<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=633097343493783&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
canal-comstor-logo
O blog dos negócios de TI.
Comstor Americas
  • Partner Portal
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI
  • Baixar agora
  • Baixar E-book grátis
  • Serviços Gerenciados Cisco Meraki
  • Partner Portal
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI
  • Baixar agora
  • Baixar E-book grátis
  • Serviços Gerenciados Cisco Meraki

Inteligência Artificial e o combate a fraudes

Publicado em 15/jan/2018 5:00:00

Entenda como a IA pode contribuir para diferentes setore, tornando-os capazes de combater fraudes financeiras e atividades corruptas.

 

Inteligência Artificial e o combate a fraudes

Cruzar variáveis para encontrar comportamentos de consumo que saem do padrão de um determinado cliente. Esta é a principal utilização da Inteligência Artificial (IA) no combate a fraudes financeiras, vertente de aplicação desta tecnologia que tem ganhado cada vez mais espaço entre empresas públicas e privadas.

 

Imagine que uma pessoa que more no Brasil e que faça 60% de suas compras pela internet via smartphone, após as 20 horas, e que costuma ter um tíquete médio em torno de mil reais, pagando na maioria das vezes em 4 parcelas. Este é um perfil de consumo. Eis que este mesmo cliente aparece no sistema de compra, em algum outro país da América do Sul, realizando uma transação por smartphone no meio da tarde, mas pagando a vista por um produto que valha seis vezes mais do que a média padrão de gasto desse cliente.

 

Possivelmente a venda não será realizada porque será bloqueada tanto pela operadora do cartão de crédito, quanto pela loja em que o produto está sendo adquirido. É assim que a Inteligência Artificial se coloca como ferramenta de auxílio no combate a fraudes financeiras, somando esforços na proteção tanto do dono do cartão de crédito quanto do varejista.

 

Bancos se utilizam com grande intensidade de IA, especialmente para monitorar comportamentos anormais, como o exemplo acima. Pelo sistema da instituição, é possível saber o IP do cliente, os dispositivos pelos quais se conecta, os horários mais comuns em que costuma fazer pagamentos e transações em suas contas correntes, assim como as funções dos aplicativos que mais se utiliza.

 

Se houver uma mudança muito brusca neste estado, um alerta é ativado e o cliente passa a ser monitorado com maior intensidade, sendo que o sistema está programado para barrar alguma ação que possa prejudicar o cliente.

 

Fraudes em todos os níveis podem ser encontradas pela Inteligência Artificial

Além das fraudes financeiras, a IA também contribui no combate às fraudes corporativas. É o que acontece, por exemplo, com o Ministério da Transparência, que utiliza esta tecnologia para identificar servidores públicos e fornecedores corruptos.

 

No caso dos servidores, os pesquisadores fornecem às máquinas dados de funcionários já expulsos por corrupção junto com informações de outros colaboradores ainda em atuação para que, com base em um padrão de comportamento, elas tentem identificar os maus intencionados.

A Cisco e a Internet de todas as coisas

A IA identificou 90% dos ex-servidores e a partir de ajustes é possível aumentar esse índice, monitorando constantemente comportamentos padrões para antecipar possíveis casos de fraudes. A máquina cria uma fórmula com pesos diferentes para cada característica que aumentam ou diminuem a chance de uma pessoa ser expulsa da administração pública e que calcula o risco de corrupção individualmente.

 

No caso de fornecedores, a programação segue a mesma premissa: oferece à máquina dados históricos de empresas que foram punidas e de contratos que foram cancelados pelos órgãos públicos por algum motivo e criam uma regra de desvio de conduta para aumentar a vigilância sobre os que participam de contratos com o governo. Nos testes, a taxa de acerto foi de 85%.

 

Em um país em que um quinto de toda energia elétrica produzida é roubada quando chega às redes de distribuição ao cliente, como no Brasil, a Inteligência Artificial é utilizada como solução para encontrar oscilações muito bruscas dos relógios de energia. Os famosos ‘gatos’ na rede elétrica podem sem encontrados a partir do histórico de consumo em determinados bairros e residências.

 

A cada instante são desenvolvidos softwares que criam informações padrões de comportamento, com pontuação de atitudes a partir de dados estatísticos, que são recolhidos, armazenados e avaliados. Os programadores definem o que é um procedimento ideal e instruem as máquinas para encontrarem o que foge desse modelo. Com pequenos ajustes nos sistemas e cada vez mais investimentos em tecnologias focadas em Inteligência Artificial, a eficiência no combate a todos os tipos de fraude tende a aumentar.

 

 

Fontes:

https://www.terra.com.br/noticias/dino/inteligencia-artificial-pode-acabar-de-vez-com-as-fraudes-na-black-friday,3cec9aa49f929117d9c02ef956a7ae9b87imz7ta.html

http://cnseg.org.br/cnseg/servicos-apoio/noticias/o-combate-as-fraudes-financeiras-com-a-ajuda-da-inteligencia-artificial.html

https://www.tecmundo.com.br/software/122356-inteligencia-artificial-diminuir-roubo-eletricidade-brasil.htm

 

Categorias: Inteligência Artificial, Transformação Digital