://pb.termwiki.com/PB/co-channel_interference_(CCI)
http://www.gta.ufrj.br/grad/10_1/movel/caracteristicas.html

Categorias: Redes, WLAN