<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=633097343493783&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
canal-comstor-logo
O blog dos negócios de TI.
Comstor Americas
  • Nextmove Security 2019
  • Baixar E-book
  • Westcon-Comstor lança o BlueSky Solutions Marketplace
  • Partner Portal
  • Baixar agora
  • Baixar agora
  • Nextmove Security 2019
  • Baixar E-book
  • Acesse agora
  • Partner Portal
  • Baixar agora
  • Baixar agora

5  maneiras de otimizar seu ambiente de Cloud utilizando governança

Publicado em 20/out/2016 5:00:00

O emprego da Computação em Nuvem já é uma realidade nas empresas e pode ajudar instituições a reinventarem seus negócios.

5  maneiras de otimizar seu ambiente de Cloud utilizando governança

Entre os inegáveis benefícios que a Cloud Computing trouxe para as empresas, a simplificação de processos, redução de custos e flexibilidade no que compete à infraestrutura são os mais citados. Em contrapartida, na outra ponta do processo, a segurança sempre foi e será um fator que preocupa as empresas que aderiram ou que vão aderir ao ambiente Cloud.

 

Uma pesquisa recente feita com diretores da TO Market Pulse, idealizada pela IDG, mostra que quase 75% das organizações de TI já estão operando seus negócios em Nuvem e ou desejam fazê-lo muito breve.

 

O que pode ser feito para equilibrar essa balança? Uma solução adequada passa pela definição de padrões de governança de TI, que vai auxiliar as empresas e organizações  a identificar e catalogar as informações que serão armazenadas na Nuvem, o que contribuirá para a elaboração das políticas de segurança da informação além de diretrizes para o consumo dos serviços em Nuvem.

 

Confira algumas dicas sobre como a Governança de TI pode ajudar a equalizar os recursos tecnológicos disponíveis na Cloud:

 

1- Lidar com o aumento da complexidade dos serviços e sistemas

Uma das obrigações da governança de TI era orientar os executivos e gestores a administrar serviços e sistemas cada vez mais complexos. Por meio de uma abordagem focada em melhorias dos processos, ao ser integrada com a Cloud Computing, a gestão de TI possibilitou que os recursos remotos fossem acessados com mais rapidez, gerando mais inovação e diminuição dos custos de gestão.

 

2- Melhor controle das informações  

Os serviços sendo utilizados na Nuvem significa maior escalabilidade, rapidez e custos de investimento menores devido a possibilidade desse processo ocorrer independente da estrutura dos computadores. No entanto, uma nova abordagem da governança nesse aspecto pode significar também melhor controle de informações e sistemas, possibilitando a diminuição de falhas e tornando o acesso a recursos de rede mais consistente. Sendo bem implementada, a diretriz da governança de TI poderá contribuir para o uso de recursos tecnológicos com segurança, privacidade de dados e estabilidade.

 

Cloud Computing em detalhes

 

3- Estruturas menores

A computação em Nuvem contribui para a diminuição da necessidade de corporações de contratar, operar e manter estruturas de TI complexas.

 

4- Competitividade

A gestão da TI por meio da governança possibilita a utilização de recursos de forma estratégica, simplificando o uso de serviços críticos. Isso implica em melhorias na administração dos sistemas e soluções digitais da empresa. O gestor de TI pode, portanto, utilizar a interação da tecnologia com as estratégias comerciais, incrementando até mesmo sua atuação dentro da empresas.

 

5- Controle e Gerenciamento de riscos

A adesão ao ambiente de Nuvem aponta a necessidade e a importância de se adotar um modelo de Governança da Segurança da Informação. A finalidade é mitigar os riscos inerentes dos modelos de prestação de serviços na Nuvem, considerando sua multiplicidade que envolve desde o fornecimento de e-mails, desenvolvimento de aplicativos personalizados, armazenamento de dados até a  gestão de infraestrutura, concentrando, dessa forma, maciços recursos e dados e configurando um alvo propício a ataques por potenciais invasores.

 

Dessa forma, a governança vai eleger um modelo de Gestão de Risco para garantir que a informação esteja disponível, protegida e segura e possibilitando também que as políticas e procedimentos de segurança atendam às necessidades do negócio.

 

Não se trata mais de pensar ou não em usar a Nuvem, mas sim de como usá-la de forma eficiente para melhorar o desempenho dos sistemas. A governança pode, portanto, equilibrar confinaça, economia e funcionalidade.

 

Fontes:

http://www.executivosfinanceiros.com.br/ti/cloud/item/350-nuvens,-uma-sa%C3%ADda-para-otimizar-recursos-e-aprimorar-a-efici%C3%AAncia-nos-bancos.html

http://www.qualitatit.com.br/blog/governanca-de-ti-e-cloud-computing-entenda-a-relacao/

http://www.infobrasil.inf.br/userfiles/26-05-S5-1-68740-Seguranca%20em%20Cloud.pdf

http://brazil.emc.com/microsites/cio/articles/journey/H8539.1-Optimizing-the-Journey-to-the-Cloud.pdf

Categorias: Cloud Computing, Segurança, Governança