<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=633097343493783&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
canal-comstor-logo
O blog dos negócios de TI.
Comstor Americas
  • Nextmove Security 2019
  • Baixar E-book
  • Westcon-Comstor lança o BlueSky Solutions Marketplace
  • Partner Portal
  • Baixar agora
  • Baixar agora
  • Nextmove Security 2019
  • Baixar E-book
  • Acesse agora
  • Partner Portal
  • Baixar agora
  • Baixar agora

8 novas regras sobre TI para se atualizar

Publicado em 26/abr/2019 5:00:00

Alguns comportamentos precisam ser mudados para que o líder se mantenha no mercado.

 

8 regras que foram substituídas na TI que as empresas precisam se atualizar

 

As rápidas mudanças tecnológicas e a necessidade de uma nova gestão das empresas estão exigindo dos profissionais de TI um novo comportamento com relação ao departamento. Velhas regras que antes eram praticamente leis, já foram questionadas e hoje seguem um novo padrão. Conheça alguma delas:


Regra 1 – A demanda tecnológica hoje parte do cliente: anos atrás, o especialista em TI era quem decidia quais os aplicativos, softwares e ferramentas deveriam ser usadas em todas as máquinas.


Hoje, com BYOD, mobilidade, nuvem e acesso fácil às tecnologias, funcionários, clientes, parceiros quem decidem quais ferramentas querem utilizar para trocar informações com as empresas.


O papel da equipe de TI é garantir que essa troca seja feita de forma correta e segura, garantindo proteção aos dados corporativos.


Regra 2 - Dados é o combustível para o departamento de TI: até pouco tempo, o papel do especialista em tecnologia era manter as máquinas em funcionamento, consertando hardware e erros de configuração de rede. Hoje, a função passou a ser quase que exclusivamente integrar os dados que são recolhidos às plataformas da empresa.


Os dados são o novo bem para os negócios e a equipe de TI tem o papel de encontrar soluções seguras de armazenamento, seguindo os regulamentos nacionais e internacionais de tratamento de informações pessoais de seu banco de clientes, além de ferramentas corretas que vão ajudar os negócios a tirarem insights estratégicos.

 

Baixar e-book grátis


Regra 3 – Entrega rápida e interação contínua: hoje não é mais aceito longos períodos de testes de projetos. O que os CIOs querem é entrega rápida, realizando ajustes ao longo do processo, testando as ferramentas com dados reais.


Regra 4 – Segurança em primeiro lugar: se a regra antiga era proteger o perímetro, hoje, com dispositivos móveis, BYOD, Nuvem, alta tecnologia na mão de hackers, a regra é não confiar em ninguém e montar um arsenal de armas e barreiras que possam proteger os dados corporativos que podem ser ameaçados até mesmo pelo usuário interno.


Regra 5 – Dispositivos são amigos da produtividade: até hoje algumas empresas não tem uma rede aberta para visitantes ou mesmo para colaboradores utilizarem BYOD, bloqueando os dispositivos pessoais para tentar minar algum tipo de invasão.


Essa regra precisa ser atualizada, e além de liberar o acesso dos dispositivos, a equipe de TI deve manter os usuários satisfeitos. O ideal é criar um login e uma senha para cada dispositivo que se conecta na rede para que seja monitorado.


Regra 6 – Distribuir os ovos entre muitas cestas: ser fiel a uma marca ou fornecedor deixou de ser uma realidade para as empresas, que buscam além de custos, especificidades para seus negócios e bom atendimento.
Os clientes querem agora os melhores parceiros de vendas com SLAs mais flexíveis e que respondam com mais agilidade às mudanças dos mercados.


Regra 7 – Processos contínuos: disrupção é a palavra da moda entre os departamentos de TI. Significa quebrar paradigmas, testar novas ferramentas, questionar e testar ao máximo as tecnologias que a empresa utiliza hoje e como podem ser melhores aproveitadas, com custos menores.


Pensar continuamente nessas transformações é um dos novos papéis do especialista em TI, que é um dos primeiros profissionais em que as pessoas pensam quando se fala em inovação.


Regra 8 – Lugar de CIO é na sala de reunião: as empresas hoje são tão dependentes da tecnologia que os conhecimentos adquiridos pelos CIOs são totalmente estratégicos para as tomadas de decisão dos negócios. Se antes o gestor era sempre encontrado no Data Center, hoje ele responde igualmente como outros cargos de liderança.


Em resumo, o mercado em geral se transformou e exige novo pensamento por parte de toda equipe de TI. Antigas regras que antes eram dominantes, já estão revistas e atualizadas.

Categorias: Transformação Digital