<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=633097343493783&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL COMSTOR
O blog dos negócios de TI.

5 erros atuais em Cloud Computing que podem ser fatais para os negócios

Ao migrar para a Nuvem, você tem pouca ou nenhuma experiência com as soluções Cloud.

 

Nenhuma empresa quer correr riscos e cometer erros. Embora a Nuvem traga muitos benefícios, muitos provedores de TI estão cientes dos riscos da Computação em Nuvem.

Quando sua empresa integra a Nuvem à sua infraestrutura, ela estará ansiosa para migrar seus dados para lá o mais rápido possível. No entanto, existem vários erros que você pode cometer durante o processo de migração da Nuvem que podem custar caro à sua organização. Se esses erros não forem corrigidos, sua empresa poderá enfrentar custos financeiros onerosos, abrir seus dados para ameaças à segurança e até arriscar a falha no cumprimento das regulamentações de dados.

Saber e reconhecer que você cometeu um erro no processo de migração da Nuvem é o primeiro passo. A seguir, é preciso tomar medidas para corrigir esses erros. Como você identifica quando esses erros foram cometidos? O que você pode fazer para impedir que seus efeitos danifiquem seus negócios? Existe uma maneira de evitar esses erros antes que eles aconteçam?

Abaixo, compilamos 5 erros mais comuns. Confira!

1. Acesso não autorizado a dados de clientes e negócios

Os criminosos não gostam de trabalhar. Eles podem segmentar redes de pequenas empresas porque são mais fáceis de violar e, geralmente, buscam empresas maiores por causa do fascínio de pagamentos maiores.

Os serviços em Nuvem agregam dados de milhares de pequenas empresas. As pequenas empresas acreditam que estão colocando riscos de segurança em uma organização maior, mais capaz de proteger seus dados.

No entanto, cada empresa que usa um serviço de Nuvem aumenta o valor desse serviço como um alvo em potencial. Isso concentra o risco em um único ponto de falha. Um desastre em um provedor de Nuvem pode afetar todos os seus clientes.

E hackers e malware não são os únicos que podem segmentar um provedor de Cloud Computing. Os riscos da Computação em Nuvem também são apresentados por ameaças internas.

Baixar agora

Depois de terceirizar um serviço para um servidor de terceiros, agora você precisa se preocupar com sua equipe e com a equipe do fornecedor. Mais pessoas têm acesso aos dados e sistemas que suportam o serviço, o que significa que você precisa estender a confiança a pessoas que nunca conheceu.

2. Riscos de segurança no fornecedor

Quando um fornecedor de serviços em Nuvem oferece um serviço crítico para os seus negócios e armazena dados críticos - como dados de pagamento de clientes e suas listas de correspondência - você coloca a vida dos seus negócios nas mãos do fornecedor.

Muitas pequenas empresas não sabem quase nada sobre as pessoas e a tecnologia por trás dos serviços em Nuvem que usam. Sua reputação não depende mais da integridade apenas dos seus negócios - agora também depende da integridade dos negócios do fornecedor. E isso é um risco de Cloud Computing.

Mesmo se você souber o número de pessoas em um fornecedor que podem acessar seus dados, quão bem você conhece cada pessoa? Você pode confiar neles com a reputação da sua empresa?

3. Supor que todos os ambientes em Nuvem sejam os mesmos

Você pode supor que todo ambiente de Nuvem é mais ou menos o mesmo, portanto, migrar de uma para outra não será um grande problema. Isso não poderia estar mais longe da verdade.

Todo fornecedor de Nuvem projeta seu ambiente Cloud de uma maneira diferente, especializando-se em diferentes funções e recursos para sua implantação. Portanto, você nunca deve migrar dados às cegas de uma Nuvem para outra sem se familiarizar com seu novo ambiente. Caso contrário, seu processo de migração atingirá uma parede de tijolos, enquanto sua empresa se esforça para reconfigurar os dados para ajustar-se à nova Nuvem.

4. Não configurar dados e aplicativos para a Nuvem

Ao mover dados ou projetos para um ambiente Cloud, você não pode simplesmente colocar algo na nuvem e esperar que funcione imediatamente. Dependendo dos tipos de arquivo e do ambiente que você está usando, pode ser necessário reconfigurar seus dados para trabalhar.

A execução de um aplicativo na Nuvem, por exemplo, pode exigir mais poder de computação do que o seu provedor oferece a você. Teste todos os aplicativos ou projetos que você coloca na nuvem para garantir que eles estejam funcionando corretamente.

5. Esquecer a segurança

Nunca há um tempo em que manter seus dados protegidos não seja uma prioridade, mesmo ao migrar recursos para a Nuvem. Você não pode simplesmente assumir que o ambiente para o qual você está movendo seus dados será seguro.

Embora os provedores de integrem vários serviços e políticas para proteger seu ambiente Cloud, você também é responsável pela segurança na nuvem. As responsabilidades específicas da sua empresa e do fornecedor da nuvem variam e devem ser descritas no SLA (contrato de nível de serviço) do provedor.



Posts relacionados

5 principais desafios de ambientes Multicloud

É necessário  que as empresas tomem alguns cuidados para que possam aprender a lidar com diferentes Nuvens e fornecedores ao mesmo tempo.

Como lidar com o gerenciamento de MultiCloud?

80% das empresas vão mover completamente sua infraestrutura de TI para a nuvem no prazo de 5 anos.

5 vantagens da automatização da Nuvem híbrida

A Nuvem híbrida é composta por soluções em nuvens privadas ou públicas.

Escreva seu comentário