<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=633097343493783&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
canal-comstor-logo
O blog dos negócios de TI.
Comstor Americas
  • Nextmove Security 2019
  • Baixar E-book
  • Westcon-Comstor lança o BlueSky Solutions Marketplace
  • Partner Portal
  • Baixar agora
  • Baixar agora
  • Nextmove Security 2019
  • Baixar E-book
  • Acesse agora
  • Partner Portal
  • Baixar agora
  • Baixar agora

6 conselhos para otimizar sua carreira de TI

Publicado em 25/fev/2019 5:00:00

Soft skills e a capacidade de aceitar novos desafios são algumas das condições que podem levar o futuro profissional a novos patamares.

 

6 conselhos para otimizar sua carreira de TI

 

Já tem alguns anos que as profissões de TI figuram entre as mais requisitadas no Brasil e no mundo. Em 2019 não será diferente, de acordo com as expectativas de empresas especialistas em recrutamento e seleção de funcionários.


Mesmo diante da crise econômica que assalta o mercado de trabalho, as carreiras do setor são as menos afetadas, e frente à necessidade de diminuir custos e enxugar a máquina, cada vez mais empresas estão investindo em automação, por exemplo. Cenário que leva ao questionamento: os profissionais da área estão preparados?


Capacidades técnicas, vocação, saber ousar e se propor a aceitar desafios são algumas das condições necessárias para impulsionar a carreira, mas não só isso. Quando o assunto é Tecnologia da Informação, as competências se cruzam entre as de cunho técnico e pessoal, portanto uma dica é entender cada item em que é preciso se dedicar para se tornar um profissional notável.


1 - Motivação: na hora de determinar os rumos profissionais, é fundamental compreender aquilo que traz a motivação para todos os dias, ou seja, conhecer o que desperta a paixão no trabalho. Esse é, portanto, o primeiro conselho para quem busca por orientação para se desenvolver no cargo em que almeja ou está empregado.

 

Treinamentos Comstor Americas

 


2 - Vislumbrar as oportunidades: seja na empresa em que atua, seja nas possibilidades que o mercado apresenta, é outra condição obrigatória para a pessoa que ambiciona crescer no ramo. Somente assim pode-se, inclusive, inovar para aperfeiçoar aquilo que já existe na empresa. Muitas vezes, com o conhecimento técnico existente é possível entender as lacunas disponíveis.


3 – Assumir desafios: da mesma maneira, assumir desafios funciona como uma mola propulsora para alavancar a profissão. Sempre que uma ocasião se apresentar, uma boa ideia é apresentar os planos para atender o esperado, estabelecendo como e quando irá cumprir o que foi estabelecido. E o mais importante: expressar o desejo de assumir o projeto. A inibição não irá ajudar a pontuar o caminho e funciona como um entrave nas mais variadas situações.

 

4 – Evitar estagnação: uma vez cumprido o planejamento, avalie a trajetória cumprida e se há espaço para mais crescimento na atual função ou local de trabalho. Ficar estagnado é um erro; a comodidade não traz vantagens ao processo de desenvolvimento profissional. E se não há como mudar na empresa em que atua, mude para outro empreendimento. O saldo será de mais experiências e relacionamentos interpessoais e corporativos. O movimento é imprescindível para melhorar até mesmo o conhecimento na área de atuação.


5 – Soft Skills: esses ganhos excedem as habilidades técnicas. Com eles, é possível adquirir ainda inteligência emocional, o que leva às soft skills. Ter a competência para resolver problemas, atitude, tomar decisões, ser flexível, atuar como líder, tudo isso mantendo a ética esperada e recomendada, são algumas das aptidões que favorecem aqueles que estão abertos ao autoconhecimento e praticam empatia no ambiente de trabalho.


6 - Estar aberto: também a aceitar tarefas difíceis pode ser uma grande sacada, já que pode levar a um patamar acima perante os colegas de trabalhos e demais empresas. Dessa forma fica mais simples se especializar em processos pouco explorados e, de alguma maneira, encontrar um oceano azul em meio aos tantos profissionais que chegam ao mercado ano a ano por conta da promessa de grandes cargos e salários que a TI apresenta.


A Tecnologia da Informação exige dos trabalhadores a capacidade de pensar criticamente. Além de avaliar o processo, em executar o que se espera, questionar os motivos para desempenhar a função é o que elevará as perspectivas da carreira, que em 2018 ofereceu salários reajustados acima da inflação no Brasil.

Categorias: Carreira em TI