<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=633097343493783&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL COMSTOR
O blog dos negócios de TI.

5 razões para investir em um rede wireless mais robusta

Há cada vez mais dispositivos conectados às soluções de redes sem fio (Wireless) como computadores, notebooks, celulares e etc.

De acordo com o artigo “​Cisco Visual Networking Index: Forecast and Trends​, 2017–2022”, criado pela Cisco, em 2022 o número de dispositivos conectados às redes IP será três vezes maior do que a população mundial. O número de dispositivos vai ser de 28,5 bilhões de dispositivos em rede até 2022, em 2017 o número de dispositivos conectados eram de 18 bilhões.


O mesmo artigo aponta para o aumento do tráfego de dispositivos sem fio. Os dispositivos com fio vão representar 29% do tráfego de IP total até 2022, enquanto os dispositivos móveis vão representar 71% do tráfego. Em 2017, os dispositivos com fio representavam 48% do tráfego de IP, em volume, representa menos da metade do tráfego global.

O estudo IDC MarketScape: Worldwide Enterprise WLAN 2019 Vendor Assessment​, elaborado pela IDC por meio de uma pesquisa quantitativa e qualitativa, avaliou-se a capacidade e a estratégias de negócios de 11 empresas fornecedoras de LAN sem fio ( WLAN). Os resultados demonstram que:

  • O mercado corporativo de WLAN continua em crescimento e inovação constante. As tendências revelam desenvolvimentos significativos nos padrões sem fio que estão trazendo velocidades mais altas e novidades em radiofrequência (RF);
  • As organizações de todos os tamanhos e diversos segmentos, continuam a passar as cargas de trabalho da rede com fio para rede sem fio, bem como impulsionar as redes sem fio e mobilidade para melhorar o engajamento do cliente e trazer novos produtos e serviços ao mercado;
  • Muitos fornecedores no mercado corporativo de WLAN já lançaram produtos compatíveis com o avanço mais recente do padrão Wi-Fi denominado Wi-Fi 6 ou 802.11ax. Repleto de novos recursos, o WI-FI 6 torna-se mais interessante para grandes grupos de usuários que o utilizam simultaneamente, bem como para ambientes de WI-FI densos e velocidades mais rápidas para as implantações IoT;
  • Os dados apresentados divulgam o desenvolvimento das redes sem fio e o padrão mais recente do mercado. Para desfrutar o melhor da navegação na internet via redes sem fio, esteja atento ao critérios de mobilidade, velocidade, energia, eficiência e aplicações ao investir em uma rede de WI-FI robusta.

cta-2


1. Mobilidade


As redes wireless são sinônimo de mais mobilidade no ambiente corporativo, pois o acesso à internet ocorre em qualquer ponto dentro da empresa, o novo padrão do WI-FI possibilita mais eficiência no funcionamento da rede devido a sua velocidade e capacidade da taxa de transferência.


O ambiente externo também vai ser aprimorado com uma rede sem fio que funciona com alto desempenho em distâncias maiores, partindo do ponto de acesso até o dispositivo.

As organizações têm a sua disposição volumes de dados densos, diversos usuários usando a mesma rede e ao mesmo tempo, porém o funcionamento da rede não será afetado, trazendo mais agilidade em suas operações. Pois além da a troca de grandes volumes de dados, as organizações ainda beneficiam-se com as possibilidades de reuniões em videoconferência sem interrupções e as implantações de dispositivos IoT.

O Wi-Fi 6 passa de 56 QAM (Quadrature Amplitude Modulation) para 1024 QAM. Quanto maior o QAM, maior o número de pacotes que podem ser enviados com eficiência;

MIMO Multiusuário MU-MIMO é uma tecnologia que permite que um AP (acess point) receba e envie dados de diversos clientes simultaneamente. O suporte 8x8 de transmissores e receptores permitirão maiores taxas de transferência para os usuários mais próximos do ponto de acesso ao mesmo tempo em que fornece a capacidade de prestar serviço para usuários mais distantes;

De OFDM para OFDMA: é a transição da Multiplexação de Divisão de Frequência Ortogonal (OFDM) para a Multiplicidade de Acessos de Divisão de Frequência Ortogonal (OFDMA). Com a OFDMA reduz de modo significativo a sobrecarga e latência. Desse modo, diversos usuários ao mesmo tempo com dispositivos e necessidades diferentes podem operar simultaneamente com eficiência.


2. Velocidade


O novo padrão WI-FI não só permitirá a fornecer um desempenho estável em um número maior de dispositivos, mas também em velocidades mais rápidas em todos os dispositivos.

Os vídeos de 4k já desafiaram as redes com uma taxa de transferência de 15 a 18 Mbps, mas os streaming de vídeos em aplicações de realidade virtual e realidade aumentada também aumentarão o uso e consumo na faixa de 600 MBPS A 1Gbps de tráfego.

Os novos desafios de Banda-larga irão exigir que as velocidades de conexão WI-FI mundiais aumentem em 2.2 vezes entre os anos de 2017 e 2022.


3. Economia de energia


O recurso Target Wake Time (TWT) do WI-FI 6 proporciona maior eficiência energética, reduzindo o consumo de bateria nos dispositivos conectados à rede sem fio ao permitir que os pontos de acesso (APs) estabeleçam uma programação para o envio de pacotes de dados aos usuários conectados. Quando os dispositivos não estão programados para verificar os dados, ativa-se o modo que menos consome energia, economiza-se até 67% de energia nos dispositivos móveis e IoT.


4. Atende às novas necessidades


O WI-FI 6 está preparado para o uso crescente de aplicações como o streaming colaborativo sw vídeos em HD, realidade aumentada, realidade virtual e Internet das Coisas.

Os dispositivos de Internet das coisas vão ter muitas vantagens com as funções apresentadas pelo WI-FI 6, pois os dispositivos vão ter uma eficiência de energia melhor e eficiência espectral a mais.


5. Aplicável em diversos ambientes do mundo real

 

A rede wireless, em especial, o WI-FI 6 vai impactar espaços públicos e privados, desde escolas, hospitais até escritórios corporativos e shoppings. Na área empresarial o WI-FI vai auxiliar nas aplicações que demandam uma taxa de transferência maior como streaming de vídeo e adição de aplicações na nuvem.  O setor da saúde vai ser beneficiado com a economia de energia proporcionada pelo WI-FI 6 aos dispositivos IoT como no rastreamento de ativos.

Os usuários da rede sem fio em hubs de transporte, ônibus ou em hotéis e outras áreas densas vão ter uma ótima experiência com um WI-FI que funciona adequadamente, em alta performance.

Diante das vantagens que você vai ter ao investir em uma wireless mais robusta, adquira já a sua. Entre em contato com um dos nossos especialistas para saber mais e aproveite!

Posts relacionados

Escreva seu comentário

Categorias