<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=633097343493783&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL SYNNEX COMSTOR
O blog dos negócios de TI.

Cloud Computing e coronavírus: 6 princípios para uma migração segura

Devido ao aumento do home office causado pelo isolamento social, muitas empresas estão precisando aumentar a utilização da Computação em Nuvem. Veja como fazer uma migração de ativos segura. 

 

A utilização da Computação em Nuvem tem trazido inúmeros benefícios para o dia a dia das empresas nos últimos anos. Por isso, a migração de diversos sistemas, aplicações e dados corporativos para o ambiente virtual tem se tornado cada vez mais uma tendência. No entanto, antes de tomar uma decisão tão importante, há muito a ser levado em consideração. 

Para uma migração segura para a nuvem, é preciso que você leve em conta 6 princípios sobre os quais falaremos hoje. Este é um assunto muito importante para as revendas. Então fique atento e leia até o fim para tirar as suas dúvidas.

Quais são as vantagens?

As vantagens de migrar para um sistema de nuvem são inúmeras, e podemos começar pela segurança, que é maior, desde os controles de acesso até a certeza de que os dados estarão seguros em uma estrutura com proteção reforçada. 

Isso acontece pelo fato de a nuvem seguir normas bem rígidas e apresentar ferramentas de segurança com níveis muito avançados, como a proteção contra-ataques DDoS, por exemplo. 

Neste caso, devido ao redimensionamento de capacidade computacional, também é possível diminuir ou aumentar os recursos, de acordo com a necessidade. E, com o armazenamento em nuvem, analistas e técnicos também podem configurar soluções em uma plataforma centralizada. 

As ações de backup podem ser feitas por meio de processos automatizados. Todos esses fatores, juntamente com o monitoramento automático dos recursos, contribuem para uma enorme melhora nas rotinas de gestão da empresa.

6 princípios para uma migração segura 

Como você já pode ter conhecimento, migrar para a nuvem traz uma série de benefícios, porém ainda existem questionamentos sobre os riscos de segurança oferecidos. 

Neste caso, a segurança do processo depende muito do modo como a migração foi planejada, sendo preciso decidir o que será migrado, quais informações necessitam de mais proteção, qual modelo de nuvem será adotado, entre outros aspectos técnicos fundamentais. A seguir abordamos seis princípios que toda equipe de TI deve levar em consideração ao realizar o procedimento no cliente:

Webex for free

1. Procure identificar os dados que precisam de uma maior proteção

Informações sigilosas fazem parte do dia a dia de praticamente todas empresas. Por isso, ao planejar uma migração segura para a nuvem, mapeie todas as informações sensíveis e também o que deverá estar em um ambiente ainda mais seguro.

2. Defina inicialmente o que deverá ser migrado 

É necessário, inicialmente, escolher o que deverá ser migrado para a nuvem e só depois realizar a ação, a fim de não perder dados e impactar a produtividade dos colaboradores da empresa. Por mais que pareça óbvio, pode ocorrer esse tipo de erro quando o cliente exige velocidade no processo.

A administração da nuvem exige conhecimentos que vão ser desenvolvidos conforme as equipes ganham experiência. Por isso, é importante inicialmente mover os sistemas menos críticos.

3. Avalie todos os custos 

Considerando a possibilidade de reduzir custos com hardware e despesas com pessoal, muitas organizações optam por migrar. 

Porém, os benefícios financeiros não são iguais para todas as aplicações. Por exemplo, se os níveis de demanda aumentam ou diminuem de forma aleatória, como é o caso dos aplicativos móveis, o ROI é maior quando se opta pela transferência para a cloud. 

Os custos ocultos também devem ser previstos ao optar por migrar: não se deve deixar de planejar os gastos envolvendo rede e largura de banda.

4. Entenda a complexidade dos dados 

No começo do planejamento para utilização da nuvem, alguns cuidados com os dados a serem transferidos serão necessários. Saiba quais dados precisarão ser transferidos, controlando o nível crítico deles e como isso ocorrerá. Nem todas as organizações fazem a opção por mover tudo para a cloud por uma questão de segurança ou sigilo industrial, por exemplo. 

No entanto, gerenciar o que deve ou não ser transferido e quem terá ou não acesso é algo que precisa obrigatoriamente ser realizado antes do início da transição.

5. Prepare-se para todos os desafios da migração 

O processo de migração pode também ser feito para transferir dados de uma nuvem para a outra, como a transferência de informações de um fornecedor para outro e até mesmo entre nuvens públicas e privadas. 

Porém, o processo de migração de nuvens privadas para públicas pode envolver também trabalho manual. Ações como testar aplicativos e realizar todas as configurações necessárias para máquinas virtuais, redes, sistemas operacionais, entre outros possivelmente serão necessárias. É importante saber também qual destino terão aos servidores locais. Muitas organizações os doam para instituições ou vendem.

6. Tenha uma proteção contra malwares 

Por último, mas não menos importante, os riscos de malwares não podem ser esquecidos. 

A fim de migrar de forma segura para a nuvem, é importante recorrer a sistemas de defesa contra ameaças avançadas os quais estejam aptos a inspecionar os arquivos de forma minuciosa e, se preciso, transferi-los para a quarentena. 

Da mesma forma que é feita a análise dos dados que devem subir à Nuvem, também é necessário definir prioridades e mandar para a quarentena somente o que for problemático. Assim se reduz o volume do que precisa ser cuidadosamente analisado.



Posts relacionados

Quais são os impactos de Edge Computing nas empresas?

Edge Computing otimiza o tempo de resposta do processamento de dados corporativos, aumenta a segurança e melhora o compliance, já é uma tecnologia essencial. 

4 práticas recomendadas para ter sucesso com a Hybrid Cloud

Quando gerenciada corretamente a Hybrid Cloud pode oferecer o melhor dos dois mundos para o negócios dos seus clientes.

Como realizar uma migração para Nuvem com equipe remota?

Contar com todos os recursos e benefícios oferecidos pela Cloud Computing pode ser fundamental para garantir a continuidade dos negócios para muitas empresas.

Escreva seu comentário

Categorias