<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=633097343493783&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL SYNNEX COMSTOR
O blog dos negócios de TI.

Como garantir a segurança da rede em período de home office?

Muitas empresas não possuem políticas de segurança focadas no trabalho remoto, deixando todos os seus sistemas vulneráveis. Veja como resolver este problema!



A pandemia do coronavírus está afetado diretamente a economia das empresas e a forma com elas trabalham. Para cumprir o isolamento social e, ao mesmo tempo, manter a continuidade de seus negócios tem sido necessário apostar no Home Office.

Com muitos colaboradores em casa trabalhando de forma remota, diversas questões devem ser consideradas e a principal delas é a Segurança da Informação. Os cibercriminosos estão se aproveitando do teletrabalho para driblar a proteção digital e aplicar seus ataques.

A maioria das empresas não têm regras ou sistemas de segurança focados no home office e, por isso, acabam se tornando alvos fáceis para os ataques cibernéticos. De acordo com pesquisa de segurança digital do SecDev Group, o número de ciberataques relacionados ao coronavírus aumentou 475% em fevereiro deste ano em todo o mundo.

Diante dessa situação como é possível garantir a segurança da rede das empresas e a proteção dos dados? Acompanhe o conteúdo a seguir e descubra como. Boa leitura!

O cibercrime e o coronavírus

O isolamento social aumentou a frequência do home office em todo o mundo, o que, consequentemente, ampliou o uso da internet em redes domésticas para acessar dados corporativos remotamente. 

Para se aproveitar desse cenário sem precedentes, muitos hackers estão procurando brechas nos sistemas de proteção utilizados pelas empresas para roubar dados sigilosos e até mesmo causar falhas na infraestrutura e bloquear o acesso dos dispositivos.

Garanta a conformidade com a LGPD

Os principais ataques feitos por cibercriminosos relacionados ao COVID-19 são:

  • Emails de phishing: esse tipo de ameaça já é um dos principais problemas enfrentados pelas empresas no escritório. No entanto, quando seus colaboradores estão utilizando redes domésticas, o problema é ainda maior. Os criminosos estão se aproveitando da situação e atraem suas vítimas por meio de notícias falsas sobre o coronavírus, levando o usuário a clicar em links maliciosos;
  • Aplicativos maliciosos: hackers estão criando aplicativos mal-intencionados que, quando são instalados pelos usuários, permitem aos invasores acessar todos os dados e até mesmo criptografar o aparelho para pedir resgate.

Muitas empresas ainda não estão preparadas para fornecer a proteção que o trabalho remoto precisa. Para isso, é necessário contar com as tecnologias e políticas de segurança corretas. O primeiro passo é garantir a segurança da rede no home office. Confira a seguir como fazer isso:

Como garantir a segurança da rede no home office?

Garantir que os documentos e arquivos confidenciais não caiam nas mãos erradas é um dos principais desafios enfrentados pelas empresas durante o home office. É necessário tomar diversas medidas preventivas, como a utilização de uma VPN para um acesso remoto criptografado. 

Para evitar que as empresas de seus clientes enfrentem esse problema, separamos algumas dicas essenciais para garantir a segurança da rede no home office. Confira:

Tenha controle dos dispositivos utilizados

Saber exatamente quais computadores serão usados pelos colaboradores no trabalho remoto é indispensável para que as empresas consigam estabelecer os procedimentos de segurança adequados.

Caso o equipamento seja da empresa, é necessário dar atenção à rede de internet do colaborador. Agora, quando a máquina é pessoal, a organização deve reforçar a segurança com o uso das soluções adequadas. 

O recomendado para essa situação é que as empresas forneçam todos os recursos que serão utilizados por seus colaboradores. Desse modo é possível garantir que os dispositivos tenham as ferramentas de proteção necessárias.

Crie uma política de segurança digital

Ter uma política de segurança digital focada no home office é crucial para o momento. Por meio dela, a empresa consegue alertar os colaboradores e conscientizá-los sobre as melhores práticas de segurança. 

As principais regras e boas práticas que devem fazer parte da política de segurança digital são:

  • Ativar atualizações automáticas dos softwares e sistema operacional dos dispositivos utilizados no home office;
  • Utilização e atualização de antivírus e backups;
  • Gerenciamento de senhas;
  • Cuidado redobrado com emails de terceiros e links suspeitos.

Monitore o tráfego de dados da rede

Outro ponto importante para garantir a segurança da rede no trabalho remoto é acompanhar o tráfego de dados das máquinas usadas pelos funcionários. Desse modo é possível identificar as ameaças antes mesmo que elas afetem o sistema.

Para isso, a empresa deve instalar soluções de monitoramento nos dispositivos, assim poderá fiscalizar os acessos, identificar vulnerabilidades e até mesmo gerenciar o horário de trabalho e a produtividade de cada membro da equipe.

Use uma boa rede virtual privada (VPN)

A VPN é uma rede de comunicação privada que cria uma conexão criptografada através de um servidor seguro. Ela funciona como uma espécie de túnel entre o usuário e demais servidores da internet. 

Sua criptografia torna mais difícil que a comunicação entre o dispositivo dos colaboradores e a rede corporativa seja interceptada por pessoas mal-intencionadas, pois para decodificar a mensagem é necessário ter a chave de acesso. 

Desse modo, os colaboradores que estão trabalhando em home office podem utilizar a rede de forma anônima e criptografada, impedindo que a conexão seja monitorada e rastreada até sua fonte.

Use um Wi-Fi seguro 

Há diferentes formas de deixar um Wi-Fi seguro e caberá aos colaboradores contribuírem com a organização para reforçar a segurança e privacidade dos dados corporativos. 

O primeiro passo é não deixar o Wi-Fi doméstico sem senha, o usuário deverá criar uma senha extensa e complexa para evitar que terceiros acessem sua rede. Além disso é importante habilitar a configuração segura do Wireless, utilizando-se de WPA2 ou 3 e atribuindo uma chave de acesso longa e complexa.

O home office é fundamental para que as empresas consigam manter a continuidade dos seus negócios mesmo diante do isolamento social. No entanto, a segurança da rede deve ser uma das prioridades. Portanto, siga as dicas listadas acima e conte com um parceiro especializado em Segurança da Informação para fornecer as melhores ferramentas de cibersegurança para seu negócio.



Posts relacionados

4 passos para preparar a cibersegurança de sua empresa para a pandemia

Seguir recomendações de segurança cibernética em meio à pandemia do novo coronavírus (Covid-19) é uma regra de proteção organizacional.

Como funciona um anti-malware e quais são os tipos de detecção de ameaças?

Sistemas de segurança virtual são indispensáveis para qualquer tipo de organização, principalmente devido a alto nível das atuais ameaças digitais.

Como funciona o Plano de Continuidade de Negócios aplicado à TI?

Principalmente diante de momentos críticos, o Plano de Continuidade de Negócios pode ser um otimizador estratégico. No entanto, é essencial entender que sua eficiência está diretamente ligada a qualidade de implementação.

Escreva seu comentário

Categorias