<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=633097343493783&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
canal-comstor-logo
O blog dos negócios de TI.
Comstor Americas
  • Baixar E-book
  • Westcon-Comstor lança o BlueSky Solutions Marketplace
  • Partner Portal
  • Baixar agora
  • Baixar agora
  • Baixar E-book
  • Acesse agora
  • Partner Portal
  • Baixar agora
  • Baixar agora

Como o blockchain pode ajudar a segurança da informação nas empresas?

Publicado em 30/mai/2019 5:00:00

Além de trazer vantagens para as transações financeiras, essa tecnologia pode ser uma grande aliada para reforçar a proteção dos dados corporativos. 

Como o blockchain pode ajudar a segurança da informação nas empresas?

 

O Blockchain é uma tecnologia disruptiva que vem ganhando espaço no mundo corporativo graças às suas funções. Ele é capaz de realizar o registro e armazenamento seguro dos dados de transações financeiras digitais que utilizam qualquer tipo de moeda.

As empresas que utilizam o blockchain podem contar com diversas vantagens, como a praticidade e a descentralização das operações. No entanto, ele tem se destacado, principalmente, por oferecer segurança digital em suas operações.

Ele protege os dados registrados, não permitindo que sejam apagados ou alterados. Assim, as transações realizadas pelas empresas são feitas de forma segura, rápida, barata, transparente e autônoma.

Devido a sua proteção reforçada, o blockchain tem sido uma alternativa muito eficiente. Mas, muito mais que em suas transações financeiras, diversas corporações estão apostando nessa tecnologia disruptiva para otimizar a gestão e rastreabilidade de dados.

Quer saber como o blockchain pode ajudar na segurança da informação de sua organização? Acompanhe o conteúdo a seguir!


Qual a relação entre blockchain e segurança da informação?

Como citamos anteriormente, o blockchain utiliza a descentralização para armazenar informações com maior segurança. Ele ainda tem a capacidade de viabilizar o rastreamento em suas transações.

Isso é possível porque seus blocos ficam espalhados em milhares de computadores pelo mundo e, assim, uma mudança apenas pode ser realizada quando aceita por todos os sistemas pertencentes à sua rede.

Por isso, caso alguma ciberameaça tente invadir algum desses computadores, os demais perceberão o comportamento malicioso e poderão impedir o ataque.

Dessa forma, ao apostar nessa tecnologia, as empresas podem realizar suas aplicações de uma forma automática e muito mais segura, em especial aquelas relacionadas à economia compartilhada, à movimentação de ativos digitais ou a serviços descentralizados.

Por meio do blockchain, as empresas podem contar que:

 

  • Seus dados jamais serão apagados ou alterados;
    As transações e interações serão feitas com regras confiáveis;
    Haverá prova de tempo, propriedade e direitos;
    Existirá resistência contra um ponto único de falha e censura;
    Existirá transparência e privacidade seletiva.

 

Baixar e-book grátis

 

Como ele pode ajudar a segurança?

Agora que você já entendeu a relação do blockchain com a segurança da informação, está na hora de saber como ele pode ser aplicado dentro de sua organização.

Essa tecnologia pode ser utilizada em diferentes aplicações e contextos dentro da organização, como na gestão de identidades dos sistemas corporativos.

Na gestão de identidades, o blockchain pode ser utilizado para estabelecer a identidade e cria um sistema de reputação. Por meio de um mecanismo eficiente baseado nessa tecnologia, a identidade digital torna-se mais difícil de ser roubada, pois passa a ser monitorada publicamente, a não ser passível de esquecimento e a ter parâmetros de tempo invioláveis.

Além disso, o uso de identidades baseadas em blockchain permite que os usuários tenham um maior controle sobre quem possui acesso às suas informações pessoais e como elas são utilizadas.

Outra forma efetiva de utilizá-lo na segurança corporativa é na descentralização do armazenamento de dados. Por meio dele, os blocos ficam guardados em diferentes computadores interligados entre si.

Desse modo, caso o hacker invada uma das máquinas, não conseguirá acessar os demais dispositivos, que irão bloquear a invasão.

O blockchain ainda pode ajudar as corporações a realizarem provas de autenticidade para conteúdos da web. Por meio de um plugin que pode ser instalado nos navegadores dos dispositivos dos funcionários, é possível gerar um relatório com informações da página em questão, fornecendo um carimbo de tempo de quando aquele conteúdo estava publicado.

Além da autenticidade, é possível otimizar a assinatura de contratos onlines. Ele evita que fraudes no registro dos contratos sejam feitas e gerem prejuízos para as organizações.

Isso é possível, pois, caso um documento certificado em blockchain sofra qualquer alteração, a fraude é identificada rapidamente. Assim, a empresa sempre terá certeza de que o documento que está assinando é seguro.

Por último podemos citar as plataformas digitais seguras baseadas em blockchain. Para garantir a proteção dos dados corporativos, essa tecnologia também conta com plataformas protegidas e totalmente automatizadas. Isso permite que o usuário tenha a certificação e verificação da autenticidade de qualquer documento online.

Como você pôde perceber, o blockchain é uma tendência que vem trazendo diversas vantagens para as organizações e, quando relacionado à segurança da informação, pode ser um grande aliado para proteger os dados sigilosos das empresas. Portanto, é fundamental acompanhar o desenvolvimento dessa tecnologia e as possibilidades que ele pode trazer para seus negócios. 

Categorias: Segurança, Blockchain