<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=633097343493783&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
canal-comstor-logo
O blog dos negócios de TI.
Comstor Americas
  • Baixar E-book
  • Westcon-Comstor lança o BlueSky Solutions Marketplace
  • Partner Portal
  • Baixar agora
  • Baixar agora
  • Baixar E-book
  • Acesse agora
  • Partner Portal
  • Baixar agora
  • Baixar agora

4 habilidades de cibersegurança mais solicitadas em profissionais de TI

Publicado em 25/jun/2019 5:00:00

Ter uma boa cibersegurança é essencial para a sobrevivência da empresa e investir na qualificação dos profissionais é indispensável.

 

4 habilidades de cibersegurança mais solicitadas em profissionais de TI

 

Nos últimos anos, ocorreram diversos casos de vazamentos de dados e informações nos meios digitais. Parece que existe uma onda de invasão cibernética que não manda sinais de que irá parar tão cedo. Quem não se lembra da notícia sobre 3 bilhões de contas do Yahoo terem sido impactadas pelo vazamento de informações do sistema?


Outras grandes empresas internacionais como a Uber e a Saks também sofreram com ciberataques. Até os governos de alguns estados chegaram a passar por isso.


Esses vazamentos e invasões não apenas quebram a confiança dos clientes, como também custam milhões para serem consertados. Nada de positivo vem dessa situação.


Infelizmente, ainda existem diversas lacunas de cibersegurança nas empresas da atualidade. Mesmo assim, é possível listar algumas habilidades que são essenciais aos profissionais de TI para que a segurança digital da organização seja eficiente e confiável.


Leia o post até o final para aprender mais sobre cibersegurança, os riscos de não ter uma boa em sua empresa e quais são as habilidades necessárias para que o seu time de TI não decepcione e consiga fazer um bom trabalho na proteção de seus dados e informações.

 

Entre em contato


O que é a cibersegurança?

A cibersegurança é uma técnica utilizada para a proteção dos sistemas, programas e infraestrutura de rede contra os ciberataques de invasores. Ela precisa estar presente em qualquer segmento ou área, seja em grandes ou pequenas empresas, assim como em governos e outros estabelecimentos.

 

Como já falamos, existe uma grande quantidade de crimes digitais ocorrendo pelo mundo, que vem ocasionando perdas significativas e gastos elevados. Sendo assim, é fundamental ter uma garantia de que as informações e dados dos computadores corporativos não sejam vazados.


Quais riscos a empresa corre por não ter uma boa segurança digital?

Para você ter ideia da situação perigosa e da vulnerabilidade das empresas aos cibercriminosos, uma pesquisa realizada pela Norton apontou que cerca de 42,2 milhões de pessoas foram vítimas de ataques cibernéticos somente em 2017.


Senhas roubadas, dados perdidos, equipamentos estragados e informações sigilosas vazadas são apenas algumas das consequências sofridas por quem não investiu adequadamente na cibersegurança de seus negócios.


Esses gestores pensam que estão economizando ao não qualificar seus profissionais de TI em segurança digital, mas na verdade perderão ainda mais dinheiro quando alguma invasão acontecer.


Alguns dos erros mais comuns que as organizações cometem com relação a essa segurança e que acabam lhes causando prejuízo são:


  • Falta de treinamento e qualificação dos profissionais de TI;
    Falta de testes de segurança;
    Ausência de um plano estratégico eficaz;
    Baixo ou zero alinhamento dos objetivos da organização à cibersegurança;
    Falta de automação dos processos.

 

4 habilidades de segurança digital que todo profissional de TI deve ter

Para que as suas informações estejam protegidas, é essencial que a sua equipe de TI tenha certas habilidades relacionadas aos seguintes itens:


1- DevSecOps

Pode ser um termo novo para alguns, mas basicamente DevSecOps quer dizer considerar a segurança da aplicação e da infraestrutura desde o começo. Isso também significa ter que automatizar certas barreiras de segurança para impedir que o fluxo de trabalho da DevOps acabe ficando lento.


Saber escolher as ferramentas certas para integrar a segurança de forma contínua pode auxiliar a organização a atingir os seus objetivos de segurança.


2- Segurança na nuvem

A cloud computing está mudando a realidade de muitas empresas. Isso porque ela oferece praticidade, confiabilidade, comodidade e principalmente segurança. Portanto, ter uma equipe que entenda sobre isso e esteja informada com relação aos backups e outras operações de segurança é essencial para a organização.


3- Teste de intrusão

Saber realizar testes de intrusão é outra habilidade vital para a cibersegurança dos negócios.


Esse teste ocorre em quatro etapas: a fase de reconhecimento, na qual os profissionais analisam as informações da empresa; a fase de varredura, quando a rede é analisada; a fase de obtenção de acesso, na qual vulnerabilidades são buscadas e fase de obtenção de evidências, quando as falhas são computadas pela equipe.


4- Criptografia

A criptografia é crucial para qualquer tipo de segurança digital nos dias de hoje. Ela protege todos os dados armazenados nos sistemas da empresa e todos que são enviados em comunicações com outras redes.


Ter uma boa criptografia é como ter objetos valiosos guardados dentro de um cofre seguro onde apenas quem tem a senha pode acessar. É impossível ter acesso aos dados criptografados sem ter a chave de acesso, portanto a segurança é máxima.

Invista na qualificação de seus profissionais de TI para que assim a cibersegurança não desaponte, gerando problemas de custo elevado no futuro.

Categorias: Segurança