<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=633097343493783&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL SYNNEX COMSTOR
O blog dos negócios de TI.

3 melhores práticas para gerenciar a integração de dados em tempo real

Uma integração de dados bem gerenciada é fundamental para ter uma visão mais ampla do desempenho da empresa. Conheça as melhores práticas para fazer isso.

 

3 melhores práticas para gerenciar a integração de dados em tempo real

A integração de dados nada mais é do que o agrupamento de informações com fontes diversas para que haja um maior controle dos processos e consequentemente um melhor desempenho nos negócios. Ela pode fazer toda a diferença em sua empresa.

Não sabe como gerenciá-la da melhor forma? Então continue lendo o texto para compreender como a integração de dados funciona, por que ela é importante para as empresas e quais são as melhores práticas para realizar o seu gerenciamento em tempo real.


Como funciona a integração de dados?

Esse sistema auxilia na sincronização de objetos mais específicos, fazendo com que o compartilhamento de informações em tempo real seja implementado de forma simples.

Ele faz com que a empresa não precise se preocupar com a compatibilidade entre softwares e dados, já que o sistema tem todas as ferramentas que de precisa para fazer o gerenciamento em um único lugar.


Por que a integração de dados é importante?

A integração de dados pode mudar as operações de rotina das empresas, deixando tudo mais prático e simples.

Imagine os colaboradores que já possuem muitas atividades diárias terem que se preocupar em obter as fontes de informações? Isso afetaria a produtividade, tomando um tempo que poderia ser melhor aproveitado.
Ao deixar todos os dados em apenas um lugar, a empresa ganha muito mais tempo e eficiência nas tarefas. O sistema de integração de dados permite que todas as informações armazenadas, com o passar do tempo, fiquem disponíveis em um único local.

 

Baixar agora


Quais os benefícios para os negócios?

Como você já percebeu, há diversos benefícios. Conheça mais deles a seguir:

  • Aumento da produtividade: pois os funcionários gastam menos tempo na hora de encontrar informações na fonte;
    Maior satisfação dos clientes: já que os dados poderão ser enviados a eles de forma mais rápida e ágil;
    Mais facilidade na gestão e no controle: é possível implementar mudanças de modo automático em todo o sistema integrado, facilitando a tarefa;
    Maior custo-benefício: pois você ganha mais tempo, praticidade, produtividade e, por consequência, eleva o lucro, principalmente a longo prazo;
    Menor esforço do time de TI: a integração de dados facilita o trabalho dos colaboradores, o que, por sua vez, simplifica as tarefas do time de TI, que terá menos ocorrências e poderá se dedicar a coisas mais importantes.

 

As 3 melhores práticas para gerenciar a integração de dados

Agora que você já entendeu o seu significado e como ela funciona, está na hora de saber exatamente como gerenciá-la da melhor forma em tempo real, para que seus efeitos positivos sejam sentidos de maneira eficiente. Confira a seguir as 3 melhores práticas para isso:


1- Compreender os dados

Quem deseja realizar a integração que não foram definidos no nível de metadados pode acabar cometendo erros.
Por isso, é necessário utilizar ferramentas que não apenas auxiliem na definição dos dados encontrados nas fontes, mas também ajudem a gerenciar os metadados em andamento.


2- Ter uma segurança sistêmica

É essencial que a segurança da integração de dados seja sistêmica. Inclusive, não deixe para pensar na segurança após implementar o sistema de integração. Ela é um fator importantíssimo que deve ser considerado anteriormente.

Existem boas opções de segurança sistêmica, como o Gerenciamento de Identidade. É bom ficar atento, pois algumas delas não servem para todos os sistemas de integração.


3- Encontre profissionais habilidosos

Esta prática parece óbvia, mas a verdade é que muitos gestores procuram adquirir habilidades ou contratar funcionários depois que a integração de dados é implementada, o que pode gerar consequências negativas.

Faça uma busca bem detalhada para encontrar os profissionais especializados no assunto antes de iniciar sua implementação. É bom lembrar que as práticas estão em constante atualização, então é fundamental investir em colaboradores qualificados, com cursos ou outros estudos.

Pense bem em cada prática e aproveite ao máximo as vantagens da integração de dados para a empresa, pois ela pode ser o fator que irá colocar seu negócio à frente da concorrência.

 

Posts relacionados

Como otimizar o monitoramento da infraestrutura de TI?

Conheça o lançamento dos sensores Meraki MT Cisco, que são capazes de garantir visibilidade e segurança para a infraestrutura de seus clientes.

Gerenciamento de serviços de TI: o que é e qual o impacto nos negócios?

Saiba como essa estratégia é capaz de otimizar todo o ciclo de vida da TI em uma empresa e gerar maior vantagem competitiva diante do mercado.

5 grandes erros de gerenciamento de TI que as empresas devem evitar

Um gerenciamento falho em TI pode comprometer a qualidade de qualquer operações do setor, e prejudicar a competitividade geral do negócio no mercado.

Escreva seu comentário