<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=633097343493783&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
canal-comstor-logo
O blog dos negócios de TI.
Comstor Americas
  • 7 benefícios da videoconferência: colaboração e comunicação a favor de bons negócios
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI
  • Baixar agora
  • 7 benefícios da videoconferência: colaboração e comunicação a favor de bons negócios
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI
  • Baixar agora

Mercado de Tecnologia da Informação: gastar é investir

Publicado em 31/mar/2017 5:00:00

Com a Computação em Nuvem em expansão, as empresas têm aumentado seus gastos com TI.

170331_MAN_AdobeStock_132259987_Blog.png

Os movimentos da indústria de TI mostram que o mercado atualmente está fortemente influenciado pela infraestrutura emergente de Nuvem, além de inteligência artificial, realidade virtual e outras tecnologias modernas. Esse cenário, associado ao declínio de sistemas tradicionais de TI, tem impulsionado os investimentos na área.

 

De acordo com o Gartner, os gastos globais com TI devem crescer 2,9% em 2017, totalizando US$ 3,4 trilhões, após uma pequena retração de 0,3% registrada em 2016. Ainda de acordo com o instituto, o aumento das despesas em 2017 será parte dos esforços das empresas para ampliar suas operações e, portanto, estão investindo em tecnologia como forma de ampliar seus negócios.

 

A Forbes Magazine, por meio de um recente relatório divulgado, sinaliza que em 2018 mais de 60% das empresas terão pelo menos metade de sua infraestrutura em plataformas baseadas em Nuvem. Na América latina, o IDC aponta que o mercado de TIC terá investimentos de US$ 274 bilhões em 2017. No Brasil, os valores devem atingir R$ 236,1 bilhões em 2017, aumento de 2,9% comparado a 2016, de acordo com a última previsão feita pelo Gartner.

 

Uma constatação importante nesse contexto é que o orçamento de TI estará orientado de forma a permitir que o  ROI  ajude as empresas  a permanecerem  competitivos frente  a essas demandas tecnológicas, sendo considerados, portanto, mais como investimento do que gastos.

 

Cloud Computing: o futuro chegou ao mercado de TI

 

As Nuvens Híbridas, por exemplo, recurso em expansão, são ambientes de computação integrada que mescla elementos de Nuvem Pública e Privada para executar várias funções em uma organização. Em termos estratégicos, elas ajudam a atingir vários objetivos organizacionais, como a tomada de decisões de negócios em tempo real, melhoria na experiência do cliente, além de possibilitar a transformação dos negócios digitais. Dessa forma, mesmo que os custos de implantação da Nuvem Híbrida possam ser superiores comparado a sistemas tradicionais, seus benefícios impactam significativamente na competitividade do negócio, uma vez que vai reduzir os custos de manutenção geral e chances de inatividade, o que será um ganho para as empresas.

 

As empresas também estão investindo atualmente cerca de 24% do seu orçamento de TI em Internet das Coisas. Os dados são do relatório da Vodafone Global, que revela ainda que 89% das empresas que investiram na área aumentaram os seus gastos com TI desde 2015. A IoT, com a possibilidade de conectar tudo digitalmente, está facilitando a vida de muitas maneiras, tornando processos mais simples e rápidos, e esse imenso potencial irá não só aumentar a produtividade de uma empresa, mas também impulsionar a inovação. E, como é uma área que está em grande crescimento, as questões de segurança são um aspecto bastante sensível e que irá exigir atenção dos investimentos de TI para evitar gastos com perdas ocasionadas por falhas.

 

Dessa forma, a manutenção e segurança da tecnologia implantada tem um papel fundamental para garantir eficiência e otimização de custos de TI da empresa. Em um exemplo prático, as necessidades do sistema, como atualizações, devem ser cumpridas dentro do prazo, para evitar problemas com consequências graves, como a perda de dados.

 

A modernização, integração e padronização de tecnologias em uma empresa pode otimizar seus gastos de TI, pois irá eliminar duplicações e economizar tempo, além de garantir a implementação de tecnologias modernas que levam a um aumento da produtividade global da empresa. Isso significa que uma das melhores maneiras de otimizar os gastos com TI é estar consciente da necessidade de cada área e alinhar o orçamento com o plano estratégico das organizações.

 

Fontes:

https://www.tripwire.com/state-of-security/security-data-protection/information-technology-spending-investing/

https://corporate.canaltech.com.br/noticia/mercado/gastos-mundiais-com-ti-devem-crescer-27-em-2017-diz-gartner-87922/

http://www.itforum365.com.br/industria/cenario/gastos-com-ti-no-brasil-devem-crescer-29-em-2017

http://www.itforum365.com.br/industria/cenario/mercado-de-tic-na-america-latina-tera-investimentos-de-us-274-bilhoes-em-2017-preve-idc

 

Categorias: Mercado de TI