<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=633097343493783&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL COMSTOR
O blog dos negócios de TI.

Como fazer uma gestão inteligente dos dados corporativos?

As informações se tornaram ativos essenciais para o sucesso dos negócios. Saber como realizar gerenciá-las de forma eficiente e segura e indispensável!

 

Nos últimos anos, as empresas vêm enfrentando um grande aumento na geração e coleta de informações, as quais se tornaram cruciais para agregar vantagem competitiva e otimizar as tomadas de decisões de negócio.

Independente de seu tamanho e setor, todas as organizações precisam lidar com enormes fluxos de dados de forma estratégica para poderem transformá-los em insights relevantes para os negócios. Devido a isso, realizar uma gestão inteligente dessas informações passou a ser uma tarefa fundamental.

No entanto desenvolver inteligência no processo de gestão não é uma tarefa fácil. Para que o processo seja bem-sucedido é necessário que os dados sejam precisos, completos, organizados e consistentes.

Pensando nisso, preparamos este conteúdo com as principais medidas para que as empresas consigam desenvolver uma gestão inteligente dos dados corporativos. Não perca!

A importância de uma gestão de dados

Os dados passaram a ser um dos principais ativos de qualquer empreendimento. Por meio das informações certas, é possível aprimorar o processo de decisão de sua organização e, assim, melhorar a produtividade dos funcionários, o relacionamento com os clientes, enfim, alavancar a lucratividade dos negócios.

Além disso, uma gestão eficiente, permite que a empresa proporcione uma melhora significativa na qualidade e confiabilidade de seus dados coletados e armazenados para, assim, otimizar cada vez mais as análises realizadas, que passaram a ser claras e sem redundância.

Baixar agora

Isso permite que os gestores contem com informações mais precisas sobre seu departamento e equipe, podendo realizar as melhorias necessárias para aumentar o desempenho geral e eliminar erros de processos.

Como fazer uma gestão inteligente dos dados?

Muitas empresas realizam efetivas coletas de dados, armazenando-os em segurança. No entanto nem todas elas fazem um gerenciamento eficiente, não sendo capazes de transformá-los em insights úteis para os negócios.

Por isso é fundamental aprender a realizar uma gestão inteligente. Confira a seguir como realizar esse processo de forma bem-sucedida:

Realize o mapeamento dos dados

Para que uma empresa consiga gerenciar seus dados de forma inteligente, é preciso entender como funciona o fluxo de informações em seus ambientes. Ela deve saber quais são os conteúdos sensíveis, quais são as principais fontes de informação, onde estão armazenados, entre outras questões.

A partir disso, a corporação pode elaborar políticas de acesso e segurança eficazes para proteger todos os dados armazenados.

Adote soluções escaláveis

As empresas precisam lidar hoje com um volume de dados nunca visto antes. Por isso as demandas de armazenamento podem aumentar de repente. Para que não haja nenhum problema com essas novas demandas, é necessário contar com soluções escaláveis.

Ao contar com a escalabilidade, as empresas são capazes de atender a todas as suas necessidades, realizando uma gestão inteligente de todos os dados corporativos, independente do volume atual e sem se preocupar com o futuro.

Desenvolva políticas de segurança

Principalmente com a chegada de leis regulatórias mais reforçadas, como o caso da LGPD, a Lei Geral de Proteção de Dados, que irá impor multas para as corporações que violarem a segurança ou privacidade das informações pessoais dos usuários, é indispensável contar com políticas de proteção de dados.

A segurança da informação é um dos pilares mais importantes de uma gestão de dados, por isso, você deve incluir algumas medidas na política de proteção da empresa, tais como:

  • Treinamentos de segurança com todos os colaboradores;
  • Níveis de acesso aos dados corporativos de acordo a função;
  • Política de backup e Disaster Recovery;
  • Criptografia nos dados sensíveis;
  • Políticas de senhas e acessos à internet.

Implemente boas práticas de análise

Tecnologias como Business Intelligence e Big Data Analytics podem ser verdadeiras aliadas da gestão de dados corporativos. Por meio de ferramentas baseadas nessas tendências é possível definir e automatizar os processos de coleta, armazenamento e análise.

Desse modo, criar modelos padronizados que se encaixem na realidade do negócio para otimizar as análises de dados e, assim, agregar maior eficiência ao processo e extrair informações de valor.

Conte com a ajuda de especialistas

Qualquer falha no gerenciamento de dados pode comprometer drasticamente a continuidade das operações corporativas, além de gerar diversos prejuízos, inclusive financeiros.

Por isso, para garantir uma gestão inteligente dos dados uma excelente alternativa é contratar uma empresa especializada no assunto para auxiliar no processo. Por meio dessa parceria, a empresa passa a contar com a utilização das melhores ferramentas e um suporte constante para solucionar qualquer contratempo.

A partir dessas dicas será possível aprimorar a gestão de dados e torná-la mais inteligente, segura e precisa. Desse modo, as empresas poderão direcionar melhor suas tomadas de decisões e, assim, gerar melhores resultado para os seus negócios.

Posts relacionados

4 problemas mais comuns na gestão de TI

Para assegurar o bom funcionamento de todas as tecnologias utilizadas na empresa, é necessário tomar alguns cuidados internos.

 

5 formas para tornar a gestão de desempenho de TI mais eficiente

Para potencializar os resultados dos negócios, as empresas precisam otimizar a participação da TI em suas decisões estratégicas. 

 

Qual a importância da gestão de risco em TI?

Esse processo garante que as empresas controlem as possíveis ameaças e riscos relacionados ao uso da tecnologia em seus negócios.

 

Escreva seu comentário