<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=633097343493783&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
canal-comstor-logo
O blog dos negócios de TI.
comstor-logo.png
  • 11 dicas de Big Data para Pequenas e Médias empresas
  • VoIP: hospedada, On-Premise ou híbrida?
  • A Cisco e a Internet de todas as Coisas
  • 11 dicas de Big Data para Pequenas e Médias empresas
  • VoIP: hospedada, On-Premise ou híbrida?
  • A Cisco e a Internet de todas as Coisas

Por que implantar uma rede SD-WAN nos seus clientes pode ser uma boa ideia

Publicado em 13/jun/2017 5:00:00

Veja algumas formas de otimizar a instalação e estruturação de uma rede do tipo na empresa do seu cliente.

 

Por que implantar uma rede SD-WAN nos seus clientes pode ser uma ideia

A tecnologia de rede de área ampla definida por software (SD-WAN) promete às empresas uma verdadeira independência e flexibilidade de transmissão de dados. Os adeptos da SD-WAN podem recorrer a qualquer protocolo de transmissão - 3G, 4G LTE, MPLS, Internet ou Wi-Fi - para proporcionar os melhores custos e benefícios de desempenho para aplicações específicas.

 New Call-to-action

A IDC, no ano passado, previu que o mercado SD-WAN poderia chegar a US$ 6 bilhões até 2020, alimentado por sua eficiência e economia de custos. No entanto, muitas organizações continuam a evitar a tecnologia temendo que os problemas de implantação criem novas dores de cabeça em desempenho, confiabilidade, segurança, treinamento de pessoal e outras áreas-chave.

 

John Shaffer, CIO da Greenhill & Co., um banco de investimento global com sede em Nova York, diz que tais medos são geralmente injustificados. "Eu achei que a experiência foi bastante proveitosa e sem problemas. Como muitos usuários de SD-WAN, Greenhill voltou-se para a tecnologia para resolver um problema específico.” Para ele, a questão eram os nós de conectividade MPLS em algumas de suas filiais no exterior. "O SD-WAN começou como um backup e então nós começamos a perceber que isso realmente poderia ser a abordagem principal. Você pode aproveitar MPLS em sua adoção geral de SD-WAN". Esse tipo de tecnologia dá a oportunidade de deslocar as redes MPLS, por exemplo.

 

Seus clientes precisam definir prioridades

O primeiro passo para qualquer empresa é identificar requisitos de rede e metas antecipadas, incluindo custo, desempenho, segurança e gerenciamento. Depois, é necessário encontrar uma solução que se adapte a essas necessidades. A ideia da maior parte das empresas é a redução dos custos, mantendo ou excedendo os padrões de desempenho existentes, ou seja, usar a SD-WAN para tornar a conectividade de rede mais eficiente e mais rentável usando o serviço de internet banalizado para fornecer redundância e desempenho contínuos.

 

Imagine a seguinte situação: uma rede de restaurantes quer utilizar tecnologias SD-WAN em seus estabelecimentos para criar uma rede de comunicação bem estruturada. A ideia é que todos os usos corporativos da Internet sejam atendidos. Por exemplo, os funcionários que trabalham na linha de frente do restaurante, servindo os clientes, usam tablets para anotar os pedidos, portanto, precisam estar conectados.

 

Os pedidos de entrega ou para buscar no local também são feitos online, ou seja, a cozinha precisa estar conectada também. E diferentemente de uma WAN convencional, a SD-WAN oferece um “menu” de protocolos de transmissão de arquivos e informações que pode ser combinado com serviços específicos a fim de otimizar a performance e os custos. Além disso tudo, ainda temos a ideia de que as pessoas hoje estão sempre conectadas e querem estar conectadas também dentro do restaurante, ou seja, as pessoas precisam ter a possibilidade de trocar a música do restaurante pelo smartphone, comprar drinks para amigos do outro lado do restaurante ou bar, entre outras ideias que usam a internet e os dispositivos móveis como plataformas.

 

Para garantir uma implantação suave e bem-sucedida a longo prazo, as revendas de TI precisam abordar a transição SD-WAN da mesma forma que um médico avalia um paciente: é necessário ter certeza que nada está sendo prejudicado. "Queríamos ter certeza de que não fizemos mal", diz ele. Falar com fornecedores e examinar a situação de uma perspectiva de funcionalidade, bem como de custo, de tempo e do aspecto de segurança digital. A transição precisaria ser tão perfeita quanto possível para os restaurantes, para não criar um inconveniente e perdas financeiras.

