<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=633097343493783&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
canal-comstor-logo
O blog dos negócios de TI.
Comstor Americas
  • Aguarde
  • 7 benefícios da videoconferência: colaboração e comunicação a favor de bons negócios
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI
  • Baixar agora
  • Baixar E-book grátis
  • 7 benefícios da videoconferência: colaboração e comunicação a favor de bons negócios
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI
  • Baixar agora
  • Baixar E-book grátis
  • Aguarde

O que os líderes de TI precisam saber sobre resfriamento de Data Centers?

Publicado em 21/jun/2016 5:00:00

Confira alguns pontos importantes sobre o tema e passos básicos para o processo ser feito com sucesso no Data Center.

O que os líderes de TI precisam saber sobre resfriamento de Data Centers?

Para que qualquer sistema de resfriamento de Data Center funcione com todo seu potencial, é preciso que os líderes de TI que organizam os servidores e outros equipamentos no pavimento do centro de dados entrem em contato com o gerente das instalações, profissional responsável por gerenciar o sistema de resfriamento e que possui um conhecimento mais aprofundado dessa área.

Cada Kilowatt-hora consumido por um servidor produz uma quantidade equivalente de calor, que precisa ser removido por um sistema de resfriamento. Esse é um dos motivos pelo qual a completa separação entre a TI e as funções das instalações em Data Centers tradicionais de empresas é simplesmente irracional, já que eles essencialmente gerenciam um único sistema integrado, que faz com que o calor aumente à medida que o poder de processamento aumenta.

Se os líderes de TI comunicarem os parâmetros dos equipamentos que possuem no Data Center ou que estão planejando instalar, o gerente da instalação consegue determinar o local ideal para aquele equipamento no pavimento e em cada rack. Gerentes de instalações precisam saber o perfil térmico e requisitos de potência energética dos equipamentos de TI, a fim de utilizar a capacidade de resfriamento do Data Center de forma eficiente.

Existem alguns passos básicos a serem seguidos para que o processo de resfriamento dos equipamentos do Data Center aconteça de forma eficiente.

Confira: 

- Medição e Monitoramento
- Coleta de dados do sensor
- Fazer verificações de pressão estática
- Fazer uma análise térmica
- Aplicar as métricas adequadas para entender como o sistema está funcionando
- Fazer testes funcionais

 

New Call-to-action

 

Atenção aos detalhes

Para otimizar o resfriamento de Data Centers, o gerente das instalações precisa se atentar aos pequenos detalhes que fazem toda a diferença. Uma ventoinha, por exemplo, não resfria mais um servidor só porque está se movendo mais rápido. Se ela está girando muito rápido, um pouco de ar pode escapar das lâminas, o que significa que o equipamento está desperdiçando energia. É importante que o profissional responsável consiga determinar a velocidade ideal da ventoinha para otimizar os gastos com energia.

Geralmente, os gerentes de Data Centers cometem uma série de erros que resultam em refrigeração ineficiente dos centros de dados. Um dos maiores problemas é o pouco conhecimento sobre gestão do fluxo de ar, um assunto que tanto a equipe de TI quanto a equipe que gerencia as instalações deveriam saber.

A empresa pode gastar muito dinheiro para fornecer resfriamento para o pavimento do Data Center, mas se os profissionais técnicos instalarem o cabeamento em um formato que obstrua o fluxo de ar, negligenciem a cobertura de espaços de rack vazios com painéis de preenchimento ou simplesmente não saibam como determinar qual é o melhor espaço do rack para cada parte do equipamento, boa parte do ar-condicionado mal chegará ao equipamento ou se misturará com ar quente dos exaustores.

Outro erro bastante comum é o resfriamento excessivo. Uma série de equipamentos modernos de TI trabalham bem em temperaturas mais altas do que a maioria dos Data Centers fornece. A triste realidade é que a maior parte dos Data Centers trabalham com uma mistura de equipamentos de TI antigos e novos, o que significa que os gerentes precisam de um entendimento preciso de seus sistemas de resfriamento e fluxo de ar no pavimento do Data Center para tirar proveito de temperaturas de funcionamento mais elevados, enquanto se certificam de que os equipamentos mais antigos permanecem suficientemente refrigerados.

Entender muito bem como os sistemas de arrefecimento do Data Center funcionam é uma tarefa de todos que trabalham com esses equipamentos. Isso faz uma diferença tremenda na eficiência com que as instalações vão realizar o trabalho, otimizando o uso de energia e o uso dos recursos da companhia para que o Data Center funcione.

Fonte:
http://www.datacenterknowledge.com/archives/2016/02/17/what-it-managers-need-to-know-about-data-center-cooling/

 

Categorias: Data Center, Infraestrutura de TI