<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=633097343493783&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
canal-comstor-logo
O blog dos negócios de TI.
Comstor Americas
  • Transformação Digital e oportunidades para revendas de TI na educação
  • 7 benefícios da videoconferência: colaboração e comunicação a favor de bons negócios
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI
  • Transformação Digital e oportunidades para revendas de TI na educação
  • 7 benefícios da videoconferência: colaboração e comunicação a favor de bons negócios
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI

Desmistificando a Computação em Nuvem

Publicado em 15/dez/2017 5:00:00

Conheça os pontos que mais causam dúvidas em seus clientes e saiba como oferecer a eles a orientação necessária para a adoção de soluções em nuvem que beneficiem os negócios.

 

Desmistificando a Computação em Nuvem

A Computação em Nuvem é constantemente noticiada como uma das soluções tecnológicas mais efetivas em termos de gastos para as empresas e agências governamentais no que tange o armazenamento de dados. Apesar desse conceito tecnológico ter se tornado extremamente popular nos últimos anos, ainda existem muitas dúvidas da parte de quem trabalha na área de TI, principalmente entre os profissionais de TI que utilizam a nuvem em suas empresas.

 

É de conhecimento geral que a Computação em Nuvem possui uma série de benefícios, como acesso a dados 24h por dia, a acessibilidade de qualquer dispositivo e local, dependendo apenas de uma conexão com a internet. 

 

Mas o que poucos sabem é que ela ainda permite definir programação automatizada para a execução de atualizações e implementações, tornando diferentes processos relacionados às novas soluções do mercado mais rápidos, além de fornecer entre suas opções de pagamento o sistema de cobrança por uso, de forma que o usuário paga apenas pelo espaço que seus projetos ocupam na nuvem.

 

Pensando em todos esses benefícios, se torna impossível negar que a transição para uma solução de Computação em Nuvem é, sem dúvida alguma, a decisão certa para praticamente todas as empresas. Esse é um passo essencial a ser feito no processo de adoção de tecnologias de transformação digital e precisa ser bem avaliado, evitando erros desnecessários na migração, possibilitando que a empresa que está contratando o serviço adquira benefícios no menor prazo.

 

É preciso, porém, entender completamente o conceito de nuvem e seus benefícios para fazer a melhor contratação de serviços e, mais importante ainda, conhecer os mitos que cercam essa tecnologia. Entre os principais mitos existentes estão os quatro apresentados a seguir:

 

1- Apenas novas cargas de trabalho são executadas na nuvem

 

Esse é um mito que ainda confunde muito os tomadores de decisão das empresas. Eles acreditam que sistemas legados e com mais robustez não podem ser migrados para nuvem.

 

O que de fato acontece é que, como qualquer nova tecnologia que chega ao mercado, as organizações que contratam estas novas soluções iniciam os trabalhos com projetos menos arriscados e frequentemente novos, que não necessariamente afetem a base de dados da empresa, a fim de que eles tenham uma maneira segura para experimentar a solução de nuvem.

 

Com a computação em nuvem não foi diferente e só agora as organizações começaram a migrar suas cargas de trabalho legadas para a nuvem.

 

É natural que elas não tenham começado com cargas de trabalho mais importantes para não afetar diretamente suas operações no caso de problemas com a solução, o que no início de tecnologias é uma possibilidade grande, mas isso não significa que essas cargas não possam ser migradas dependendo, apenas, da confiança nas soluções em nuvem contratadas pela empresa.

 

2- A conformidade com a Nuvem não exige nada de você

 

A conformidade ainda é uma dupla responsabilidade entre o provedor de serviços em nuvem e a empresa regulada. As diretrizes do PCI indicam que políticas e procedimentos claros devem ser acordados entre o provedor do cliente e da nuvem para todos os requisitos de segurança e as responsabilidades para operação, gerenciamento e relatórios devem ser claramente definidas e compreendidas para cada requisito.

 

Esses acordos são essenciais para compreender e delinear os papéis e responsabilidades dos profissionais que trabalham com soluções de Computação em Nuvem para as empresas e a conformidade é um ponto essencial aqui.

 

Os problemas com esse assunto surgem à medida que as empresas fazem uso do armazenamento em nuvem ou de serviços de backup. Ao migrar os dados de um sistema interno de armazenamento para o sistema de um provedor, exige-se do profissional responsável da empresa que está migrando os dados que ele analise cuidadosamente como os dados serão mantidos, a fim de que ele tenha clareza com relação aos regulamentos e regras da indústria.

 

3- A computação em nuvem se limita a provedores líderes de mercado

 

Mesmo que algumas empresas são líderes de mercado entre os provedores de serviços na nuvem, elas não são as únicas soluções, nem são perfeitas. É por isso que muitas empresas optam pela estratégia multi nuvem, na qual os serviços de vários provedores podem ser combinados com soluções personalizadas para formar um ecossistema único que atenda os requisitos do melhor negócio.

 

Escolher a solução de gerenciamento correta ajuda a realizar um projeto confiável, não sendo, necessariamente, a solução dos líderes de mercado.

 

4- Meus dados estão mais seguros em um sistema interno

 

Os ataques digitais que aparecem nos jornais semanalmente têm assustado cada vez mais os donos de empresas, em especial os donos de PMEs. Isso é bastante lógico, afinal parece que todos estão sendo atingidos por estarem conectados a servidores em nuvem, o que, muitas vezes, pode passar a ideia de que um sistema ou um servidor interno da própria empresa é a única forma de garantir a proteção das informações.

 

Esse é um mito interessante e que faz sentido a priori, mas com uma explicação simples é quebrado: os provedores de nuvem em larga escala trabalham com certas medidas de segurança de última geração que todas as empresas precisam e buscam. Eles conseguem isso com muito mais facilidade por motivos óbvios: o objetivo de seus negócios é garantir a segurança de ponta para todos os dados armazenados.

 

Por utilizarem tecnologia de última geração, alguns serviços incluem a criptografia de todas as informações antes que ela saia do seu escritório, fazendo o envio através de uma conexão SSL segura para uma instalação de armazenamento de dados de força industrial. Essas camadas de segurança adicionadas são muito mais extensas do que o que os pequenos empresários podem conseguir com seus servidores próprios.

 

Conhecer os mitos, restrições e reais benefícios da computação em nuvem é essencial para empresas que pretendem adotá-la, mas é ainda mais importante para revendas de TI, a quem clientes recorrem para eliminar dúvidas e receber orientações que permitam contratar as melhores soluções para o negócio.

 

Revendas de TI que conseguem esclarecer o tema ganham um diferencial de mercado e tem maiores chances de fidelizar clientes oferecendo produtos e serviços que realmente trarão benefícios e redução de custos.

 

 

Fontes:

https://www.infoworld.com/article/3201168/cloud-computing/the-2-cloud-security-myths-that-must-die.html

https://edge360online.com/moving-cloud-biggest-myths-dispelled/

http://computerworld.com.br/quatro-mitos-sobre-nuvem-publica

https://spectrumbusinessinsights.com/technology/3-cloud-computing-myths

 

Categorias: Cloud Computing, Mercado de TI, Revendas de TI, Soluções de TI, Computação em Nuvem, Soluções em Nuvem