<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=633097343493783&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
canal-comstor-logo
O blog dos negócios de TI.
Comstor Americas
  • Westcon-Comstor lança o BlueSky Solutions Marketplace
  • Partner Portal
  • Baixar agora
  • Serviços Gerenciados Cisco Meraki
  • Baixar agora
  • Acesse agora
  • Partner Portal
  • Baixar agora
  • Serviços Gerenciados Cisco Meraki
  • Baixar agora

6 tendências de Cloud Computing para o próximo ano

Publicado em 30/nov/2018 5:00:00

Especialistas apostam em continuidade de crescimento do mercado.

 

6 tendências de Cloud Computing para o próximo ano

 

Computação em Nuvem é um tema recorrente aqui no nosso canal. Basta clicar na categoria Cloud Computing que aparecerão dezenas de temas relacionados a esta tecnologia.


Também pudera! Somente no Brasil este é um mercado que deve alcançar US$ 2,5 bilhões em investimentos até 2021, sendo usado por 94% das empresas nacionais e alcançando cerca de 30% das instituições públicas.


No mundo, de acordo com estudo da IDC, o mercado de Nuvem alcançou US$ 117 bilhões até o final do ano passado, esperando fechar 2018 com crescimento em torno de 29% e alcançando US$ 200 bilhões em 2019.

 

Por todos os benefícios já listados aqui ao longo dos anos é que estes números se justificam. As empresas têm percebido que o crescimento e manutenção de seus negócios estão diretamente relacionados com flexibilidade, segurança das informações e mobilidade. Três fatores que são encontrados com certeza na Computação em Nuvem.


Esta tecnologia, porém, precisa evoluir para atender as demandas cada vez mais exigentes do mercado e para os próximos anos algumas mudanças deverão ocorrer. Veja algumas tendências listadas por especialistas:


1 - Aumento dos investimentos das empresas: a partir do momento em que há um amadurecimento da Nuvem em uma companhia, novos investimentos precisam ser feitos para realizar a manutenção da rede, revitalizar e atualizar aplicativos.


2 – Aumento do uso de contêineres: esses contêineres consistem em regiões isoladas do restante da máquina hospedeira, garantindo que cada aplicação não tenha acesso, nem seja acessada por nada fora da sua caixa hospedeira. Interessante para organizar os dados dentro da Nuvem e incluir políticas de acesso. Tem sido uma opção muito usual em 2018 e a tendências é que o crescimento se mantenha.

 

Cloud Computing: o futuro chegou ao mercado de TI


3 – Novas abordagens para Nuvem Privada: com o crescimento da preferência das empresas por Multicloud, Nuvem Híbrida ou Pública, os fornecedores de Nuvem Privada precisam se organizar para se manterem competitivas.


Uma nova abordagem prevista para 2019 é aumentar a capacidade de produzir mais elementos que facilitem a conclusão dos serviços, o que já é um diferencial da Privada perante as outras modalidades. Além disso, focar os esforços em oferecer ainda mais segurança, conformidade e soberania de dados.


4 – Estratégias de PaaS poderão ser reconsideradas: Plataforma como Serviço deverá verificar constantemente o seu progresso, certificando-se de que os resultados são contínuos. As empresas decidirão se utilizarão o PaaS para um provedor de Nuvem ou apenas para operar na Nuvem já contratada. A tecnologia continuará popular. De acordo com estudo da KPMG, PaaS crescerá de 32% em 2016 para 56% em 2019.


5 – Sistemas industriais baseados em SaaS ganharão popularidade: o corte de custos e manutenção de eficiência continua sendo a premissa de negócios sustentáveis e, por este motivo, o SaaS – que oferece a possibilidade de uma empresa utilizar vários softwares sem a necessidade de comprar as licenças, pagando apenas por utilização -, continuará sendo uma tendência a longo prazo. De acordo com levantamento da Brain & Company, SaaS tem previsão de crescimento de 18% até 2020.


6 – Mais empresas adotarão Nuvem Híbrida: um dos pontos positivos da Nuvem Híbrida é a possibilidade de programar a carga de trabalho, ganhando escalabilidade com a Nuvem Pública e mais segurança para dados mais estratégicos com a Nuvem Privada, o que significa que em um ambiente único é possível utilizar dois tipos de nuvens para finalidades distintas. A pesquisa State of the Cloud Survey, da RightScale indica que uma empresa que usa a Nuvem acessará pelo menos seis plataformas diferentes.


Concluindo, o mercado de Nuvem é cada vez mais crescente e as necessidades das empresas que escolhem por essa plataforma também. Nos próximos anos poderemos ver muitas outras mudanças acontecendo neste mercado.

Categorias: Cloud Computing