<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=633097343493783&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
canal-comstor-logo
O blog dos negócios de TI.
Comstor Americas
  • Transformação Digital e oportunidades para revendas de TI na educação
  • 7 benefícios da videoconferência: colaboração e comunicação a favor de bons negócios
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI
  • Transformação Digital e oportunidades para revendas de TI na educação
  • 7 benefícios da videoconferência: colaboração e comunicação a favor de bons negócios
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI

Como reduzir custos operacionais no departamento de TI?

Publicado em 4/set/2015 5:00:00

Confira 6 dicas que agregam eficiência e aumentam competitividade no mercado.

Como reduzir custos operacionais no departamento de TI? 

Assim como em outros contextos dos negócios - como na segurança e na estratégia - a TI também tem um importante papel no cenário atual da economia e nas novas práticas de gestão otimizada, isto é, mais eficiência a custos menores: entregar mais com menos.

O primeiro passo é organizar a própria casa ou a própria área, alinhar metas e objetivos com os integrantes para apresentar aos gestores o valor da TI para a empresa. As soluções tecnológicas têm gerado lucro para as empresas, seja por meio do aumento da receita ou da redução de custos. Porém, precisam ser cada vez mais eficientes e estar cada vez mais conectadas à realidade da empresa e suas necessidades.

As empresas ainda têm dificuldades em comprovar o valor das operações de TI. E as razões estão relacionadas justamente à definição e comunicação dos serviços que a área oferece e à falta da transparência em relação às finanças da organização. Uma pesquisa da consultoria Gartner aponta três pontos fundamentais para mostrar o valor dos serviços de TI: defini-los em uma linguagem de negócios, controlar custos e divulgar o retorno desses investimentos em benefício da empresa com indicadores de resultados que demonstrem esse impacto.

Duas das principais demandas atuais do setor são oferecer um portfólio de serviços mais completo e flexível e contar com uma governança de TI mais rigorosa e estratégica para enxugar custos e garantir a competitividade no mercado. Os controles mais rígidos vão fortalecer o conjunto transparência, independência e prestação de contas, melhorar a interação com as outras áreas e o relacionamento com os stakeholders.

Muitas vezes, ações simples podem agregar redução de custos operacionais e aumentar a rentabilidade do negócio mais rápido do que se imagina. A seguir, confira 6 dicas para reduzir custos operacionais na área de TI:


1- Sistemas

Avalie o custo-benefício de cada sistema utilizado na empresa. Aqueles que não são tão eficientes, demandam maiores recursos e têm pouco uso, isto é, baixo rendimento, pesam no orçamento e devem ser eliminados. A Gartner aponta uma economia de até 25% nos custos operacionais com a atualização e adoção de sistemas mais completos e integrados.  Além de reduzir custos com o encerramento das atividades em sistemas ultrapassados, esse ajuste irá contribuir para otimização dos processos que forem migrados.

 

2- Servidores        

No caso dos servidores, a economia para a empresa pode ser de 20% nos investimentos. A alternativa para reduzir custos aqui é adotar até dois servidores mais potentes no lugar de diversas máquinas de baixo desempenho, com fornecedores e licenças de softwares ultrapassados.    

3- SaaS

Outra solução indicada para minimizar custos operacionais em TI é a funcionalidade e a simplificação que as ferramentas SaaS (Software as a Service) podem agregar aos processos dos clientes. Além disso, ao adotar o SaaS, a empresa poderá descartar servidores que geram altos custos e ainda economizar nas atualizações e manutenções de infraestrutura, que ficam por conta dos fornecedores.

4- Automação

Embora a maioria dos profissionais de TI – 89%, segundo Information Week Analytcs – acreditem na relevância dos processos automatizados, apenas 10% adotam essa prática. A automatização funciona para reduzir tempo e custos, agregar confiabilidade e otimizar processos repetitivos, uma vez que não está sujeita a falhas humanas e conta com auditoria de precisão para identificar e diagnosticar problemas. Isso significa inovar com ganhos de produtividade e qualidade com redução de custos em curto prazo.
   

5- Nuvem   

Os serviços em Nuvem estão se tornando o método preferido e o mais adotado de armazenamento de dados digitais. Eles propiciam acesso ao sistema da empresa de qualquer dispositivo móvel de qualquer lugar onde haja conexão com a Internet, geram economia de custos na aquisição de equipamentos, softwares, em manutenções e atualizações de novas versões, colaboradores e agregam maior segurança na proteção dos dados. Sem contar na agilidade, na flexibilidade e na economia em deslocamento para realização de tarefas diárias que podem ser cumpridas a distância e a qualquer momento.

6- Terceirização

O aumento da oferta de serviços em TI abre caminhos para inovação nas empresas. A terceirização de operações técnicas mais complexas dá um respiro para a equipe de TI, que ganha tempo para ações mais estratégicas do negócio, menos focadas em manutenção e infraestrutura e mais abertas para as ideias transformadoras. Os recursos poderão ser mais bem aproveitados para se produzir mais com mais qualidade e menos desperdício. Além disso, profissionais especializados cada vez mais flexíveis e alinhados com diferentes demandas das empresas poderão oferecer soluções mais atualizadas e agregar novos conhecimentos e competências que serão compartilhados para agregar valor aos negócios.

 

8 motivos para contratar uma revenda de TI especializada

 

Fontes:

http://www.profissionaisti.com.br/2015/07/6-dicas-para-reducao-de-custos-operacionais-na-area-de-ti/

http://exame.abril.com.br/publicidade/embratel/conteudo-patrocinado/as-vantagens-da-terceirizacao-de-ti

Categorias: Produtividade, Servidores, Profissionais de TI, Sustentabilidade em TI, CIO