<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=633097343493783&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
canal-comstor-logo
O blog dos negócios de TI.
Comstor Americas
  • Baixar E-book
  • Westcon-Comstor lança o BlueSky Solutions Marketplace
  • Partner Portal
  • Baixar agora
  • Baixar agora
  • Baixar E-book
  • Acesse agora
  • Partner Portal
  • Baixar agora
  • Baixar agora

6 dicas para implantar estratégias de Inteligência Artificial

Publicado em 27/fev/2019 5:00:00

Saber planejar, monitorar e desenvolver uma equipe de experts são pontos fundamentais.

 

6 dicas para implantar estratégias de Inteligência Artificial

 

Em 2018 foram vistos muitos projetos pilotos utilizando Inteligência Artificial e muitos testes com algoritmos para alimentar o Aprendizado das Máquinas. Para este ano, porém, espera-se que muitos desses testes se consolidem e as empresas comecem a expandir seus investimentos em AI.


Os bons resultados oferecidos pelas tecnologias animaram CIOs e equipes de especialistas que conseguiram implantar ações que tiveram retorno significativo nos ganhos corporativos, seja no relacionamento com o cliente, na melhoria de processos na rede ou mesmo para aumentar suas barreiras de proteção em segurança digital.


Levantamento do IDC confirma esse movimento, projetando que os investimentos com sistemas cognitivos e de AI serão 3 vezes maiores em 2022 do que foram em 2018, passando de US$ 24 bilhões para US$ 77,6 bilhões.
Para escalar as estratégias de uso da Inteligência Artificial, é interessante pensar alguns pontos:


1 – Ter uma equipe dedicada à AI: uma equipe interna que tenha conhecimento multidisciplinar e que seja dedicada exclusivamente a implantar ações, testar dados, analisar métricas e ajustar parâmetros vai potencializar os investimentos feitos na tecnologia. Outro ponto interessante é o desenvolvimento e retenção de talentos, que já tem conhecimento sobre a cultura organizacional.


Pessoas com conhecimentos diversos poderão colaborar enormemente com o projeto, podendo se encaixar em diversos perfis de vagas, como as que listamos recentemente entre as 13 principais profissões de TI que estarão em alta em 2019.


2 – Desenvolver a equipe interna: como as mudanças tecnológicas tem sido muito rápidas, são poucos os especialistas em TI que conseguem absorver todos os conhecimentos e acompanhar todas as necessidades do mercado. Por isso, há uma grande escassez de mão de obra para trabalhar com AI, necessitando obrigatoriamente o treinamento de talentos internos.


Bancar cursos, criar grupos de discussões, estudar casos de sucesso do próprio segmento e também de outra áreas, além de apoiar iniciativas de auto desenvolvimento são todas ações válidas. Além disso, é interessante mesclar equipes com diferentes graus de conhecimento em AI, havendo uma mentoria entre os próprios funcionários.

 

Baixar e-book grátis


3 – Construa um centro de excelência: o ideal é ter uma unidade que vai centralizar todas as decisões sobre a implantação de AI na empresa, com posições de pessoas definidas, suas funções, obrigações e metas.


Esta equipe vai determinar os padrões tecnológicos para o sucesso do projeto, assim como a escolha de fornecedores e ferramentas, o gerenciamento da propriedade intelectual. Logicamente é preciso ter uma governança bem definida com um líder sênior para capitanear e organizar as ações.

 

4 – Tenha uma estratégia de comunicação: Inteligência Artificial vai gerar um impacto significativo aos negócios, por isso, as empresas devem garantir o alinhamento tanto entre a equipe interna, quanto com clientes, fornecedores, parceiros, clientes, mercado, opinião pública, enfim todos os seus stakeholders.


É importante ter uma comunicação clara sobre os passos da empresa neste sentido, as questões éticas que envolvem AI e qual o posicionamento do negócio e como a empresas está se adequando às normas e regulamentos vigentes para estar em conformidade com as regras.


5 – Ter a consciência de que implantar AI é desafiador: muitas empresas ainda acreditam que somente contratar fornecedores, comprar equipamentos e conectar tudo significa que a Inteligência Artificial vai funcionar por si só, trazendo resultados.


Em primeiro lugar, precisa ter significado. Para o que vai ser utilizada? Quais as respostas que precisa trazer para o negócio? Quais dados serão utilizados? Recentemente discutimos os 6 desafios da Inteligência Artificial ignorados pelas empresas, que vale a pena ser retomado.


6 – Discutir questões éticas: Inteligência Artificial só vai funcionar a partir da programação gerada pelos seres humanos. Os dados, insights e ensinamentos que serão repassados pelos homens.


Por isso, é fundamental abrir discussões, por exemplo, sobre a interação entre humanos e os robôs, os riscos de desenvolver as armas autônomas, alterações do comportamento humano e das relações interpessoais, antes mesmo dos esforços na implantação da tecnologia avançarem ainda mais.


Enfim, como é possível de se perceber, escalonar as estratégias de AI depende quase que inteiramente do relacionamento humano, de ajustes entre conhecimentos e pensamentos diversos. Saber planejar, monitorar e desenvolver uma equipe de experts são pontos fundamentais.

Categorias: Inteligência Artificial