 

Não é necessário modificar tudo

A abordagem de muitas empresas com relação aos seus projetos de SD-WAN são feitas na direção errada. O CIO costuma achar que implementar esse tipo de tecnologia precisa ser um projeto em que se modifica tudo ou que seja significativamente disruptivo para implementar, mas, na verdade, a implantação é exatamente o oposto disso.

 

É possível construir uma SD-WAN do zero, como se fosse um projeto ainda não desenvolvido para exploração comercial. Se a empresa do seu cliente pretende manter os componentes WAN já existentes, basta adicionar a SD-WAN como um revestimento da rede, o que certamente vai oferecer a transição mais eficiente e com maior custo-benefício.

 

Pilotos lideram o caminho

Usuários SD-WAN experientes credenciam guias e implementações em fases que ajudam a identificar e entender completamente suas necessidades de rede. Essa abordagem também permite que a tecnologia seja implementada em várias localizações de forma eficiente, rápida e organizada. Guiar a implementação permite que a revenda enxergue como moldar a SD-WAN para atender às necessidades de negócios do cliente, em vez do cliente se adequar à tecnologia. Certifique-se, no entanto, que a guia é um processo com dados reais e desafios reais, ou seja, criar um ambiente de laboratório simplesmente não é suficiente.

 

Guias e lançamentos escalonados também permitem que as empresas resolvam problemas difíceis durante as primeiras instalações e gradualmente criem impulso de implantação. Além disso, é ideal executar instalações durante períodos de tempo não críticos. Fazer a transição durante as horas de folga do cliente, antes que a empresa abra ou aos finais de semana (dependendo do setor), de modo que, quando a organização entrar em operação na nova plataforma, ela já tenha sido testada.

 

Por último, é essencial, para uma implantação bem-sucedida, preparar as equipes para que entendam melhor as práticas e os objetivos da SD-WAN. A equipe deve ser profundamente envolvida desde o início da implementação, garantindo que os processos ocorram da maneira certa.

 

Foco na Segurança Digital

Uma segurança digital sólida é tão importante para uma rede virtualizada quanto para uma rede tradicional acoplada ao hardware subjacente. A segurança é realmente o cerne da SD-WAN e pode se tornar uma oportunidade ao invés de um desafio. Isso porque quando você simplifica a rede do cliente e aproveita os recursos de criptografia e firewall da SD-WAN, o gerenciamento de segurança se torna mais centralizado e homogeneizado.

As SD-WANs geralmente criam mais flexibilidade de segurança do que suas contrapartes não virtualizadas, ou seja, permitem a formatação do tráfego. Assim, o cliente poderá colocar regras em torno de seu tipo de tráfego, tornando-o mais seguro.

 

A segurança da SD-WAN não cria novas curvas de aprendizado. Todas as principais diretrizes e processos de segurança cibernética, inclusive os firewalls, podem continuar a oferecer suporte, trabalho e integração com a nova plataforma SD-WAN. Isso significa que é possível manter os altos padrões de segurança das soluções já implementadas anteriormente em uma estratégia específica de segurança.

 Cloud Computing: o futuro chegou ao mercado de TI

Inicialmente, as SD-WANs geralmente oferecem maior controle sobre as tarefas de configuração e gerenciamento em comparação com as redes tradicionais, mesmo que as novas capacidades temporariamente atordoem a equipe de TI da empresa. E uma vez que a equipe entende como as novas funcionalidades podem ser usadas, ela é capaz de colocar a tecnologia em uso imediatamente. A ideia aqui é mudar o foco da equipe de TI do seu cliente da postura de “apagar incêndios” de segurança digital para uma mais proativa, monitorando e controlando a forma como a rede corporativa vem sendo utilizada. De uma perspectiva de monitoramento, a equipe será capaz de enxergar e diagnosticar as ameaças antes de um problema derrubar a rede da empresa.

 

Visibilidade e redução de custos

Uma das vantagens da SD-WAN é que o seu cliente pode começar a utilizá-la também para ter uma ideia mais clara do que a largura de banda dele está fazendo e o que, exatamente, o provedor está oferecendo. Com isso, é possível garantir uma economia de custos enorme no quanto de internet a empresa está consumindo mensalmente. Isso porque, com a solução SD-WAN, você pode verificar quais rotas de tráfego de rede fazem mais sentido para a rede corporativa do seu cliente. Essa é uma tecnologia que definitivamente pode beneficiar a maioria das empresas, pequenas, médias ou grandes.

 

Fontes:

http://www.networkworld.com/article/3189064/software-defined-networking/tips-and-tricks-for-a-successful-sd-wan.html

 

 

 

Categorias: Revendas de TI, Soluções de Rede, SDWAN, Network Solutions