<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=633097343493783&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
canal-comstor-logo
O blog dos negócios de TI.
Comstor Americas
  • Transformação Digital e oportunidades para revendas de TI na educação
  • 7 benefícios da videoconferência: colaboração e comunicação a favor de bons negócios
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI
  • Transformação Digital e oportunidades para revendas de TI na educação
  • 7 benefícios da videoconferência: colaboração e comunicação a favor de bons negócios
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI

Revendas de TI e o mercado B2B

Publicado em 4/abr/2018 5:00:00

Entenda como sua revenda de TI pode auxiliar micro, pequenas e médias empresas a adotar tecnologias que garantam maiores benefícios para os negócios.

 

Revendas de TI e o mercado B2B

 

 

Já não é de hoje que as Pequenas e Médias Empresas (PMEs) vêm se utilizando da tecnologia para reduzir custos. Este, no entanto, não é um benefício exclusivo, atendendo, também microempresas como, por exemplo, os MEIs – Microempreendedores Individuais, que são os profissionais autônomos, como costureiras, doceiras, pedreiros, eletricistas.

 

As revendas responsáveis por oferecer produtos e serviços com foco no formato B2B possuem um papel importantíssimo dentro dessa nova realidade de mercado, especialmente porque grande parte desses empresários precisam de consultores que entendam suas reais necessidades.

 

Porém, para ser uma referência no mercado B2B, é preciso credibilidade e boa reputação, já que o espaço para o marketing convencional está diminuindo e as atividades comerciais são cada vez mais dinâmicas.

 

A tecnologia vem transformando completamente a realidade das microempresas e das PMEs, trazendo benefícios gigantescos, que vão além da a redução de custos, como o aumento da produtividade dos colaboradores, a possibilidade do trabalho remoto e o maior controle da eficiência dos negócios.

 

Focando no aumento da eficiência dos negócios e na redução de custos é possível, e necessário, aprofundar as observações. Tecnologias como a Cloud Computing, a SDN, a implementação de Data Centers com acesso facilitado, além do uso dispositivos móveis no ambiente de trabalho (BYOD) e telefonia VoIP, foram e continuam sendo essenciais para o desenvolvimento das atividades das organizações nesse âmbito.

 

Peguemos a Cloud Computing como exemplo: nos últimos anos, a tecnologia evoluiu consideravelmente e as plataformas de Nuvem Pública ganharam ainda mais espaço dentro das micro, pequenas e médias empresas.

 

Tecnologias para trabalho colaborativo com armazenamento em Nuvem acabaram sendo inseridas no dia a dia de uma série de colaboradores, em especial de empresas mais jovens, como as startups, que convivem essencialmente com as premissas de redução de custos e aumento de eficiência no centro de suas atividades. Felizmente, a Computação em Nuvem - seja pública ou privada - garante que essas premissas sejam atendidas.

 

 

14 dicas de marketing para revendas de TI

 

 

Mercado para fornecedores de tecnologia

 

Quando pensamos no contexto do uso de tecnologias para beneficiar os negócios, as oportunidades podem parecer escassas para as empresas fornecedoras de tecnologia, entretanto, se analisarmos os números do mercado, veremos que as coisas são bem diferentes.

 

Atualmente, existem no Brasil cerca de mais de 6 milhões de micro e pequenas empresas registradas. Além disso, existem também mais de 4,2 mil registradas na Associação Brasileira de Startups (ABStartups), com o modelo B2B sendo o escolhido por 21% delas.

 

Isso significa que o mercado oferece, na verdade, bastante espaço para a atuação de fornecedores de tecnologia com foco em vendas B2B para microempresas e PMEs.

 

E as oportunidades não acabam na oferta de soluções de Computação em Nuvem e de plataformas para a inserção do BYOD nos negócios. Outra tecnologia que tem se tornado bastante comum entre esse público é a de softwares de gestão. Eles auxiliam no controle financeiro e garantem uma considerável redução de custos, essencial a todas as empresas desse porte. Esse tipo de software acaba se tornando uma ferramenta fundamental no controle do fluxo financeiro e logístico das empresas.

 

Para se ter ideia, de acordo com um levantamento realizado pela consultoria Plum, o uso desse tipo de tecnologia reduz a perda de tempo com atividades burocráticas em até 40%, o que representa uma perda anual de cerca de 135 dias de trabalho. Isso mesmo: mais da metade do ano de trabalho (considerando 22 dias úteis por mês) são dedicados exclusivamente às tarefas administrativas que podem ser automatizadas, ao menos parcialmente, com o uso da tecnologia.

 

A tecnologia é basicamente indissociável da realidade moderna de hoje. Empresas de todos os tamanhos e clientes finais convivem com as mais variadas tecnologias e precisam delas para trabalhar e para garantir tanto o aumento da eficiência nas atividades das PMEs e microempresas, quanto a tão sonhada redução de custos. Por isso, é preciso investir bastante tempo e dinheiro na busca pelas tecnologias certas para as atividades corporativas de cada negócio.

 

Categorias: Revendas de TI