<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=633097343493783&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
canal-comstor-logo
O blog dos negócios de TI.
Comstor Americas
  • 7 benefícios da videoconferência: colaboração e comunicação a favor de bons negócios
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI
  • Baixar agora
  • 7 benefícios da videoconferência: colaboração e comunicação a favor de bons negócios
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI
  • Baixar agora

Dicas para uma gestão bem-sucedida de stakeholders da Revenda de TI

Publicado em 22/mai/2015 5:00:00

A equipe da revenda de TI deve identificar seus públicos de contato e gerenciar todo o processo.

150522_MAN_Gajus_Stakeholders_Blog

Ter uma visão mais ampla do negócio é fundamental para o crescimento da revenda de TI. É importante também que a empresa cresça, não somente com resultados, mas oferecendo um ambiente sustentável a todos que fazem parte.

Para esse cenário, a presença de stakeholders é fundamental. O termo em inglês define pessoas ou grupos que podem influenciar ou serem influenciados por algum processo dentro da empresa, e é muito utilizado para designar as pessoas e grupos mais importantes para um planejamento estratégico ou plano de negócios.

Os stakeholders podem ser parceiros, acionistas, investidores, consultores da área, comunidade ao redor da empresa, clientes, fornecedores e até mesmo os concorrentes. As revendas de TI interessadas em permanecer no mercado altamente competitivo devem começar a implementar ações específicas no que diz respeito a boas práticas para se relacionar com esses públicos de contato.

O motivo é bem simples: ao entender a importância desse grupo o responsável pelo planejamento tem uma visão mais ampla de todos envolvidos em um processo ou projeto. Assim, ele consegue saber de que maneira eles podem contribuir para a otimização de todo o processo da revenda de TI.

Os stakeholders são elementos importantes em termos de planejamento estratégico de uma empresa ou organização. Isso porque, para a construção de um software, por exemplo, é importante ter todo o conhecimento das partes interessadas, afinal, eles podem exercer influência sobre o projeto e seus resultados.

 

14 dicas de marketing para revendas de TI

 

A equipe de gerenciamento da revenda de TI deve identificar os stakeholders, determinar suas necessidades e gerenciar todo o processo. Em TI, essas pessoas podem ser o gerente do projeto, um cliente que solicitou ou contratou o projeto, membros da equipe, organização executora ou uma empresa em que o projeto está sendo executado, patrocinador ou grupo de dentro ou fora da empresa que fornece os recursos financeiros e institucionais para a execução do projeto, ou até mesmo uma pessoa ou organização que irá utilizar o produto ou serviço.

Abaixo seguem algumas dicas para uma boa gestão dos stakeholders na revenda de TI, ressaltando que, por mais que as dicas possam ajudar, é primordial que os empreendedores e administradores desenvolvam habilidades em liderança. Isso fará com que eles tenham segurança na hora de conversar sobre negócios.

Confira as dicas:


1- Identifique

Antes de qualquer atitude é essencial que os stakeholders sejam identificados corretamente, pois há vários tipos de pessoas que podem influenciar ou serem influenciadas quando o assunto é revenda. O administrador da revenda precisa saber distinguir se eles têm altos ou baixos níveis de poder e de interesse no negócio.

Eles são divididos da seguinte forma: acima de tudo estão os stakeholders com alto poder e alto interesse, muitas vezes são os investidores ou patrocinadores dos seus empreendimentos. Em seguida estão os clientes, ou seja, aqueles que possuem alto interesse, mas baixo poder.

No entanto, embora não tenham atuação direta sobre sua revenda, eles podem influenciá-lo com base na demanda pelos produtos e serviços. Há também os stakeholders com alto poder, mas com baixo interesse. Geralmente são aqueles gestores e parceiros que podem atrapalhar ou apoiar as iniciativas da empresa de alguma forma, sem precisarem de poder para isso.

Finalizando os tipos de stakeholders: há os que têm baixo poder e baixo interesse, mesmo que possam ser monitorados somente de longe, eles também precisam ser informados sobre o status da maioria das ações.


2- Seja realista

É preciso alinhar o relacionamento da revenda com os stakeholders, pois grande parte dos problemas no dia a dia de quem adota a sua gestão está no gerenciamento das expectativas.

É fundamental promover e manter um alinhamento constante entre todos os envolvidos. Para que isso ocorra, é essencial ter diálogo e uma comunicação aberta, transparente e constante, em que os objetivos e resultados das iniciativas sejam apresentado para todos os envolvidos.


3- Trabalhe em equipe

Esse tipo de grupo gosta de estar sempre envolvido nos processo e projetos da empresa, mas além do envolvimento, os integrantes gostam de saber de tudo com o máximo de antecedência. Essa postura previne desentendimento e faz com que o trabalho caminhe de forma mais passiva. Algumas sugestões para esse tipo de comportamento podem ser os pedidos de feedbacks, comentários e sugestões. Mesmo que esses retornos não possam ser aproveitados integralmente na prática, esse comportamento acessível mostra que a empresa está aberta ao diálogo.


4- Tenha uma estratégia para se comunicar

Dentro de uma empresa, a comunicação é tudo. Ela precisa ser clara, objetiva e direcionada. No caso do stakeholders, o gerenciamento da comunicação é primordial. É preciso definir uma estratégia específica para cada perfil, a linguagem que será utilizada em cada grupo, as ferramentas de comunicação que deverão ser desenvolvidas para serem utilizadas e a periodicidade do contato que a empresa vai querer ter com cada público.

São dicas simples, fáceis de serem aplicadas e que podem trazer um retorno diferenciado para a sua revenda.


Fonte:
http://www.opservices.com.br/4-dicas-para-gerenciar-os-stakeholders-da-sua-empresa/

Categorias: Revendas de TI, Stakeholders da Revenda de TI