<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=633097343493783&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
canal-comstor-logo
O blog dos negócios de TI.
Comstor Americas
  • Partner Portal
  • 7 benefícios da videoconferência: colaboração e comunicação a favor de bons negócios
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI
  • Baixar agora
  • Baixar E-book grátis
  • Partner Portal
  • 7 benefícios da videoconferência: colaboração e comunicação a favor de bons negócios
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI
  • Baixar agora
  • Baixar E-book grátis

O que é Outsoucing de TI?

Publicado em 11/mar/2014 7:00:00

Entenda o que significa fazer o Outsourcing do departamento de TI da sua empresa.

140311 Outsourcing blog resized 600

Outsourcing é um termo que, já há alguns anos, está em evidência no mercado corporativo. Sua tradução direta é terceirização, mas é interessante diferenciar o processo de terceirização comum com a terceirização estratégica.

A terceirização estratégica tem mais relação com as áreas-chave da empresa: controle financeiro, prospecção de clientes, sistemas de informação, força de vendas e a TI. É justamente aqui que o Outsourcing de TI figura como processo disruptivo. Com ela, é possível que as equipes tenham foco naquilo que elas sabem fazer melhor e deixem a parte mais operacional dessas áreas sob a responsabilidade de especialistas contratados.

Já a terceirização comum está intimamente ligada com atividades mais rotineiras e que estão geralmente mais distantes do “core business”, por isso, em teoria, possuem um valor menor dentro da empresa. São atividades como segurança, limpeza, transporte, logística, entre outras. Obviamente são atividades essenciais para o bom funcionamento da empresa, entretanto, têm pouca influência nas áreas estratégicas e comerciais.

Esse fenômeno tem ocorrido devido a um aumento da competitividade nos mais diversos mercados nos últimos anos. Com isso, tanto as grandes empresas como as pequenas e médias se viram na obrigação de modificarem o modelo de negócios e adaptarem suas estruturas internas a essa nova realidade. Essa transformação contribuiu para que um aumento do Outsourcing ocorresse, visto que a terceirização de TI é um dos primeiros processos que o CIO pode criar para adaptar os gastos dentro da companhia.

Outro ponto importante relativo a esse processo é que geralmente ele é feito quando o CIO precisa implantar uma tecnologia de forma urgente na companhia, pois o Outsourcing consegue trazer inteligência, experiência, e todos os recursos necessários para iniciar novos projetos imediatamente, sem precisar do alto investimento para contratar uma equipe altamente especializada. Desenvolver um mesmo projeto in-house pode envolver semanas ou meses, pois exige a contratação das pessoas certas, a formação dessa equipe e fornecimento de apoio necessário. Na realidade, o Outsourcing em TI melhora a performance da empresa, traz anos de experiência ao seu negócio e garante o acordo de nível de serviços necessário aos seus projetos.

3 pontos-chave do Outsourcing de TI

O processo de Outsourcing geralmente pode ser dividido em 3 serviços que diferem entre si, mas utilizam como base o Outsourcing. São eles:

1- Onshore Outsourcing

É quando a realização da terceirização estratégica se dá no mesmo país, facilitando a comunicação, o relacionamento com os fornecedores e adaptações necessárias nos processos da empresa que contratou o serviço.

2- Offshore Outsourcing

É quando o Outsourcing acontece com fornecedores de outros países. Muitas vezes essa escolha é feita devido ao fato dos serviços de suporte e software de outros países apresentarem melhor custo e qualidade. Mesmo assim, é importante observar a dificuldade que as diferenças culturais podem trazer com relação à comunicação.

3- Nearshore Outsourcing

Esse serviço caracteriza-se pela terceirização dos processos de TI em países vizinhos ou em áreas próximas, onde exista uma semelhança em língua, cultura e fuso horário, o que ajuda bastante nas negociações e eventuais adaptações que sejam necessárias ao longo do processo.

É importante lembrar que Outsourcing não significa que o processo acontece necessariamente fora do país. Mas quando isso acontece, uma das principais razões é a redução de custos aproveitando leis trabalhistas de outros países. E apesar do corte de gastos ser uma das razões e pontos positivos para o Outsourcing de TI, se a empresa estiver selecionando serviços de terceirização apenas com esse intuito, a tendência é que o processo não funcione tão bem para a companhia, pois ela pode, a longo prazo, investir demais em Outsourcing e equivaler ou até sobrepor os gastos que ela pretendia economizar.

Uma boa questão a ser levantada pela empresa sobre o assunto é:

Existe alguma empresa que pode realizar esse processo do departamento de TI de uma forma mais eficiente e mais barata do que meus próprios colaboradores?

A pergunta em questão mostra dois dos principais focos de empresas que buscam eficiência e rentabilidade no Outsourcing de TI: expandir a companhia em um caráter global e agregar valor em termos de capacidade.

describe the image

Os pontos positivos do Outsourcing de TI para as empresas

Fontes: 

http://www.administradores.com.br/noticias/administracao-e-negocios/outsourcing-afinal-o-que-e-isso/43902/

http://cio.com.br/gestao/2006/06/12/idgnoticia.2006-06-12.0095975170/

http://www.metrobyte.com.br/servicos-de-ti/outsourcing-ti/

http://www.gartner.com/it-glossary/it-outsourcing

http://outsourcemagazine.co.uk/outsourcing-myths-facts-and-statistics/

Categorias: Outsourcing de TI