<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=633097343493783&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
canal-comstor-logo
O blog dos negócios de TI.
Comstor Americas
  • Transformação Digital e oportunidades para revendas de TI na educação
  • 7 benefícios da videoconferência: colaboração e comunicação a favor de bons negócios
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI
  • Transformação Digital e oportunidades para revendas de TI na educação
  • 7 benefícios da videoconferência: colaboração e comunicação a favor de bons negócios
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI

Virtualização de desktop e de servidores modifica padrões tecnológicos das empresas

Publicado em 23/nov/2017 5:00:00

Maior mobilidade, agilidade, flexibilidade e segurança, além de redução de custos são os principais ganhos com a virtualização.

 

Virtualização de desktop e de servidores modifica padrões tecnológicos das empresas

A exigência de maior mobilidade por parte dos usuários corporativos, está exigindo cada vez mais das empresas para que disponibilizem arquivos de trabalho em nuvem para facilitar o acesso das equipes e garantir o contínuo aumento da produtividade. A principal solução para atender essa necessidade é a virtualização de desktop.

 

Já para as empresas que desejam diversificar as cargas de trabalho e maximizar a eficiência do servidor, a resposta é a virtualização do servidor. São termos semelhantes, porém, tecnologias distintas e que necessitam também de ferramentas de gestão diferenciadas.

 

A Virtualização de Desktops é uma prática que utiliza uma máquina física para acessar arquivos, dispositivos, aplicativos e dados que estejam na nuvem. O computador, tablet, notebook ou smartphone que estiver acessando esses dados pode ser usado por outras pessoas, uma vez que tudo o que foi feito e salvo está no virtual.

 

Já a Virtualização de Servidores, segue a mesma definição, porém, mantém na nuvem recursos de CPU, memória, disco e rede, podendo ser compartilhado com outros servidores virtuais, caso estejam todos hospedados no mesmo servidor físico.

 

As vantagens da virtualização são várias. Entre elas está a possibilidade de diminuir as manutenções e aquisições dos desktops e servidores tradicionais, cortando custos como energia elétrica e refrigeração de um espaço específico, além de custos operacionais tais como a necessidade de instalação de aplicações e sistemas em cada equipamento de usuário.

 

Além disso, possibilita um aumento na segurança de dados e na recuperação de desastres, sendo mais rápido e fácil realizar backups. O suporte também se torna mais efetivo, uma vez que as estações são padronizadas e são oferecidos aos usuários apenas os aplicativos que podem ser utilizados, não permitindo o download de outros tipos de programas, diminuindo drasticamente a presença de vírus nas máquinas.

 

A maior vantagem, porém, está na possibilidade de aumentar a mobilidade dos usuários, que passam a acessar informações em qualquer parte do mundo de qualquer dispositivo conectado à internet. Em servidores virtuais, há também um alto grau de disponibilidade dos aplicativos.

 

Por fim, as virtualizações permitem maior dimensionamento das necessidades das redes corporativas e podem ser utilizadas por empresas de qualquer porte. É possível customizar as máquinas virtuais para que tenham memórias e desempenho utilizados em sua totalidade, sem haver sobrecarga ou sub-utilização.

 

Casos de sucesso comprovam benefícios da virtualização

 

Uma empresa de serviços financeiros online precisava crescer e começou a enfrentar problema com o espaço físico. Não tinha como adquirir novos servidores físicos e estavam com dificuldade em manter o resfriamento das dezenas de máquinas instaladas no local. Ao decidir virtualizar os servidores, a empresa resolveu a questão de espaço e com 75% de virtualização, consegue trabalhar com 200 máquinas virtuais utilizando apenas 10 servidores físicos. A economia de energia está estimada em 33%.

 

Já um profissional de saúde americano, atuando em um negócio próprio, de pequeno porte, sentiu a necessidade de atualizar seu servidor antigo, mas as garantias já estavam expiradas e a manutenção ficaria mais cara do que adquirir um novo sistema. Foi quando decidiu pela virtualização e ganhou competitividade com redução de custos, além de conquistar uma infraestrutura personalizada, com controles sobre as cargas de trabalho do novo servidor virtual.

Cisco Meraki

A Tatts Group é outro exemplo da capacidade da virtualização em revolucionar as bases tecnológicas da empresa, trazendo agilidade, melhoria de eficiência e corte de custo para os negócios. O grupo, com 6 unidades de negócios, precisava de uma estrutura de rede flexível e com o gerenciamento do Data Center simplificado para que fosse possível facilitar a integração entre as unidades.

 

A virtualização reduziu as interrupções de rede em 80%, o tempo de auditoria em 20% e os tempos de manutenção nas redes em 30%. Além de outros benefícios como uma equipe de TI mais produtiva.

 

 

Fontes:

http://www.planus.com.br/2017/08/29/virtualizacao-servidores-desktop/

http://searchvirtualdesktop.techtarget.com/feature/Differences-between-desktop-and-server-virtualization

http://searchdatacenter.techtarget.com/feature/Case-studies-show-the-benefits-of-virtualization

 

Categorias: Mobilidade, Virtualização, Serviços de TI, Virtualização de Desktop, Virtualização de Servidores