<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=633097343493783&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL COMSTOR
O blog dos negócios de TI.

O que é elasticidade em Cloud Computing?

Essa característica da Nuvem é fundamental para empresas que sofrem com aumentos repentinos em suas demandas. Entenda como ela pode ajudar!

 

A Cloud Computing é uma solução bastante popular entre as empresas, pois é capaz de atender desde pequenos negócios até a grandes corporações graças à sua escalabilidade e elasticidade.

Os serviços em Nuvem permitem adaptações de acordo com as necessidades e especificidades de cada negócio. Desse modo, ao realizarem essa migração, as organizações podem usufruir de uma série de benefícios, como a redução de investimentos em infraestrutura, aumento da segurança dos dados, maior flexibilidade em suas operações e alta disponibilidade.

Uma característica muito relevante da Cloud Computing é a sua elasticidade, a qual tem se tornado cada vez mais presente dentro das corporações, por trazer previsibilidade na entrega e garantia de produtividade.

Você já conhece os diferenciais que a elasticidade pode proporcionar para os negócios de seus clientes? Acompanhe o artigo a seguir e descubra.

O que é elasticidade em Cloud Computing?

Muito confundida com a escalabilidade, uma característica importante da Computação em Nuvem é a elasticidade, que se trata da capacidade de um serviço de Nuvem ser flexível.

É essa característica que permite o redimensionamento de recursos, tanto de processamento quanto armazenamento e memória, ou seja, os clientes podem expandir ou contrair suas infraestruturas conforme as suas demandas no momento.

A elasticidade da Nuvem normalmente é utilizada por empresas que possuem sites e e-commerces. Ela tem papel fundamental em momentos de pico, como por exemplo em datas comemorativas.

Desse modo, as empresas não precisam se preocupar com o aumento repentino de acessos em seus sites. A elasticidade consegue comportar esse tipo de demanda imediata, garantindo a disponibilidade dos sistemas corporativo e evitando que a empresa perca vendas.

Qual a sua importância para os negócios?

O dimensionamento automático não é importante apenas no caso de e-commerces, as empresas podem sofrer com grande quantidade de acessos em outras situações.

A elasticidade garante a otimização dos processos e gestão de dados, permitindo que os sistemas corporativos sejam capazes de responder a qualquer quantidade de acessos com o mesmo desempenho da infraestrutura em seu tamanho normal.

Graças a essa funcionalidade, a Cloud consegue impedir que as organizações sofram com as oscilações do mercado, possibilitando que elas escalem rapidamente a entrega em situações de crescimento de demanda ou impeçam que recursos sejam desperdiçados em momentos de baixa procura.

Além disso, a elasticidade é fundamental para que a TI possa aprimorar os sistemas corporativas, invista em inovações e realize planejamentos estratégicos.

Qual a diferença entre elasticidade e escalabilidade?

Apesar de serem termos parecidos, eles não possuem o mesmo significado. A elasticidade representa a capacidade de aumentar e reduzir as capacidades computacionais dos serviços contratados de acordo com a demanda. A escalabilidade, por outro lado, permite que a corporação atenda as demandas esperadas sem que isso altere o preço do serviço contratado.

É claro que os dois termos trabalham juntos, afinal você tem a capacidade de escalar de forma rápida e fácil quando precisar de mais ou menos recursos, antecipando as demandas da sua organização para um determinado período de tempo.

No entanto, é importante entender que um sistema pode ser escalável sem ser elástico.

Como você pôde perceber, a elasticidade da Cloud Computing permite que as empresas não percam negócios, ajustando os recursos utilizados para que seja possível atender a todas as novas demandas sem contratempos. Portanto, para se destacar é necessário investir em fornecedores de soluções em Nuvem capazes de proporcionar esse tipo de vantagem competitiva. O que você está esperando?

Posts relacionados

5 vantagens da automatização da Nuvem híbrida

A Nuvem híbrida é composta por soluções em nuvens privadas ou públicas.

Qual é a vantagem do MultiCloud para as empresas?

Essa opção oferece às empresas vários serviços para obter o melhor de cada oferta em uma infraestrutura simples.

Serverless computing: o que é e qual a vantagem para as empresas?

Essa tendência está impactando a forma como as empresas desenvolvem suas aplicações. Entenda como ela pode ajudar nos negócios!

Escreva seu comentário