<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=633097343493783&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
canal-comstor-logo
O blog dos negócios de TI.
Comstor Americas
  • Westcon-Comstor lança o BlueSky Solutions Marketplace
  • Partner Portal
  • Baixar agora
  • Serviços Gerenciados Cisco Meraki
  • Baixar agora
  • Acesse agora
  • Partner Portal
  • Baixar agora
  • Serviços Gerenciados Cisco Meraki
  • Baixar agora

Como realizar o gerenciamento de dados na nuvem híbrida?

Publicado em 22/nov/2018 5:00:00

A gestão deve passar pelo tripé centralização, segurança e governança.

 

Como realizar o gerenciamento de dados na nuvem híbrida?

 

O modelo de nuvem híbrida, de acordo com o Gartner, é considerado como melhor opção para atender às necessidades das organizações de todos os portes e segmentos, sendo a escolha de 50% dos empresários em todo o mundo.


À medida que a nuvem pública e a privada vão ganhando mais adeptos, as preocupações dos usuários passam a se focar em como é possível escolher entre os dois modelos a forma mais eficiente e adequada para alocar as cargas de trabalho de missão crítica das empresas.


Como resultado do maior acesso à informação e da dúvida entre os dois modelos, uma tendência observada pelos especialistas é que as empresas estão reconhecendo que a combinação híbrida oferece, atualmente, uma opção mais acertada.


O gerenciamento de dados neste contexto é uma questão à parte, uma vez que a formação do banco de dados vai depender do agrupamento de informações que precisam estar limpas, seguras e conectadas, provenientes de diferentes plataformas.


O desafio é grande e, por isso, uma das indicações é ter uma ferramenta de centralização. Criar um servidor federado, por exemplo, que vai receber informações de bancos de dados também federados. O que significa interoperabilidade e compartilhamento das informações que estão espalhadas pelas diferentes nuvens.

 

Baixar agora


Outra preocupação com o gerenciamento é com relação à segurança dos dados, uma vez que há uma grande variação entre os serviços oferecidos pelos fornecedores de nuvem. Para as nuvens privadas existem alguns parâmetros de segurança, já para as nuvens públicas, outro nível de preocupação.


Por isso, é importante compreender cada uma delas e como funcionam, distribuindo os dados mais estratégicos para as plataformas mais seguras.


Por fim, a governança das informações também é outro ponto crucial que precisa ser considerada na gestão dos dados em Nuvens Híbridas. Imagine que um lead gerado a partir de uma campanha de marketing pode ter informações que interessem para o departamento financeiro ou para o de vendas ou para o de comunicação. Se cada equipe trabalhar os dados desse lead de uma forma diferente, a qualidade da informação pode ser perdida, modificada ou o dado extraviado.


A governança entra em ação neste momento para organizar a questão. Qual é o dado mestre e ele não pode ser alterado para mantê-lo confiável no sistema. Para uma empresa em que os mesmos dados são acessados de formas distintas, para contextos diferentes e por mais de um usuário, a governança é essencial para garantir boas decisões.


Para evitar erros no gerenciamento de dados em Nuvens Híbridas, é importante:


1 – Planejar o banco de dados que será utilizado na nuvem híbrida. Não somente construir e depois acrescentar informações, mas pensar em como ele pode ser eficiente em médio e longo prazo também. O foco é evitar a redundância e a complexidade.


2 – Considerar os bancos de dados provenientes das nuvens. Além de serem padronizados, já vem com configurações que facilitam a criação do banco de dados próprio.


3 – Caprichar na configuração do banco de dados. Muitos dos erros que ocorrem são provenientes da própria forma como as informações foram organizadas no sistema. Antes de reclamar com o fornecedor, é importante checar se a configuração está ajudando a resolver os problemas ao invés de criá-los.


Em resumo, o sucesso de uma empresa que trabalha especialmente com análise de dados para competir no mercado e se utilizam do serviço de Nuvem Híbrida, depende diretamente de dados confiáveis.


Se não estão bem armazenados, seguros, organizados, acessíveis, de nada adianta sequer recolhê-los. Por isso a importância do gerenciamento correto, pensando no tripé centralização, segurança e governança.

Categorias: Gerenciamento, Cloud Computing