<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=633097343493783&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
canal-comstor-logo
O blog dos negócios de TI.
Comstor Americas
  • Transformação Digital e oportunidades para revendas de TI na educação
  • 7 benefícios da videoconferência: colaboração e comunicação a favor de bons negócios
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI
  • Transformação Digital e oportunidades para revendas de TI na educação
  • 7 benefícios da videoconferência: colaboração e comunicação a favor de bons negócios
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI

Utilização de criptografia apresenta maior alta dos últimos 10 anos

Publicado em 22/ago/2016 5:00:00

Técnica consegue transformar um simples texto em algo impossível de ser compreendido.

Utilização de criptografia apresenta maior alta dos últimos 10 anos

Com o mundo conectado e com a rapidez das informações é fundamental que as pessoas estejam seguras, afinal, as mais variadas informações ‘transitam’ a todo o momento. E uma das maneiras de proporcionar essa segurança é a criptografia, que por meio de técnicas consegue esconder informações de acesso não autorizado.

A criptografia consegue transformar uma mensagem em um emaranhado de caracteres deixando um simples texto impossível de ser compreendido. Apesar de ser uma técnica de alta segurança é possível a decriptação, ou seja, recuperar a mensagem mesmo após ela ter sido criptografada.

Para isso, é preciso que a pessoa seja autorizada a obter essa informação com a chave de decriptação. Todos esses procedimentos fizeram com que a utilização da criptografia aumentasse significamente. Segundo estudo recente feito pelo Instituto Penomon, há mais de uma década a busca pela segurança das informações vem aumentando, mas por outro lado, os investimentos em criptografia têm diminuído, como se o que o mercado tecnológico oferece está suprindo a necessidade.

No estudo, coordenado por John Grimm, diretor sênior de estratégia de segurança da Thales e-Security, que patrocinou o trabalho, em 2005, apenas 16% das empresas usavam esse recurso. Em 2014, a quantidade passou a ser de 34% e em 2015, saltou para 41%. Esse estudo foi feito com mais de cinco mil profissionais de segurança e usuários de criptografia em 14 grandes setores da indústria.

Foram pesquisados 11 países e o Brasil estava entre eles. O principal objetivo da pesquisa foi de verificar como a criptografia está sendo usada em conjunto com aplicações de negócios, a fim de proteger os dados sensíveis.

Mas se o uso da criptografia tem registrado um aumento significativo por qual motivo não há investimento na área? Grimm explica que a criptografia está associada em muitas ferramentas e que não é necessário fazer investimentos isolados. Além disso, a concorrência e os avanços na área de TI têm provocado uma redução nos preços dos produtos. A técnica está presente nas mais simples operações, desde um bom dia enviado pelo whatsApp, ao serviço de armazenamento em Nuvem, lembrando que ela pode ser assimétrica ou simétrica.

A criptografia simétrica é a mais indicada para garantir a confidencialidade de grandes volumes de dados, pois seu processamento é mais rápido. Já a criptografia assimétrica, apesar de possuir um processamento mais lento que a de chave simétrica, resolve estes problemas, visto que facilita o gerenciamento, pois não requer que se mantenha uma chave secreta com cada um que desejar se comunicar, e dispensa a necessidade de um canal de comunicação seguro para o compartilhamento de chaves.

Para aproveitar as vantagens de cada um destes métodos, o ideal é o uso combinado dos tipos, no qual a criptografia de chave simétrica é usada para a codificação da informação e a criptografia de chaves assimétricas é utilizada para o compartilhamento da chave secreta. A combinação pode garantir uma vantagem a mais na segurança da informação.

 

8 Dicas de Segurança para Pequenas e Médias Empresas


Motivos da utilização

Um dos principais motivos para o aumento do uso da criptografia pode ser atribuído aos ciberataques. Em seguida, estão a proteção às regras de privacidade e a preocupação dos consumidores, especialmente quando as aplicações já estão baseadas na Nuvem.

Um dos setores que lidera a utilização da criptografia é o financeiro que, segundo pesquisas, aponta praticamente metade das empresas, um total de 56% que usam a criptografia extensivamente. Em seguida, vem a área de saúde e a indústria farmacêutica. O menor índice está no setor de manufatura que de modo geral registra a menor adoção, chegando aos 25%.

Ainda com o uso da técnica de emaranhado de informações é possível proteger as informações sigilosas armazenadas no computador, como por exemplo, senhas, declaração de Imposto de Renda; além de poder criar uma área específica no computador, na qual todas as informações que forem gravadas no local sejam automaticamente criptografadas; proteção de backups contra acesso indevido proteção aos acessos realizados na Rede, como por exemplo, envio e recebimento de e-mail e as transações realizadas, sejam bancárias ou comerciais.


Preocupação

Agora que muitos setores e até aplicativos fazem uso da criptografia, o desempenho começa a preocupar. A pesquisa organizada por Grimm apontou que o suporte como as implementações do armazenamento precisam ser melhoradas. “Não é interessante para os usuários ter que lidar com dois conjuntos de ferramentas”, explica Grimm.

Mesmo a criptografia sendo oferecida junto com outros recursos é precisa que ela tenha uma atenção especial por parte dos profissionais da área. Isso porque, 44% das organizações protegem suas informações em Nuvem através da criptografia.

Atualmente, a criptografia já está integrada ou pode ser facilmente adicionada à grande maioria dos sistemas operacionais e aplicativos e para usá-la, muitas vezes, basta a realização de algumas configurações ou cliques de mouse. Mas antes de qualquer coisa, é preciso se informar sobre os benefícios da criptografia e se for possível, investir nessa área tão importante para a empresa que é a segurança da informação.


Fontes:
http://cio.com.br/tecnologia/2016/07/07/uso-de-criptografia-cresce-nas-empresas/
http://www.techtudo.com.br/artigos/noticia/2012/06/o-que-e-criptografia.html 

 

Categorias: Segurança, Criptografia, Cibersegurança