<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=633097343493783&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
canal-comstor-logo
O blog dos negócios de TI.
Comstor Americas
  • Baixar E-book
  • Westcon-Comstor lança o BlueSky Solutions Marketplace
  • Partner Portal
  • Baixar agora
  • Baixar agora
  • Baixar E-book
  • Acesse agora
  • Partner Portal
  • Baixar agora
  • Baixar agora

O que é backbone em TI e quais seus benefícios para as empresas?

Publicado em 14/dez/2018 5:00:00

Especialistas acreditam que era digital não seria a mesma se não houvesse essa infraestrutura.

 

O que é backbone em TI e quais seus benefícios para as empresas?

 

Literalmente traduzido, backbone significa ‘espinha dorsal’. Em TI, este termo é utilizado para definir a infraestrutura que possibilita a troca de informações entre servidores a longa distância.


Funciona como uma grande estrada que possui diversas entradas e saídas para as cidades – no caso, as redes menores -. A informação trafega por esta estrada, procurando a entrada certa para entregar a mensagem.


É exatamente a espinha dorsal da internet, onde funciona todo um ecossistema de comunicação, interligando computadores em todo mundo. São os backbones que identificam a rede por onde passam os dados de cada usuário.


Se não existisse essa infraestrutura, com certeza não seria possível o desenvolvimento da Internet das Coisas, as vendas por e-commerce, as escolas que atuam em EAD e as empresas não migrariam seus dados para Nuvem.


Esta rede é responsável pela troca de dados entre os servidores que estão espalhados no Brasil ou fora dele. Se um brasileiro digita na barra de navegação um endereço de portal que se hospeda no México, por exemplo, a ação passa por um backbone nacional, chegará a pontos de interconexão com o exterior e depois passa por um backbone mexicano, para responder e retornar.


São milhares de quilômetros de fibra ótica que garantem a rápida transmissão das informações, que tem a velocidade potencializada ainda por duas configurações da infraestrutura: uma delas é a divisão da grande espinha dorsal em várias redes menores. A outra é a redundância, transmitindo a mesma mensagem por caminhos diferentes, buscando atalhos e evitando erros de transmissão.

Cisco Meraki: redes empresariais 100% gerenciadas por Nuvem


Os benefícios para as empresas

Devido aos altos custos de aquisição, atualização, manutenção e contratação de equipes especializadas, as empresas optam por não manter backbones próprios e preferem contratar como serviço terceirizado.


No Brasil, os serviços são prestados por algumas empresas de telecom, que fazem a manutenção dessas redes físicas, da passagem do cabeamento e que exploram financeiramente as parcerias com fornecedores de servidores.


Porém, para todos usuários que trafegam por fibras ópticas, os benefícios são enormes, começando pela velocidade da troca de mensagens, do carregamento de portais e sites.


Além disso, essa infraestrutura tem alta durabilidade com um ciclo de vida de pelo menos dez anos, diminuindo consequentemente novas instalações constantes.


Para as empresas, a conectividade é outro ponto forte do uso de backbone, uma vez que os fornecedores disponibilizam o serviço com acessos redundantes e com conexão com os players de mercado de interesse do negócio.


O controle de custos é outro ponto positivo, uma vez que são pagos pelos serviços utilizados, como na Computação em Nuvem. Ao final de um período, a empresa que contratou o serviço de backbone não terá surpresas com o valor, uma vez que é possível controlar esse fluxo.


Além disso, a economia com a contratação do serviço é muito grande. Os investimentos com esta infraestrutura seriam muito maiores se toda a capacidade fosse própria. O fornecedor garante disponibilidade de infra, proteção e backup de bases de dados e ainda conexão dedicada.


Segurança física dos Data Centers e suporte 24 horas são os outros benefícios oferecidos pelos fornecedores de backbone.


Enfim, o mercado está se tornando cada vez mais exigente, intolerante a erros, cada vez mais rápido e sob medida para atender as necessidades dos seus clientes e as empresas que dependem de conexão para se manterem competitivas no mercado digital precisam contar com uma infraestrutura eficiente de telecom.

Categorias: Redes