<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=633097343493783&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
canal-comstor-logo
O blog dos negócios de TI.
Comstor Americas
  • Westcon-Comstor lança o BlueSky Solutions Marketplace
  • Partner Portal
  • Baixar agora
  • Serviços Gerenciados Cisco Meraki
  • Baixar agora
  • Acesse agora
  • Partner Portal
  • Baixar agora
  • Serviços Gerenciados Cisco Meraki
  • Baixar agora

Gestão de serviços de TI: 5 maneiras de como a automação gera valor para os negócios

Publicado em 29/out/2018 5:00:00

Um dos objetivos principais da automação é gerar dinamismo e eficiência nas empresas.

 

Gestão de serviços de TI: 5 maneiras de como a automação gera valor para os negócios

 

Há cada dia, as equipes de TI estão sendo pressionadas a fornecer mais valor da tecnologia alinhada às metas dos negócios, em um tempo mais curto e com custo reduzido.


Para se alcançar essas métricas, uma das principais soluções é a automação dos processos, os quais serão mais rápidos e flexíveis, eficientes e com capacidade de redução de custos, aumento da produtividade e qualidade do trabalho.


A automação ajuda a agilizar o suporte em TI especialmente quando se trata de tarefas do dia a dia. Com Inteligência Artificial e Machine Learning, as empresas podem automatizar o trabalho redundante, para que os funcionários fiquem livres para se concentrar em tarefas mais complexas.

 

De acordo com especialistas do mercado existem 5 maneiras da automação gerar valor para os negócios:


1 – Automação inteligente: é a combinação entre Inteligência Artificial (AI) e automação, em que os sistemas inteligentes detectam e sintetizam grandes quantidades de informações e podem automatizar processos ou fluxos de trabalho inteiros, aprendendo e se adaptando de forma independente à medida em que avançam.


Além da exclusão da repetição de processos manuais, há uma diminuição de erros que antes eram causados por decisões humanas e que agora, por meio de algoritmos e programações padrões, a própria máquina decide o processo de transformação até se chegar ao produto final.


2 – Gerenciamento de Serviços de TI como serviço: GSTI ou ITSM - IT Service Management -, tem por objetivo prover um serviço de TI com qualidade e alinhado às necessidades do negócio, buscando redução de custos a longo prazo.


Se tratado como um modelo de prestação de serviços – mesmo que gerenciado de forma interna -, o negócio pode ganhar mais eficiência. A automação entra por meio do uso de um provedor de serviços baseado em Nuvem, um modelo aberto em que várias frentes de trabalho possam colaborar.


3 - Automação do GSTI via trabalho digital: as tarefas repetitivas e de alto volume do Gerenciamento de Serviços de TI podem ser automatizadas para trabalhos digitais, como por exemplo, plataformas de autoatendimento para redefinição de senha de forma automática ou auto-recuperação de informações. O que antes um técnico de TI deveria parar suas tarefas para ajudar um usuário a resolver, agora a AI une os principais erros e cria respostas para pedidos padrões.


4 – Uso de Inteligência Artificial: esta tecnologia é sucesso garantido quando o assunto é eficiência e automação dos processos. Por meio da AI as análises de TI podem ser tratadas de forma proativa, sendo que questões padrões já são respondidas e ações padrões identificadas.


Os humanos programam as máquinas, inserem dados e indicam quais são as tarefas que precisam ser realizadas seguindo um padrão. A partir de então, todo o processo começa a ser realizado sozinho, precisando apenas de monitoramento de um especialista em TI para vir a corrigir alguma falha, se necessário.

 

Release - Serviços Gerenciados Impulsionam vendas de soluções de segurança

 


5 – Uso de Machine Learning: empresários têm concluído que a capacidade preditiva da máquina é mais assertiva e têm experimentado que com um sistema treinado, entre os resultados do uso do Machine Learning está a maior conversão de clientes, o aumento da relevância da empresa no mercado e a diminuição de erros humanos.


O Aprendizado das Máquinas é uma ótima ferramenta contra cibercrimes, sendo uma das grandes responsáveis pela segurança das redes no futuro, de acordo com relatórios de instituições especializadas.


Além disso, pode ser usado também para otimizar o atendimento a consumidores, tendo impacto direto na melhoria da experiência de clientes e funcionários, dando às empresas a capacidade de antecipar e solucionar problemas logo no primeiro momento, tornando todos os processos mais satisfatórios.


Em resumo, a automação acelera os processos rotineiros de uma empresa de qualquer porte, abrindo oportunidades para que os colaboradores se dediquem a tarefas mais estratégicas. Além disso, ela organiza as atividades e amplia a visão tanto do gestor quanto da equipe de TI sobre o negócio como um todo.

Categorias: Automação