<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=633097343493783&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL COMSTOR
O blog dos negócios de TI.

O que considerar na hora de investir em Data Center?

Há diversas opções, locais e na nuvem, disponíveis no mercado. Confira quais questões as empresas precisam analisar para fazer a melhor escolha para seu ambiente.

 

A maioria das empresas está em busca de novas tecnologias capazes de reduzir seus custos, otimizar tempo, aumentar a velocidade de seus processos e a segurança dos seus servidores e dados. Mas para que seja possível reunir todos esses benefícios em um mesmo local, é necessário que elas saibam escolher uma infraestrutura de Data Center eficiente.

Este ambiente é o responsável por reunir uma enorme quantidade de servidores e bancos de dados para que seja possível realizar um processamento ágil e inteligente das informações corporativas.

O problema é que muitas corporações não sabem como escolher o Data Center ideal para seus negócios. Sem contar que o mercado atual disponibiliza uma série de soluções desse tipo de infraestrutura, o que dificulta ainda mais a tarefa de identificar a tecnologia certa para sua empresa.

Pensando nisso, separamos este conteúdo para que você tire todas as suas dúvidas sobre o que considerar na hora de investir em Data Center e consiga encontrar a solução ideal para seu negócio. Acompanhe!

Como é a estrutura de um Data Center?

O Data Center é uma estrutura física que abriga os recursos necessários para o armazenamento e gerenciamento de servidores, rede e telecomunicação de uma empresa. Seus principais equipamentos são os switches, servidores, roteadores e storages.

Essa estrutura é fundamental para que os sistemas das organizações funcionem corretamente. Por meio dele é possível evitar interrupções nas atividades dos colaboradores e, assim, manter a disponibilidade total aos recursos tecnológicos utilizados.

Há uma enorme diversidade de modelos de aplicações para que as empresas possam escolher aquela opção que melhor se adeque a sua realidade. Ele pode variar desde sistemas tradicionais locais a aplicações modernas na Nuvem.

Para atender as demandas das organizações, essa estrutura precisa trabalhar com diferentes soluções de hardware e software e suportar uma série de tecnologias. Confira a seguir o que é necessário saber para contratar esse serviço.

New call-to-action

O que considerar na hora de investir em Data Center?

Atualmente, o Data Center corporativo deve oferecer suporte a vários dispositivos, dados e aplicações utilizados pelos usuários. Além disso, precisa contribuir para a inovação dos negócios junto a estratégias de Cloud Computing.

Portanto, para escolher uma estrutura ideal para seus negócios, é importante considerar alguns pontos. Confira quais são eles:

Disponibilidade

Para que um Data Center seja bem-sucedido, ele deve ser capaz de operar por tempo indeterminado e sem interrupções. Essa infraestrutura precisa trabalhar com alta performance e sem passar por períodos de indisponibilidade.

Portanto, no momento de escolher a melhor estrutura para os negócios, as empresas precisam buscar por soluções com alta disponibilidade e redundância. Assim, será possível contar com maior segurança para a execução de processos.

Simplicidade

Um dos maiores inimigos dos Data Centers é a complexidade, que acaba deixando tudo mais lento, caro e suscetível a erros. Portanto, é necessário buscar por soluções que torna a estrutura mais simples de instalar, configurar, escalar recursos e serem administrados.

Ao investir em ambientes mais simples, as empresas conseguem evitar erros humanos, brechas na segurança e problemas de indisponibilidade.

Performance

O Data Center precisa ser capaz de cumprir todas as demandas da organização, por isso, sua performance é um ponto fundamental a ser considerado. A empresa precisa considerar as capacidades de memória e processamento do sistema.

É fundamental considerar a nova realidade móvel dos ambientes corporativos, onde os colaboradores utilizam diversos dispositivos conectados a rede, ferramentas de análise de Big Data, Cloud Computing, Inteligência Artificial, Internet das Coisas, entre outras tecnologias que exigem uma alta performance.

Por isso, quanto mais rápido, flexível e ágil for a estrutura, melhor será a capacidade da organização para responder a todas essas demandas atuais.

Segurança

A segurança da informação é indispensável para as organizações, portanto o Data Center deve oferecer medidas de proteção efetivas. É necessário que seus sistemas sejam desenvolvidos com dispositivos protegidos contra eventuais perdas de dados.

Uma infraestrutura robusta e eficiente é capaz de realizar a recuperação das informações, além das correções necessárias para garantir a integridade de seu funcionamento.

Suporte

Outro ponto importante a ser considerado na hora de investir em Data Center é o tipo de suporte oferecido pelo fornecedor do serviço. Para garantir o funcionamento contínuo e eficiente da estrutura, é necessário contar com diversos canais de atendimentos, como chat, service desk, telefônico, entre outros.

Além disso, o horário de atendimento é muito importante, o provedor deve oferecer manutenção e suporte 24 horas por dia, 7 dias por semana.

O Data Center é altamente importante para os negócios. Portanto a organização deve realizar um planejamento estratégico antes de iniciar a sua adoção. Além de considerar as questões anteriores, é fundamental decidir se ele deve ser local ou virtual a partir das necessidades e demandas existentes. Cada opção possui suas especificidades e vantagens, logo cabe cada empresa decidir quais são ideais para seu ambiente.

Posts relacionados

5 coisas que a TI deve saber sobre Inteligência Artificial no Data Center

A IA está avançando em um subconjunto de seus algoritmos chamado Machine Learning.

Como economizar investindo em colocation?

Esse serviço é capaz de auxiliar empresas com baixos orçamentos a investirem em infraestruturas robustas e modernas para aprimorar seus negócios.

Data Center do futuro: conheça 6 tendências

Para manter as infraestruturas corporativas funcionando com alto desempenho é necessário acompanhar todas as novidades que surgem no mercado.

Escreva seu comentário