<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=633097343493783&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
canal-comstor-logo
O blog dos negócios de TI.
Comstor Americas
  • Partner Portal
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI
  • Baixar agora
  • Baixar E-book grátis
  • Serviços Gerenciados Cisco Meraki
  • Partner Portal
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI
  • Baixar agora
  • Baixar E-book grátis
  • Serviços Gerenciados Cisco Meraki

Como a Cloud Computing afeta pessoas e organizações?

Publicado em 13/fev/2017 5:00:00

As mudanças trazidas pela tecnologia impactam nas interações e relações de trabalho.

Como a Cloud Computing afeta pessoas e organizações?

Os benefícios da transformação digital para as empresas, representada pela Computação em Nuvem são inegáveis. Entre eles destacam-se a possibilidade de maior competitividade, aumento da produtividade, mais agilidade em processos, crescimento de receitas e eficiência operacional.

 

O conceito da Nuvem trabalha sobretudo com técnicas de computação que dependem de recursos compartilhados pela internet. Por esse motivo, os recursos necessariamente são acessados remotamente em seus locais de hospedagem por um grande público entre funcionários, fornecedores e outros tantos usuários que recebem permissão para acessar as aplicações e softwares das quais necessitam para suas atividades. Fica evidente, portanto, uma grande interação entre computadores, internet e o uso da Computação em Nuvem em situações em que muitas vezes os próprios indivíduos não as fazem de forma consciente.

 

Um bom exemplo disso é o uso de serviços de e-mail, como o Gmail do Google, que permite organização e acesso online, sem softwares específicos que sobrecarregam o dispositivo físico. Isso sem falar nos serviços de armazenamento  em Nuvem com seus inúmeros fornecedores, como OneDrive, Google Drive, Dropbox entre outros.

 

Uma forma muito interessante para os programadores  e desenvolvedores e que também é muito utilizada é o GitHub, uma plataforma de programação que permite que cada programador salve individualmente seus códigos on-line em um espaço de trabalho exclusivo. Esse recurso facilita também a programação em equipe, uma vez que vários programadores que atuem juntos em um mesmo projeto podem salvar versões de seus trabalhos, os quais podem ser acessadas por outros usuários autorizados, sem que isso  cause transtorno aos desenvolvedores ou pare o trabalho em execução.

 

Para as organizações, a Computação em Nuvem significou uma grande mudança ao permitir que alguns desafios, sobretudo no que tange à infraestrutura física dos equipamentos, fossem enfrentados de forma escalonável, atendendo às suas necessidades sazonais ou de crescimento. Isso porque, no modelo tradicional, a empresa realizava a compra de um software para ser usado tanto nas operações da empresa como também pela equipe. Ficava sob responsabilidade da organização também a compra de equipamentos, servidores, etc, para que todas as funcionalidades das aplicações funcionassem corretamente. Em muitos casos, apenas equipamentos robustos e caros conseguiam executar estas aplicações, limitando a flexibilidade deste software.

 

Cloud Computing: o futuro chegou ao mercado de TI

 

O impacto disso para a empresa era um esforço considerável para a solução de problemas técnicos, com a contratação de pessoal especializado para essa tarefa. No entanto, a Computação em Nuvem usa uma abordagem diferente. Ao utilizar modelos de Software as a Service (SaaS), Infrastructure as a Service (IaaS) e Platform as a Service (PaaS), que são tecnologias centrais da Cloud Computing, hoje é possível para as empresas, ao contratarem esse serviço, atuar sem a necessidade de adquirir e renovar periodicamente as licenças de uso para programas ou mesmo investir grande parte do orçamento em recursos computacionais e manutenção. Com a Nuvem, tudo isso fica sob a responsabilidade do provedor de serviços na Nuvem, que deve garantir seu funcionamento 24 horas por dia e com mais uma vantagem: a empresa só paga pelos recursos usados.

 

A relação com o trabalho também foi modificada e a mobilidade para os colaboradores é uma palavra-chave. Através da autorização, a organização é capaz de acessar o software necessário em seu dia a dia de gestão e trabalho da equipe, além as aplicações disponíveis para atender às suas necessidades. Nesse caso, as equipes só precisam ter conexão à Internet e um computador ou dispositivo para acessar esses ambientes e realizarem seu trabalho.

 

O impacto da Nuvem no dia a dia das organizações também afeta sua cultura, sobretudo os processos de trabalho. Nesse novo sistema, aumenta a responsabilidade dos indivíduos, uma vez que a Computação em Nuvem permite o trabalho remoto, estabelecendo novas relações. Por outro lado, uma desvantagem do modelo deve ser mencionada: ela elimina mão de obra, aquela que seria necessária para manter os softwares e hardware em funcionamento correto.

 

Por último, mas não menos importante, está a questão da segurança digital permeando todas essas interações. Especialistas afirmam que a segurança da Computação em Nuvem depende muito da segurança do servidor em Nuvem. Dessa forma, é preciso ficar atento aos níveis de segurança implementados pelo servidor dos provedores destes serviços. Os que usam algoritmo de criptografia de alta tecnologia na Computação em Nuvem são denominados como os mais seguros. O armazenamento de dados e informações confidenciais deve ser confiado aos servidores de armazenamento em Nuvem considerados seguros.

 

Fontes:

https://datafloq.com/read/cloud-computing-affects-individuals-organizations/2559

http://blog.sonda.com/o-papel-do-cloud-computing-na-transformacao-digital-das-empresas/

https://tableless.com.br/tudo-que-voce-queria-saber-sobre-git-e-github-mas-tinha-vergonha-de-perguntar/

https://www.qinetwork.com.br/saas-paas-iaas-os-servicos-de-computacao-em-nuvem/

 

Categorias: Cloud Computing