<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=633097343493783&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
canal-comstor-logo
O blog dos negócios de TI.
Comstor Americas
  • Partner Portal
  • 7 benefícios da videoconferência: colaboração e comunicação a favor de bons negócios
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI
  • Baixar agora
  • Baixar E-book grátis
  • Partner Portal
  • 7 benefícios da videoconferência: colaboração e comunicação a favor de bons negócios
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI
  • Baixar agora
  • Baixar E-book grátis

10 pontos importantes na implantação do modelo de TI bimodal

Publicado em 17/set/2015 5:00:00

Enquanto um modelo é focado na TI tradicional o outro é direcionado para a TI experimental, voltado para a inovação.

10 pontos importantes na implantação do modelo de TI bimodal

Diferente da TI tradicional, focada na estabilidade, integração e eficiência, o mercado está vendo neste momento os benefícios da TI bimodal, um novo modelo de atuação voltado para a inovação com características de agilidade e experimentação.

 

Todas as empresas precisam ter duas linhas de desenvolvimento para solucionar os problemas que não são enfrentados diretamente. Aí entra a TI Bimodal, que ao encontrar linhas separadas para resolver as questões enfrenta o problema com mais rapidez e eficiência.

 

O motivo é simples: o departamento de TI consegue estar ao lado do negócio dando o suporte necessário para o seu funcionamento, além de auxiliar nas demais demandas que vão surgindo em um mercado que não para nunca de evoluir, enquanto outra equipe está posicionada estrategicamente pensando nos próximos passos para melhorar a utilização das tecnologias nas empresas.   

 

Mas, como seria um modelo de TI Bimodal ideal para a empresa? Não há uma regra para isso, cada empresa possui uma realidade. No entanto, cabe ao líder do departamento de Tecnologia da Informação desenhar ou organizar a estratégia que será adotada.

 

Por ser um assunto recente, o tema ainda gera muitas dúvidas sobre como implantar o conceito dentro da empresa, afinal, haverá divisões a serem feitas. Abaixo listamos 10 pontos importantes que podem ser levados em consideração na hora de implantar a TI Bimodal.

 

Confira: 

1- O modelo de TI Bimodal já é um fato

O Gartner aponta em um pesquisa que cerca de 45% dos CIO’s possuem um modelo de operação ágil e a previsão é de que 75% das empresas de TI adotarão o modelo Bimodal em suas sedes até 2017. A mudança se deve ao fato de que os CIO’s não irão transformar seus setores em startups digitais, mas migrarão para a bifurcação.


2- Modelo Bimodal deverá ser adotado por grandes empresas

A tendência na dualidade é maior para as grandes empresas, uma vez que conta com equipes maiores de TI e com perfis diferentes de colaboradores. Um grande grupo pode ser melhor dividido para agilizar o atendimento das demandas internas.

 

14 dicas de marketing para revendas de TI


3- O financiamento é importante

Mudanças requerem investimentos, independente da área afetada. No caso da TI Bimodal, o financiamento das operações é uma questão central do departamento de TI, já que o montante para inovação é destinado a partir das unidades de negócios. Afinal, a separação é motivada em partes pela descentralização da TI, com cada vez mais aplicações financeiras estratégicas retidas pelas unidades de negócio e cada vez menos se dirigindo ao setor.


4- Modelo de TI Bimodal é mais antigo do que parece

Especialistas na área acreditam que os departamentos de TI sempre possuíram alguns aspectos da abordagem Bimodal. Segundo ele, sempre uma parte da equipe trabalhou para manter o negócio rodando com agilidade e outra parte focada em iniciativas empresariais de habilitação de novas tecnologias. Isso significa que o segredo para a implantação não é tão complicado assim, já que boa parte das empresas já possuem uma parte dessa abordagem incorporada no departamento de TI.


5- Parcerias

A grande demanda de tarefas operacionais no departamento de TI faz com que muitos CIO’s busquem parceria com terceiros para lidar com o volume de serviço. Um bom exemplo são as atividades que exigem habilidades e são executadas por profissionais alinhados as estratégia de infraestrutura do CIO. Essa busca de parceria se deve aos esforços da TI para padronizar os procedimentos que reduzem a customização e aumentam a previsibilidade, facilitando sua migração para ambientes de serviço operados por terceiros.


6- Montagem de equipes

A TI Bimodal já existe em muitas empresas, no entanto, cada uma tem uma forma de implantar a mudança. O responsável pela área pode unir colaboradores de perfis complementares ou mesmo pensar outras formatações dependendo da estratégia da empresa.


7- Bimodal não significa bifurcação

Os colaboradores de cada área podem e devem interagir na mesma equipe trabalhando juntos em projetos de inovação.


8- Duas equipes. Dois problemas?

Na hora de migrar para a TI Bimodal é preciso ter cautela e deixar ambas inicialmente separadas para cada uma das vertentes. Promover uma transição sem a comunicação e atenção necessária pode alienar alguns colaboradores, particularmente os da área de operação. Por isso, na hora de criar as equipes é essencial conhecer o perfil de cada integrante e conversar muito com todos da equipe.


9- Vantagem competitiva

É possível que as empresas de TI descentralizadas tenham vantagens competitivas. Isso porque elas terão uma conexão mais próxima com os profissionais de tecnologia.


10- Carreira

Profissionais em uma organização de TI Bimodal se encontram em um dos dois caminhos: profissionais operacionais podem chegar a níveis sênior, CTO e posições em fornecedores de hardware e software. Já os da área de inovação podem se tornar CIO’s.

 

Fontes:

http://cio.com.br/tecnologia/2015/07/17/ti-bimodal-o-que-considerar-na-hora-de-implantar-o-modelo/

http://convergenciadigital.uol.com.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=37714&sid=16

http://computerworld.com.br/ti-bimodal-primeiro-passo-para-uma-ti-antifragilClick to edit your new post...

Categorias: Mercado de TI, TI Bimodal