<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=633097343493783&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
canal-comstor-logo
O blog dos negócios de TI.
Comstor Americas
  • Partner Portal
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI
  • Baixar agora
  • Baixar E-book grátis
  • Serviços Gerenciados Cisco Meraki
  • Partner Portal
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI
  • Baixar agora
  • Baixar E-book grátis
  • Serviços Gerenciados Cisco Meraki

Como adicionar soluções de segurança digital às suas ofertas?

Publicado em 4/jul/2017 5:00:00

Saiba como ofertar serviços de segurança e soluções adicionais para seus clientes.

Como adicionar soluções de segurança digital às suas ofertas?

Segurança em TI é uma das áreas mais valorizadas por clientes, fornecedores e especialistas da área, ganhando cada vez mais espaço entre os serviços oferecidos pelas revendas. Ela é um componente dinâmico que nunca altera sua essência, mas que está em constante transformação no que diz respeito às possíveis formas de proteger corporações. A quantidade e variedade de softwares de segurança pode, muitas vezes, deixar o time de TI das empresas confuso sobre que tipo de abordagem utilizar e qual defesa oferecer para cada situação. Sendo assim, os  profissionais da sua revenda devem estar preparados para ajudá-los.

 

A dificuldade dos clientes em entender a pluralidade de serviços relacionados à segurança, abre espaço para a equipe do seu canal assumir o papel de educá-los sobre as necessidades da empresa. Ou seja, oferecer apenas o que for apropriado, garantindo a eficiência e efetividade no suporte e manutenção dos negócios, assegurando, assim, sua continuidade.

 

Dessa forma, a escolha dos serviços que são entregues colocam-se como essenciais para o crescimento dos negócios e, consequentemente, para o sucesso da revenda, sendo fundamental sempre desenvolver e refinar as proteções oferecidas que devem responder alguns direcionamentos:  

 

Abordagem Multicamadas

Não existe um programa que sozinho possa proteger as empresas de todos os perigos existentes, sendo necessário estabelecer uma segurança com base em camadas complementares. O padrão adotado para a proteção de endpoints, por exemplo, exige a aplicação de antivírus, antimalwares, antirootkit, além de firewall ou gateway para prevenção e detecção de intrusos e plataformas de segurança de e-mail.

 

Um dos desafios em estabelecer esta abordagem é o custo mais alto de possuir múltiplos produtos no suporte de cada endpoint, ainda que, dessa forma, seja possível ampliar a proteção e reduzir a necessidade de remediar os problemas dos clientes.

 

Panorama da Cibersegurança Global: como proteger as redes corporativas de ameaças virtuais? 

 

Padronização de produtos e serviços

Não é possível que as equipes de TI, por mais preparadas e bem treinadas, tornem-se e mantenham-se eficientes em oferecer suporte para todos os produtos de proteção existentes no mercado, exigindo que a revenda estabeleça um conjunto padrão de plataformas de software de segurança como foco.

 

Em grande parte dos casos, será necessário reestruturar e substituir as proteções que a empresa utiliza pelo padrão estabelecido por sua revenda, explicando os benefícios das novas plataformas de segurança para o negócio do cliente e possibilidades o seu crescimento.

 

Categorização das ofertas

Cada corporação necessita de um nível diferente de proteção, respondendo, muitas vezes, aos requisitos de conformidade regulamentar e às melhores práticas específicas do setor. Assim, a oferta do produto deve ter início nas bases, principalmente por meio do conjunto padrão já mencionado, dividindo os demais serviços em categorias como: criptografia de dispositivos, monitoramento de segurança (SIEM), prevenção de perda de dados, entre outros.

 

Habilidade em monitorar e reportar

A proteção de qualquer rede ou sistema depende de respostas rápidas, exigindo uma centralização dos alertas das plataformas de segurança e a habilidade da equipe de suporte em oferecer soluções eficientes, garantindo melhores resultados.

 

É necessário utilizar uma ferramenta RMM para o monitor e script central, e uma PSA para o ticket central, documentando todas as atividades.

 

Entregar relatórios significativos e de qualidade para o cliente é essencial para que ele compreenda as habilidades de monitoramento oferecidas, sem ser necessário detalhar minuciosamente, mas esclarecendo o valor da proteção para o negócio.

 

Treinamento de conscientização de segurança

Ainda que você entregue às empresas os melhores serviços de segurança, estabelecido em camadas e com rápidos alertas de riscos e infecções, é essencial considerar uma das principais portas de vulnerabilidade: os usuários.

 

Assim, oferecer, junto com o pacote padrão de serviços de proteção, um programa de treinamento pode ser o principal diferencial de vendas do canal, buscando plataformas voltadas para MSPs, gerando acessibilidade de dados, destaque no mercado e valor agregado tanto para os clientes quanto para a revenda.

 

Ao ofertar serviços de segurança integrados às MSPs, o canal reforça a necessidade de ter uma proteção digital mais eficiente para as empresas, estabelecendo, ainda, um processo de construção da segurança junto com o cliente e a colocando como prioridade principal. Essa postura acaba por destacar a necessidade de proteger os negócios, motivando a compra independentemente das restrições de recursos que a corporação possa ter.

 

Fonte:

https://www.bsminfo.com/doc/how-to-add-security-to-your-offering-0003

 

Categorias: Segurança, Revendas, Soluções, Segurança Digital, Soluções de Segurança