<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=633097343493783&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
canal-comstor-logo
O blog dos negócios de TI.
Comstor Americas
  • Transformação Digital e oportunidades para revendas de TI na educação
  • 7 benefícios da videoconferência: colaboração e comunicação a favor de bons negócios
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI
  • Transformação Digital e oportunidades para revendas de TI na educação
  • 7 benefícios da videoconferência: colaboração e comunicação a favor de bons negócios
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI

Efeitos da Transformação Digital em PMEs

Publicado em 15/mar/2018 5:00:00

Entenda como a Transformação Digital pode mudar as relações internas, a cultura e beneficiar pequenas e médias empresas (PMEs).

Efeitos da Transformação Digital em PMEs

A Transformação Digital tem sido assunto recorrente entre grandes empresas e indústrias que estão planejando utilizar em seus processos produtivos robôs, Inteligência Artificial e Analítica e automação, entre outras tecnologias.

 

No entanto, ao considerarmos que grande parte dos negócios mundiais são de pequeno e médio porte, passa a ser necessário questionar: como PMEs podem usar e se beneficiar do novo contexto que surge? Como podem levar a Transformação Digital para dentro de seus negócios?

 

Tendências em Transformação Digital para PMEs

 

Empresas totalmente desconectadas estão com os dias contados. Já empresas que contam apenas com acesso à internet, redes sociais, plataformas de comércio eletrônico e sites para se conectarem com seus clientes podem esperar faturamentos estáticos ou com pouco crescimento.

 

Com a Transformação Digital, o mercado, em breve, terá espaço somente para as PMEs que têm um envolvimento digital avançado e que, além das conexões já mencionadas, também atuam com plataformas em Nuvem, oferecendo mobilidade para agilizar as decisões.

 

Para essas empresas, as principais tendências são as ferramentas que facilitam a formatação de escritórios digitais (home-office), sistemas eletrônicos de meios de pagamento, ferramentas de engajamento em redes sociais que permitam ouvir o que as pessoas estão dizendo sobre seus negócios, plataformas de vendas através de redes sociais, aplicativos específicos para seus negócios e blockchain, plataforma que permite trabalhar com moedas virtuais.

 

Porém, para que todas as ferramentas sejam implementadas, existe um passo anterior à Transformação Digital nas PMEs: a transformação da cultura organizacional.

 

Não existe Transformação Digital sem a transformação da cultura organizacional


Durante um debate na da NRF Retail's Big Show de janeiro de 2018, maior feira do setor do varejo, realizada anualmente em Nova York, Beth Comstock, ex-vice presidente da General Eletric e atual diretora da Nike, afirmou que acredita que a mudança deve começar em primeiro lugar na cultura organizacional.

 

De acordo com Comstock, ter colaboradores que pensam em soluções além das já conhecidas para seus departamentos e que conseguem visualizar transformações no futuro, trabalhando com colegas de pensamento divergente, pode ser uma primeira semente a ser plantada.

14 dicas de marketing para revendas de TI

Ter um laboratório interno de inovação, utilizando sugestões dos próprios colaboradores e clientes, é outra dica da especialista. Além do desenvolvimento de novos produtos e serviços, é possível inovar nos processos com a implantação de tecnologias, por exemplo, para se fazer tarefas de forma mais eficiente e com custos menores.

 

Por fim, Comstock afirmou que a Transformação Digital é mais fácil em empresas que querem inovar constantemente, sempre buscando novidades para oferecer ao mercado. São empresas que envolvem seus colaboradores na tomada de decisões do negócio, envolvendo a todos nas mudanças e não restringindo sugestões a um departamento específico.

 

Assim, vemos que o que precisa mudar é a mentalidade das empresas e sua cultura, atualmente baseadas na economia que liga a produção à cadeia de fornecedores para um serviço final.

 

Promover a integração interna entre os colaboradores de diferentes setores é outra mudança que deve ser feita na cultura da empresa para abrir caminhos para a transformação digital. Se os departamentos não conversam, não trabalham juntos em projetos e não demandam trabalho uns aos outros, o investimento em milhares de dólares em tecnologias e equipamentos não terá efetividade.

 

Não é exagero, então, afirmar que a digitalização dos processos facilita o dia a dia de qualquer negócio. Trabalhos manuais maçantes podem ser automatizados, dando tempo ao funcionário para pensar em ações mais estratégicas para o negócio. A inclusão de inteligência analítica permite centralizar dados confiáveis que serão analisados para gerar insights para a empresa.

 

No entanto, toda essa infraestrutura tecnológica, mesmo funcionando em perfeitas condições, pode não cumprir com seus objetivos se não houver consonância entre equipes e alinhamento entre os departamentos, que juntos, ganham ferramentas para olhar além do negócio central da empresa.

 

 

Categorias: PMEs, Transformação Digital