<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=633097343493783&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
canal-comstor-logo
O blog dos negócios de TI.
Comstor Americas
  • Partner Portal
  • 7 benefícios da videoconferência: colaboração e comunicação a favor de bons negócios
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI
  • Baixar agora
  • Baixar E-book grátis
  • Partner Portal
  • 7 benefícios da videoconferência: colaboração e comunicação a favor de bons negócios
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI
  • Baixar agora
  • Baixar E-book grátis

10 motivos para utilizar o protocolo 802.11ac

Publicado em 29/set/2016 5:00:00

Este protocolo já é uma tecnologia do presente e vai demorar mais para se tornar obsoleto.

10 MOTIVOS PARA UTILIZAR O PROTOCOLO 802.11AC  

 

O protocolo 802.11 ac, ou a nova geração da tecnologia de transmissão em redes locais sem fio (WI-FI WLAN) logo fará parte da maioria das empresas. Uma das características deste protocolo é a transmissão de dados em 5 GHz. Em um ambiente limpo, a velocidade mais comum é de 2.4 GHz. Outro grande benefício do padrão é o alcance do sinal que pode chegar a realizar transmissões para computadores ou outros dispositivos que estejam a 200 metros de distância.

 

Tudo isso evidencia que, além da melhoria da cobertura e da velocidade, o padrão 802.11ac tornou a distribuição dos dados mais inteligentes. Isso porque, neste padrão, as ondas não são propagadas de forma uniforme em todas as direções, como nos padrões passados. No ‘ac’ os roteadores reforçam o sinal para as áreas as quais têm dispositivos conectados. Essa tecnologia é chamada de Beamforming. Com esse recurso, os problemas com os pontos cegos, ou seja, os locais nos quais o sinal não chegava, são parcialmente resolvidos.

 

O protocolo 802.11 ac se apresenta como uma boa alternativa, com muitas vantagens, quando comparado a versões anteriores de protocolo.  Abaixo, sugerimos alguns motivos para a utilização do protocolo.

Confira:

 

1- Agilidade

Como todos nós sabemos, tempo é dinheiro, ainda mais no mundo empresarial. Com o protocolo 802.11ac há inúmeras melhorias na velocidade de transmissão de dados, lembrando que é necessário um hardware compatível em ambos os lados da conexão sem fio.

 

2- Transmissão de longo alcance

As tecnologias encontradas em 802.11ac permitem que os dispositivos finais se conectem de forma mais confiável em intervalos mais longos. Ou seja, a distância dentro do ambiente empresarial, ou até mesmo doméstico, não será problema com este protocolo. O 11ac pode estender a gama de APs nas proximidades, possivelmente, cobrindo a área ao ar livre onde outras tecnologias 802.11ac não alcançam.

 

3- Compatibilidade com versões anteriores

Neste sentido vale ressaltar que o protocolo 802.11ac é totalmente compatível e pode trabalhar lado a lado com APs mais velhos, sem medo de interferir em tecnologias mais antigas. Então, se você deseja executar uma atualização sem interrupção, misturando 802.11ac APs com APs da geração anterior, tudo bem. Basta ter em mente que os APs mais recentes podem acabar sendo os APs mais fáceis para a conexão.

 

 

New Call-to-action

 

4- Preço semelhante

Alguns fornecedores de Wi-Fi estão vendendo pontos de acesso 802.11ac com capacidade pelo mesmo preço - ou mais barato - do que hardware 802.11n. Vale pesquisar se tiver a intenção de instalar ou mesmo atualizar a rede sem fio da empresa.

 

5- Multiusuário

O protocolo 802.11ac é conhecido como multiusuário de entrada múltipla/saída múltipla (MIMO multiusuário). O que isso significa?  Essencialmente, o ponto de acesso sem fio pode enviar vários quadros para vários clientes usando as mesmas frequências. Ele faz isso através da utilização de vários arranjos de antenas incorporadas para uma 802.11ac.

 

6- Múltiplos canais

Com o protocolo 802.11ac é possível ter várias opções de ligação de canal. Com isso, combinar múltiplos canais em conjunto para transmitir maiores larguras de banda é um dos benefícios que este protocolo proporciona. Enquanto o 802.11n oferece 40 MHz a ligação de canais, o 802.11ac permite a 80 MHz e Wave 2 permite 160 MHz canal de ligação.

 

7- 256 – QAM

O protocolo 802.11ac oferece mais dados em cada onda. Isso signifca que teoricamente o usuário pode alcançar uma vantagem de 33% a mais na taxa de transferência. Para isso, o dispositivo sem fio precisa estar em uma posição perto da AP e com pouca interferência.

 

8- Planeje a mudança

Apesar do protocolo 802.11ac oferecer muitos benefícios, é preciso planejar as mudanças. Isso porque é preciso saber se a rede comporta as adaptações necessárias com especialistas na área de Tecnologia da Informação. O motivo é simples: com todos os benefícios que este protocolo oferece, as empresas irão optar por ele. E, neste caso, é preciso ver se a rede comporta essa demanda, caso contrário, será um investimento não aproveitado de início porque primeiramente deverá ser feita a troca da rede.

 

9- Vale a pena?

O equipamentos “ac” estão ficando cada vez mais comuns, e atualmente é possível adquirir pontos de acesso 802.11ac por um preço semelhante aos pontos de acesso 802.11n.

 

10- Ganhos

Com a utilização do protocolo 802.11ac, a empresa terá muitos ganhos e o retorno do investimento é rápido. Os ganhos de produtividade podem ser relevantes em locais de trabalho em que a demanda por acessos sem fio seja estratégica. Além disso, vários dispositivos já estão saindo de fábrica compatíveis com o protocolo 802.11ac.

 

Como se pode perceber, o uso do protocolo 802.11ac logo será comum nas empresas. Tudo será uma questão de modernização, afinal, não é uma tecnologia do futuro, mas do presente, e vai demorar mais para se tornar obsoleto, enquanto o padrão “n” já pode ser considerado ultrapassado.

 

Fontes:

 

http://www.networkcomputing.com/wireless-infrastructure/7-reasons-you-need-80211ac/142240611
http://www.hardware.com.br/artigos/entendendo-wifi-802.11-ac/
https://www.palpitedigital.com/wi-fi-802-11-abgnacad-afinal-que-significa-isso/
http://teltecsolutions.com.br/mundo/2015-sera-o-ano-da-802-11ac-entenda-por-que/ 

Categorias: Internet of Everything, Internet das Coisas, Tráfego de Internet