<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=633097343493783&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL SYNNEX COMSTOR
O blog dos negócios de TI.

Conexão VPN e home office: 5 principais problemas e como resolvê-los

  • Categoria:

    Redes

    | Tempo para ler: 5 min

Esse tipo de rede pode garantir a proteção e privacidade dos dados e sistemas corporativos. No entanto, é fundamental saber quais são os seus possíveis erros para corrigi-los rapidamente.

Com o aumento do trabalho remoto devido a COVID-19 e a necessidade de isolamento social, muitas empresas têm investido em conexões VPNs para oferecer segurança e privacidade a seus usuários no momento de acessar informações e sistemas corporativos.

A rede VPN (Virtual Private Network) é uma maneira de se conectar à internet de forma segura e pode ser usada para acessar websites restritos a regiões, proteger as atividades de navegação de olhares indiscretos sobre Wi-Fi público, entre outras funções.

Ela tem sido uma excelente aliada do home office no combate a ações criminosas, visto que permite às organizações garantirem a proteção de seus dados e sistemas mesmo com diversos usuários acessando-os remotamente.

No entanto, muitas organizações passaram a utilizar esse tipo de rede sem muito preparo, acreditando que elas são 100% seguras e efetivas. A verdade, entretanto, é diferente. Assim como qualquer outra rede, a VPN não está imune a erros.

Você sabe quais são os principais problemas que podem acontecer com uma conexão VPN? E como resolvê-los? Acompanhe o post de hoje para aprender!

O que é conexão VPN e os benefícios para o home office?

VPN é um tipo de rede de comunicação privada que, ao criar uma conexão criptografada por meio de um servidor seguro, funciona como uma espécie de túnel entre usuários e servidores da internet.

Ela fornece uma conexão criptografada com alto nível de anonimato e segurança, permitindo um acesso privado e sem restrições. Isso torna praticamente impossível que uma pessoa mal-intencionada consiga interceptar a comunicação, pois para decodificá-la é necessário ter a chave de acesso. 

Graças a isso, a VPN é extremamente importante para o trabalho remoto. Os colaboradores que estão trabalhando em home office podem utilizar a rede de forma anônima e criptografada, impedindo que a conexão seja monitorada e rastreada até sua fonte.

Conheça o Cisco Scale Play e leve proteção às pequenas empresas!

Desse modo, ter uma boa VPN instalada é uma medida indispensável, pois ela irá garantir que os funcionários realizem suas tarefas do dia dia de modo seguro, sem se preocupar em acessar os dados corporativos remotamente.

5 principais problemas da conexão VPN e como resolvê-los

Assim como qualquer outro tipo de rede, a VPN está sujeita a falhas e, por isso, é fundamental que as empresas saibam como resolvê-las garantir que seus usuários continuem trabalhando em segurança.

Confira a seguir os principais problemas da conexão VPN e como resolvê-los:

  1. Tempo esgotado da sessão

O “timeout” da VPN pode ser causado por problemas do fornecedor do serviço, da conexão do usuários ou até mesmo do dispositivo utilizado. Por isso a empresa precisa conhecer cada uma das possíveis fontes. 

Portanto, quando há o esgotamento da sessão de acesso VPN, é necessário verificar se:

  • O servidor de VPN parou de responder.
  • O software de VPN do usuário precisa ser atualizado;
  • A conexão da internet bloqueou a VPN.
  • A conexão está instável, entre outras situações.

É importante que a organização detecte a fonte do problema para poder tomar as medidas certas para restaurar o acesso seguro aos usuários.

  1. Conexão VPN rejeitada

Outro problema que as empresas podem enfrentar é a rejeição da conexão com a VPN. Essa situação é muito comum e muitos motivos para que isso aconteça.

Para resolvê-lo, é necessário se assegurar de que o serviço de acesso remoto e roteador está funcionando adequadamente. Caso contrário, é preciso verificar que a conectividade básica TCP/IP está funcionando corretamente.

  1. O cliente de VPN não alcança o servidor

Também muito comum, esse tipo de falha é denominada “Erro 800” e acontece quando um firewall de rede bloqueia o tráfego da rede VPN ou quando o usuário informou o endereço errado ao servidor.

Para repará-lo, será necessário verificar se as informações do servidor VPN estão corretas. Caso não seja esse o problema, analise se o firewall não está configurado para bloquear conexões VPNs.

  1. Falha na conexão com o computador remoto

Quando um computador tenta estabelecer uma nova conexão VPN e não consegue o problema é chamado de”Erro 619”. 

Essa falha pode ser resolvida desativando temporariamente o programa de antivírus ou firewall do dispositivo para identificar se são os responsáveis pela falha na conexão. Outra alternativa para resolver o problema é por meio da reinstalação do cliente.

  1. Falha na transferência de dados

Normalmente, esse problema pode acontecer quando o mesmo serviço VPN é executado em vários dispositivos diferentes conectados à internet. Portanto, para solucioná-lo basta evitar utilizar conexões simultâneas ao mesmo servidor VPN.

Quando utilizada corretamente, a VPN pode trazer muitos benefícios para o trabalho remoto. Portanto, é fundamental saber identificar os principais tipos de problema que ela pode ter para resolvê-los rapidamente. Assim, sua empresa poderá sempre garantir a segurança e privacidade dos dados e sistemas corporativos.

 

Posts relacionados

O futuro da segurança de rede está na nuvem

A transformação digital exigirá um Serviço de Acesso Seguro ao Perímetro (SASE na sigla em inglês) entregue na nuvem, já que a infraestrutura tradicional não é mais suficiente. 

  • Redes | Tempo para ler: 5 min

4 pontos importantes sobre Wi-Fi 6 e 5G que toda empresa deve saber

O avanço tecnológico trouxe opções de internet bastante expressivas para o ambiente corporativo, suas vantagens são incomparáveis. 

  • Redes | Tempo para ler: 4 min

Por que o 5G precisa da tecnologia Edge Computing?

Exigências necessárias para viabilizar as capacidades avançadas de mobilidade, computação e armazenamento em redes sem fio 5G são atendidas pela Edge Computing.

Escreva seu comentário