<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=633097343493783&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
canal-comstor-logo
O blog dos negócios de TI.
Comstor Americas
  • Partner Portal
  • 7 benefícios da videoconferência: colaboração e comunicação a favor de bons negócios
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI
  • Baixar agora
  • Baixar E-book grátis
  • Partner Portal
  • 7 benefícios da videoconferência: colaboração e comunicação a favor de bons negócios
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI
  • Baixar agora
  • Baixar E-book grátis

As tendências em tecnologia na Educação (parte 5)

Publicado em 22/abr/2014 7:00:00

Entenda a relação entre tecnologia, inovação e educação.

describe the image

Na última parte da série Tendências em Tecnologia na Educação abordaremos a relação entre tecnologia, inovação e educação.

A inovação na educação não requer necessariamente soluções complexas e super tecnológicas. Ela comumente está ligada a uma nova ideologia ou mudança cultural. O uso de redes sociais, games e fóruns de discussão, por exemplo, são inovações que há pouco tempo ainda não eram aceitas nas escolas e hoje se tornaram parte importante do processo de aprendizado.

Alguns estudos sugerem que a utilização de tecnologias as quais os estudantes estejam familiarizados pode aumentar substancialmente o engajamento desses alunos com o aprendizado, bem como a confiança deles com relação às próprias habilidades. Essa utilização de tecnologias pode trazer benefícios, especialmente para estudantes que talvez não tenham alcançado bons resultados em métodos mais tradicionais de ensino.

Nos Estados Unidos, por exemplo, um dos países pioneiros no uso de novas tecnologias na Educação, 91% das faculdades já incorporaram as redes sociais no método de ensino e ⅔ delas já permitem a utilização das redes sociais na própria sala de aula, mostrando um panorama ainda mais amplo para a o uso desses novos recursos educacionais.

Redes Faculdades resized 600

Esse panorama explicita a relação entre educação e tecnologia e mostra que ela tem mudado bastante nos últimos anos. Até há pouco tempo, ainda existia uma certa dúvida por parte das escolas se a tecnologia realmente promoveria mudanças na educação. Atualmente essa noção já se alterou e as instituições de ensino passaram a entender que a educação e a tecnologia coexistem lado a lado e alteram todo o processo educacional de uma maneira unificada, ou seja, a tecnologia só altera o método de ensino se este se utilizar dela para modificar o processo. Na NotSchool, por exemplo, uma escola inglesa que funciona como alternativa ao método tradicional de ensino, a tecnologia foi implementada no processo de aprendizado desempenhando um papel não disruptivo e sim de suporte. Isso significa que as tecnologias utilizadas lá têm um papel importante de suporte para mudanças no método tradicional de aprendizado dos alunos.

É importante enxergar a tecnologia como uma aliada da educação para transformar todo o método de ensino. Especialmente pelo fato de que a nova geração está o tempo todo conectada a diversos dispositivos móveis. Essa conexão constante está mudando toda a concepção de ensino. Isso porque uma parte dos novos estudantes pode até conseguir ser bem sucedida estudando através do método tradicional de ensino, mas ainda assim, eles buscarão novas abordagens, mais interativas e interessantes sobre os assuntos que realmente são importantes para cada um deles. Com o surgimento da Internet, o acesso à informação se tornou simplesmente uma questão de interesse. Por isso, as instituições de ensino tradicionais vêm enfrentando algumas dificuldades. Os estudantes estão buscando as informações por eles mesmos e não mais dependendo apenas da escola para aprender.

Algumas escolas e universidades perceberam essa transformação e passaram a adotar algumas tecnologias para auxiliar e trazer mais dinamicidade para as aulas. De outubro de 2010 a outubro de 2012, por exemplo, houve um aumento de 100% no número de estudantes americanos que utilizavam aplicativos do Google voltados para educação. O interessante é observar que na maior parte dos casos, os apps do Google não são usados para ensinar conteúdo e sim como uma plataforma conectada para ensinar, aprender e compartilhar conteúdo, tanto entre alunos quanto entre professores e alunos. Esse crescimento mostra que 20 milhões de alunos americanos utilizam aplicativos do Google para educação.

5 grandes tendências em tecnologia da Educação

Mesmo com essa mudança no método de ensino das escolas e universidades, ainda existem desafios quanto à introdução de tecnologias na educação. Veja algum deles:

• Desenvolver uma cultura de inovação
• Disponibilizar ferramentas como as redes sociais, Internet e novas mídias como suporte para um processo de aprendizado mais profundo, desenhado a partir das necessidades de cada estudante
• Apoiar um crescimento sustentável do aprendizado de cada aluno a partir de seu próprio desenvolvimento
• Desenvolver novas práticas de ensino com alto nível de excelência.

describe the image

As tendências em tecnologia na Educação (parte 4) 

Fonte: http://www.cisco.com/web/strategy/docs/education/CiscoEdBestPracticesWhitePaper-D2_V1.pdf

http://www.edtechmagazine.com/higher/article/2013/05/google-apps-education-leading-way-cloud-based-campus

http://www.siliconrepublic.com/innovation/item/29268-technologys-impact-on-educ 

Categorias: Tecnologia na Educação