<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=633097343493783&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
canal-comstor-logo
O blog dos negócios de TI.
Comstor Americas
  • Westcon-Comstor lança o BlueSky Solutions Marketplace
  • Partner Portal
  • Baixar agora
  • Serviços Gerenciados Cisco Meraki
  • Baixar agora
  • Acesse agora
  • Partner Portal
  • Baixar agora
  • Serviços Gerenciados Cisco Meraki
  • Baixar agora

Como inovar em TI mesmo com orçamentos apertados?

Publicado em 10/jul/2018 5:00:00

Contar com o trio fornecedor, produto e equipe é um dos caminhos que ajudam as empresas no momento de investir corretamente em novas tecnologias.

 

Como inovar em TI mesmo com orçamentos apertados?

 

O investimento em TI está ascendendo. No ano passado, o crescimento no Brasil foi de 4,5%. A tendência é que os valores reservados para o setor dentro das empresas continuem em alta e cheguem a quase 6% em 2018.

 

Já no México, o crescimento em 2017 foi próximo a 2,8% e este ano, pretende alcançar um aumento de 3,8%. Na América Latina, o Brasil lidera a lista de investidores em TI seguido por México, Argentina e Colômbia.


O que de fato toda essa movimentação significa para as empresas? Primeiro, que deixar de investir pode ser um risco para o negócio. Em seguida, que todos empreendimentos devem voltar parte dos recursos para a área, mesmo aqueles com orçamentos mais justos.


Separar quantias por escopo ajuda a organizar melhor a distribuição de valores que estejam adequados às possibilidades do empreendimento. É importante entender como manter ou aperfeiçoar o funcionamento dos sistemas operacionais, que garantem a entrega ao mercado daquilo que já se espera da empresa e da mesma forma que é feito atualmente.


No entanto, fazer o básico é pouco. Hoje, espera-se mais das empresas, seja em qualidade, preços mais competitivos ou qualquer uma das várias exigências que os clientes fazem cada vez mais.


Assim, investir na aquisição de tecnologias para modernização a expansão do empreendimento é parte intrínseca da gestão. Determinar corretamente qual dos vários avanços tecnológicos são aderentes à empresa é um desafio.


Tudo começa com o planejamento mais assertivo, que leve em consideração a visão da empresa e as possibilidades reais que determinado negócio tem para adquirir sistemas eficientes.

 

14 dicas de marketing para revendas de TI

 


Separar parte dos recursos da empresa para as despesas operacionais de TI (o mesmo que a sigla em inglês Opex, Operational Expenditure) ajuda a entender a quantia necessária para o funcionamento do negócio, para que ele opere dentro dos padrões esperados, mas vai além disso.


Ajuda a compreender quanto é possível destinar ao Capital Expenditure (CAPEX, também em inglês), montante específico para a renovação e modernização do empreendimento.


Projetos de expansão

 

Uma forma de viabilizar melhorias dentro da empresa, para ofertar ao mercado as inovações esperadas, é desenvolver projetos de TI em paralelo. Uma das recomendações é envolver a equipe de diversas frentes neste estudo, para que seja possível combinar conhecimentos e estabelecer mais claramente as prioridades.


À frente dessa movimentação é importante contar com um núcleo de inovação, assim fica mais fácil rodar as atividades conforme o previsto e com a agilidade esperada para não ficar para trás na corrida que já existe com o objetivo de alçar, a níveis mais qualificados e personalizados de contato com o cliente, além de possuir as tecnologias mais promissoras.


A evolução em TI é tão expressiva que no futuro (próximo) pode criar novos cargos, extinguir vários já existentes há muito tempo, além de propiciar mudanças disruptivas – como já vem acontecendo, com atendimentos automatizados para melhorar a experiência junto ao cliente e com a Inteligência Artificial (AI) determinando diagnósticos médicos menos controversos.


Nesse cenário, é extremamente relevante que mesmo empresas menores e com orçamentos mais limitados invistam em tecnologia. Com o crescimento no número de startups do setor e com o boom tecnológico, torna-se mais acessível investir em TI dia a dia.


Mesmo diante de uma projeção positiva para o mercado da América Latina, a quantia é menor do que a destinada à mesma tecnologia em países mais desenvolvidos.


No caminho a ser percorrido até os latinos chegarem a um nível mais próximo das potências globais é importante manter o projeto bem alinhado entre o fornecedor, produto e equipe internada, estabelecendo com precisão o tripé da inovação, contar com sistemas flexíveis, para que possam ser ajustados ao longo do tempo e ter segurança de informação.


Aliado a todos os processos recomendados, é determinante para as empresas que buscam tecnologia, com recursos menores, estarem antenadas na procura por novas práticas, soluções e técnicas aderentes às expectativas e possibilidades do negócio.

 

Categorias: Inovação