<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=633097343493783&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL COMSTOR
O blog dos negócios de TI.

Como garantir a mobilidade na rede corporativa?

A flexibilidade do ambiente de trabalho é cada vez mais necessário para se manter competitivo no mercado. Veja como adotar essa nova realidade.

 

O uso de tecnologias apoiadas em Cloud Computing tem transformado o ambiente de trabalho nas organizações, gerando maior produtividade e flexibilidade aos funcionários. Esses novos modelos de negócios tornaram possível a mobilidade corporativa que é essencial para se manter ativo no mercado competitivo atual.

A mobilidade corporativa envolve justamente o desenvolvimento e implantação dessas soluções tecnológicas e o uso de dispositivos móveis como ferramentas de trabalho, o que tem exigido que as empresas reestruturem todo o seu modelo de negócios.

A grande questão é: como preparar a rede corporativa para suportar esses novos aplicativos e dispositivos conectados? É necessário oferecer uma conexão rápida e proteção de dados para que seja possível adotar a mobilidade com sucesso.

Pensando nisso, preparamos este conteúdo para explicar a importância de se ter mobilidade na rede corporativa e como implementá-la corretamente. Continue a leitura!

Qual a importância da mobilidade na rede corporativa?

Acompanhar a Transformação Digital passou a ser crucial para que uma empresa sobreviva no mercado atual. Por isso, é necessário incluir novas tecnologias e inovações em seu ambiente de trabalho para promover a automação de processos e uma maior mobilidade para os funcionários.

A mobilidade corporativa pode reduzir custos da empresa, oferecer melhorias na qualidade de vida dos funcionários e, consequentemente, aumentar a produtividade. Ela ainda aumenta a integração entre os departamentos, proporcionando uma comunicação mais unificada.

Isso impacta diretamente no modelo de negócios da corporação. Os funcionários passam a ter maior rapidez no acesso aos dados dos clientes para que possam realizar um atendimento personalizado e ágil, o que contribui para um melhor relacionamento e a satisfação desses consumidores.

No entanto, ainda que oferece inúmeros benefícios, a mobilidade exige alguns cuidados por parte da empresa. É necessário contar com uma conexão estável na rede e uma estratégia de segurança da informação reforçada. Entenda melhor a seguir.

New call-to-action

Como garantir a mobilidade na rede corporativa?

A rede corporativa e os dispositivos utilizados no ambiente móvel, requerem atenção dentro das estratégias de proteção de dados e redes das companhias. Para isso é possível seguir algumas dicas para melhor aproveitar essa tecnologia. Confira a seguir como:

Criar uma estratégia voltada para o trabalho remoto

Ao passo que os colaboradores podem trabalhar de onde quiser, basta que tenham seus dispositivos conectados à internet, a organização precisa criar um plano específico para essa situação.

É necessário criar metas bem definidas de curto, médio e longo prazo para cada funcionário para garantir uma maior produtividade. Além disso a TI deve ser responsável por desenvolver um sistema de gestão para acompanhar toda a produção.

Centralizar a gestão de dados

Outro passo importante para garantir a mobilidade na rede corporativa é realizar a integração de todos os dados da organização em um sistema único. Dessa forma, é possível facilitar o acesso dos usuários, evitando a duplicação de informações.

Para isso, a TI deve realizar o controle dos acessos remotos dos funcionários, contando com históricos de modificações de arquivos e comunicação. Dessa forma, é possível identificar acessos não autorizados e usos inadequados dos dados corporativos.

Incentivar a prática BYOD

A prática BYOD (Bring Your Own Device) consistem em os próprios colaboradores trazerem seus dispositivos móveis para o trabalho. Ela promove uma maior economia de gastos para a empresa e aumenta a produtividade dos funcionários, já que podem utilizar os aparelhos que já conhecem e possuem mais afinidade.

Ao incentivar essa prática, a empresa consegue deixar os membros de sua equipe mais motivados e ainda economizar no investimento de novos equipamentos.

Apostar na Internet das Coisas

A IoT pode ser uma grande aliada da mobilidade na rede corporativa. Isso porque os dispositivos inteligentes podem automatizar o controle e monitoramento da estrutura, além dos aparelhos dos colaboradores de forma automatizada.

Dessa forma, é possível desenvolver uma rotina automática de monitoramento, liberando a equipe de TI de tarefas repetitivas, podendo se focar em questões mais estratégicas para os negócios.

Criar VPNs para garantir a segurança

A segurança da informação é uma questão primordial para que a mobilidade na rede corporativa seja bem-sucedida. Afinal, de nada adianta oferecer uma maior flexibilidade aos usuários, se os dados corporativos estão vulneráveis.

Para lidar com essa questão, a empresa deve investir em VPNs (Virtual Private Networks). Esse tipo de rede é a melhor opção para quem quer equilibrar os riscos e oportunidades que a mobilidade corporativa oferece.

Por meio de uma rede virtual privada, a organização pode contar com um canal seguro e independente entre a sua rede interna e a internet, em que os usuários contarão com maior privacidade e segurança em seus acessos.

Ao tomar esses cuidados, a empresa é capaz de proporcionar maior flexibilidade a seus colaboradores, garantindo a mobilidade em sua rede. Dessa forma, é possível se destacar no mercado e conquistar melhores resultados nos negócios.

Posts relacionados

Seus clientes já possuem uma estratégia mobile-first?

Entenda por que os dispositivos móveis são cada vez mais importantes na relação empresa-cliente.

 

6 estratégias para desenvolver política de uso de wearables nas empresas

Novos dispositivos exigem flexibilidade das empresas.

 

Escreva seu comentário