<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=633097343493783&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
canal-comstor-logo
O blog dos negócios de TI.
Comstor Americas
  • Baixar E-book
  • Westcon-Comstor lança o BlueSky Solutions Marketplace
  • Partner Portal
  • Baixar agora
  • Baixar agora
  • Baixar E-book
  • Acesse agora
  • Partner Portal
  • Baixar agora
  • Baixar agora

6 dicas sobre gestão estratégica de TI para CIOs

Publicado em 13/ago/2019 5:00:00

Saber quais tecnologias se encaixam melhor nas estratégias de negócios de uma empresa não é uma tarefa fácil. É papel desse profissional otimizar as tomadas de decisões.

 

6 dicas sobre gestão estratégica de TI para CIOs

 

O setor de TI tem assumido um papel cada vez mais importante nas estratégias corporativas. Ele é capaz de guiar as tomadas de decisões do CIOs no momento de escolher quais ferramentas podem ajudar a otimizar os negócios.

Por meio de uma gestão estratégica de TI, esse profissional é capaz de aprovar ou não a adoção de soluções tecnológicas que podem se tornar peças-chave para o sucesso da empresa, o que tem se tornado uma tarefa complexa, graças a tendências como Big Data, Business Intelligence e Cloud Computing.

O CIO tem um novo papel dentro das organizações - deve ser capaz de alinhar e coordenar suas equipes com as unidades de negócios - Mas para obter os melhores resultados e não cometer erros, ele precisa contar com uma equipe de TI focada nas inovações do mercado e que busque sempre adquirir novos conhecimentos para ampliar sua visão de negócios.

Dessa forma, esse profissional pode deixar de se preocupar com os aspectos técnicos e operacionais do setor para criar um planejamento estratégico de TI relacionado ao que realmente importa para o core business da empresa.

Mas colocar isso em prática? Os CIOs precisam aprimorar sua gestão estratégica de TI. Para ajudar seus clientes nessa missão, preparamos este conteúdo com 6 dicas essenciais. Acompanhe!


6 dicas sobre gestão estratégica de TI


Para que o CIO consiga utilizar as inovações tecnológicas de forma estratégica em sua empresa, é necessário seguir algumas dicas. Confira:


1. Conhecer o seu negócio

Primeiramente, antes de sair investindo em novas tecnologias, o CIO deve conhecer sua empresa e necessidades. Cada organização é um sistema complexo de pessoas, cultura, ambições, metas e desafios. Por isso, exige demandas diferentes.

Portanto, o profissional deve buscar entender como funcionam os processos, como é sua cultura organizacional, quais setores precisam de mais atenção, onde ocorre o diferencial competitivo, entre outros aspectos que serão decisivos para estratégia de TI


2. Realizar um planejamento

Atualmente, toda a sociedade é dependente de tecnologia e internet, tanto para realizar suas atividades pessoais quanto profissionais. Por isso, quando uma empresa passa por períodos de indisponibilidade em seus serviços, pode sofrer com grandes prejuízos, perdendo clientes e negócios.

O CIO deve, então, integrar a TI ao restante da empresa para controlar as demandas das diferentes áreas e garantir que tudo funcione corretamente. É necessário que ele inclua todos os processos, pré-requisitos e prioridades no planejamento estratégico

 

Baixar e-book grátis


3. Conhecer o orçamento disponível

Investir em tecnologia não é uma tarefa simples ou barata, exige muita pesquisa e preparo para que a empresa possa usufruir de todos os benefícios trazidos pelo uso de novas ferramentas.

Logo, o CIO deve conhecer qual é o orçamento de seu negócio e adaptá-lo aos investimentos que serão realizados. Ele precisa estar por dentro dos números da organização para ser capaz de projetar a equipe, as tecnologias e processos que serão adotados de acordo com sua realidade.


4. Realizar projeções

Muitas empresas ainda têm dificuldade em perceber o retorno do investimento em TI, considerando os gastos desnecessários e excessivos. Para que isso não se torne um problema e atrase as inovações na organização, o CIO deve aproximar os gestores da TI.

Ele precisa demonstrar quais dispositivos, soluções e ferramentas são necessárias para o bom funcionamento da corporação. Para isso, deve oferecer alternativas mais acessíveis, indicar as marcas e soluções mais rentáveis por meio de projeções realistas do negócio.


5. Investir em terceirização

Diversas atividades operacionais tomam muito tempo das equipes e não possuem a necessidade de serem realizadas internamente pela empresa. Cabe ao CIO identificar essas tarefas e delegá-las a parceiros terceirizados.

Ao fazer isso, a empresa passa a contar com um atendimento personalizado, monitoramento constante e maior disponibilidade de seus profissionais para que eles se foquem em processos mais importantes e estratégicos.


6. Definir e analisar métricas

Para que a gestão estratégica de TI seja bem-sucedida, é preciso determinar quais métricas serão utilizadas para medir os resultados. O CIO irá estabelecer esses indicadores de desempenho de acordo com as necessidades de sua empresa.

Por meio das métricas certas, é possível acompanhar o retorno sobre o investimento (ROI), o aumento da produtividade, otimização dos processos e entregas, entre outras melhorias vindas do uso de novas tecnologias e, assim, determinar se o planejamento está correto.

O CIO é o maior responsável por fazer a inovação acontecer dentro de sua empresa. Portanto, precisa impulsionar e motivar sua equipe de TI para que todos tenham uma visão focada nos negócios. E para isso, é importante realizar uma gestão estratégica de TI. 

Categorias: Carreira em TI