<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=633097343493783&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
canal-comstor-logo
O blog dos negócios de TI.
Comstor Americas
  • Transformação Digital e oportunidades para revendas de TI na educação
  • 7 benefícios da videoconferência: colaboração e comunicação a favor de bons negócios
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI
  • Transformação Digital e oportunidades para revendas de TI na educação
  • 7 benefícios da videoconferência: colaboração e comunicação a favor de bons negócios
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI

Receita global de IoT deve alcançar US$ 357 bilhões até 2018

Publicado em 5/set/2016 5:00:00

Enxergar as potencialidades da IoT e incluí-las em suas receitas é o desafio das empresas.

Receita global de IoT deve alcançar US$ 357 bilhões até 2018

Um mundo de equipamentos conectados. Essa é a realidade que a IoT tem para explorar em um mercado que deve movimentar quase U$ 360 bilhões até 2018.

 

A estimativa é da IDC, que aponta também que o setor ganha força na indústria e que algumas áreas em especial receberão investimentos da IoT nos EUA até 2019, como fabricação, transportes e o segmento cross industry, que representa o uso da internet que são comuns a mais de um setor.

 

Para especialistas, no entanto, as empresas precisam saber explorar as potencialidades da área para aproveitar a totalidade das oportunidades que surgem da Internet das Coisas e inclui-las em suas receitas. Isso significa que o que pode fazer da conexão entre dispositivos algo realmente vantajoso é a correlação de dados, permitindo construir novos produtos e aproveitar nichos ainda não explorados.

 

Por exemplo, na indústria, a IoT aparece com bastante força na fabricação e transporte, uma vez que os dados são usados para otimizar processos operacionais. Já na saúde e no relacionamento com consumidores, a tecnologia da Internet das Coisas está sendo usada para produzir benefícios que giram em torno da qualidade de vida.

 

Ainda de acordo com a IDC e para exemplificar como as empresas estão explorando a IoT em seus processos, a Samsung Electronics tem planos para investir US $ 1,2 bilhão em pesquisa e desenvolvimento dessas tecnologias ao longo dos próximos quatro anos e o foco é fundir os mundos físico e digital, visando melhorar a qualidade de vida dos consumidores.

 

No total, outras empresas do setor de eletrônicos, seguro, saúde comunicações e entretenimento devem investir mais de US$ 232 bilhões em hardware da Internet das Coisas, software, serviços e conectividade.

 

New Call-to-Action

 

Investimentos maciços

 

Em termos regionais, a IDC aponta que a divisão da receita de IoT pelo mundo até 2020 seguia a seguinte distribuição: Ásia-Pacífico com 51,2%, América do Norte com cerca de 26% e Europa Ocidental com de 19,5%.

 

Dentre os três principais segmentos da indústria que concentrarão a maior faixa de investimentos da IoT neste ano estão a fabricação, o transporte e o setor cross industry, respectivamente com US$ 35,5 bilhões, US$ 24,9 bilhões e US$ 31 bilhões.

 

No caso da indústria de fabricação, um exemplo do uso de IoT são as ferramentas remotas, como sensores para equipamentos de vídeo, componentes de fabricação como robôs, correias transportadoras, e máquinas-ferramentas. Todos esses equipamentos possuem a capacidade de trocar informações e controlar de forma independente um o outro.

 

Já nas tecnologias de identificação de radiofrequência (RFID) e sistema de posicionamento global (GPS), a Internet das Coisas poderá criar um sistema de transporte inteligente, para rastrear fretes e fazer monitoramento de carga.

 

Um último exemplo está na construção de edifícios inteligentes, com avançadas tecnologias de integração de sistemas de automação preparados para medir, monitorar, controlar e otimizar operações de construção e manutenção remotamente.

 

O ambiente a ser explorado é vasto e está em expansão. Os fornecedores de Internet das Coisas devem identificar oportunidades e criar benefícios para usuários finais por meio da tecnologia.

 

Fontes:

Link: http://www.informationweek.com/iot/iot-revenue-may-reach-$357-billion-by-2018-/d/d-id/1326017?

http://computerworld.com.br/empresas-ainda-nao-veem-iot-como-fonte-de-novas-receitas-afirma-cisco

http://www.baguete.com.br/noticias/03/06/2015/iot-movimentara-us-17-trilhao-ate-2020

Categorias: Mercado de TI, Internet of Everything